Armação do cacique macio e manhoso pode desmoralizar e comprometer instituição

Sinal de fumaça do cacique pode criar problemas

O soldado Vasco me liga para dizer que está de campana para flagrar um autoridade do elefante, do milharal do faz de contas, que está aprontando todo tipo de cavilosidade e milacria numa campanha eleitoral na grande Natal.
Segundo o relato, o milharal que deveria ser um lugar neutro, tem servido de comitê partidário para um parente próximo da autoridade abusada e abusadora de suas prerrogativas e atribuições, inclusive colocando sua instituição em desgastes perante a sociedade.
Outra informação diz que, além de fazer do milharal comitê da campanha, o pajé potiguar articula uma operação fantasiosa contra as tribos adversárias, mas tem três índios guerreiros que estão dispostos a denunciá-lo por prática de rachadinhas.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *