Arquivo diários:16/09/2020

Deputado Vivaldo Costa sugere criação de programa habitacional para Caicó

O deputado Vivaldo Costa (PSD) usou a tribuna virtual da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para anunciar a apresentação de um requerimento que solicita a implantação de um programa habitacional no município de Caicó, localizado na Região Seridó.

“Caicó é uma cidade polo da região do Seridó e é natural que tenha sempre problema e necessidade de habitações dado ao crescimento do município. Por isso peço que seja construído um conjunto em parceria com a prefeitura”, solicitou.

Vivaldo também requereu que, paralelamente, seja feito um programa de melhoria habitacional. “É preciso melhorar as casas dos bairros periféricos, da população mais carente de Caicó, oferecendo mais dignidade para essas famílias”, disse.

Empresa causa polêmica após “produzir” cabeça degolada de Jair Bolsonaro

cabeça1 - Empresa causa polêmica após "produzir" cabeça degolada de Jair Bolsonaro

Uma empresa chamada Gorila Company tem causado polêmica na internet após ‘produzir’ ‘cabeça degolada do presidente Jair Bolsonaro’. Os proprietários desta empresa são Marcello Tamaro e Pedro Millas que posaram para fotos com o “produto” em suas redes sociais.

Após as polêmicas imagens se espalharem rapidamente pela internet, os sócios teriam apagado as imagens das redes. Os perfis deles e da empresa no Instagram agora estão como ‘privados’, ou seja, só seguidores podem ver as postagens. Já o site da empresa encontra-se ‘em desenvolvimento’.

Na imagem postada no perfil da empresa, além imagem da cabeça do presidente dentro de uma caixa consta no texto da publicação das hashtags #ForaBolsonaro e #Genocida.

cabeça 3 564x1024 1 - Empresa causa polêmica após "produzir" cabeça degolada de Jair Bolsonaro

Em sua publicação, o Pedro Millas aparece segurando a ‘cabeça do presidente’ e se refere a ela como ‘jaca’ e ao chefe do executivo no País como ‘excrementíssimo Sr presidente’.

O sócio Marcello Tamaro, estirando o dedo médio, prometeu publicar um vídeo jogando futebol usando a “cabeça do merda do nosso presidente” como bola.

‘Ninguém se perde na volta’: Ricardo Coutinho pode anunciar candidatura à PMJP em convenção do PSB

WhatsApp Image 2020 09 16 at 15.58.01 - 'Ninguém se perde na volta': Ricardo Coutinho pode anunciar candidatura à PMJP em convenção do PSB

Uma frase publicada pelo ex-governador Ricardo Coutinho, nesta quarta-feira (16) em seu Instagram, indica que ele pode optar por lançar candidatura à Prefeitura da Capital. “Ninguém se perde na volta”, escreveu o socialista em suas redes sociais. Até o momento, o PSB não indicou quem será o candidato do partido.

Havia dúvidas sobre uma possível candidatura do ex-governador, que enfrenta processos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2014, que podem lhe tornar inelegível. Coutinho também é denunciado na Operação Calvário, acusado de ter chefiado uma suposta organização criminosa quando era governador, responsável por desviar R$ 134 milhões. A defesa do socialista nega as acusações.

As principais lideranças do PSB silenciaram até o último momento sobre a candidatura do partido. A legenda tentava compor com o Partido dos Trabalhadores (PT), que terá como candidato o deputado estadual Anísio Maia. A convenção do PSB ocorre às 16h40 desta quarta-feira e será restrito a filiados e militantes do partido. Também haverá transmissão online.

Ricardo Coutinho já foi prefeito de João Pessoa entre os anos de 2004 e 2009, quando saiu do cargo para concorrer ao Governo do Estado.

Fonte: Polêmica Paraíba

Primando pelas Dondocas: Louis Vuitton lança escudo facial de luxo; preço estimado é de R$ 4,3 mil

O escudo facial da Louis Vuitton

A grife francesa de luxo Louis Vuitton, conhecida por suas bolsas e acessórios de alto custo, anunciou o lançamento de seu próprio escudo de proteção facial. Apesar de o preço não ter sido revelado ainda, analistas esperam que ele esteja na faixa dos R$ 4,3 mil, a julgar por itens semelhantes no catálogo da marca.

A peça se chama LV Shield (ou “Escudo LV” na tradução do inglês), uma referência às iniciais da tradicional marca, que estampam os detalhes das alças que prendem a máscara à cabeça do usuário.

Rodrigo Maia testa positivo para Covid-19

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), testou positivo para o novo coronavírus. A informação foi divulgada inicialmente pela emissora CNN Brasil.
O laudo atestando a infecção pela Covid-19 chegou ao presidente da Casa nesta quarta-feira (16). O exame foi feito no laboratório Sabin, em Brasília. Maia apresentou, segundo a CNN Brasil, sintomas brandos da doença e está isolado na residência oficial da presidência da Casa, onde seguirá em isolamento.

Ele disse que daria uma cacetada nã corrupção: Comissão da covid da Alerj diz que Witzel cometeu crime

Foto: Reprodução/RecordTV Rio

O novo relatório preliminar da Comissão da Covid, da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), aprovado, na última segunda-feira (14), apontou que a requalificação da OS (Organização Social) Instituto Unir Saúde foi completamente irregular.

De acordo com o relator da Comissão, deputado Renan Ferreirinha (PSB), o governador afastado Wilson Witzel cometeu crime de responsabilidade ao não apresentar nenhuma justificativa legal para embasar sua decisão.

Além disso, ao requalificar a Unir, Witzel ignorou cinco pareceres internos que defendiam a desqualificação. O relatório será encaminhado à Comissão do Impeachment e sugere que o presidente da Alerj encaminhe a apuração à Lava-Jato.

Investigação OS Instituto Unir Saúde

A Comissão do Covid mira especificamente na relação da OS Instituto Unir Saúde com o governo do Rio e o caso Unir surgiu quando Witzel resolveu tornar a OS novamente apta a prestar serviço público.

Entre 2018 e 2020, a Unir foi responsável pela gestão de nove UPAs (Unidades de Pronto Atendimento). Por conta destes contratos, a OS recebeu R$ 189 milhões, dos quais 93% foram pagos até 2020. Ou seja: R$ 176,3 milhões.

Só que a Unir descumpriu termos do contrato. O TCE-RJ (Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro) identificou 52 irregularidades, e a SES (Secretaria de Estado de Saúde) constatou 24 diferentes tipos de irregularidades na prestação dos serviços nas UPAS e na execução dos contratos.

Foram tantos problemas que, em março de 2019, foi instaurado o procedimento administrativo. Diante de pareceres unânimes de cinco órgãos internos da SES, que consideraram inclusive riscos à saúde e à vida de pacientes e colaboradores, a Unir foi desqualificada da sua condição de Organização Social. Com isso, os contratos foram cancelados.

No entanto, no mesmo mês, Witzel, contrariando os órgãos técnicos competentes, optou por revogar a desqualificação da Unir. A decisão levantou suspeitas e, em 15 de maio de 2020, Witzel voltou atrás e revogou sua decisão. Mas já era tarde demais.

A Comissão do Covid acredita que o advogado Antonio Vanderler de Lima e os ex-membros da Unir, Bruno José da Costa Kopke Ribeiro, José Carlos Rodrigues Paes e Luiz Cláudio da Costa devem ser investigados pela Lava-Jato devido às suas ligações com o caso. O advogado Antonio Vanderler teria orientado Witzel a requalificar a Unir.

R7

Ministros veem ‘exagero’ em decisão de Celso de Mello que determina depoimento presencial de Bolsonaro

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) criticaram, de maneira reservada, a decisão do decano Celso de Mello em determinar que o presidente Jair Bolsonaro deponha presencialmente no inquérito que apura suposta interferência na Polícia Federal. A investigação foi aberta com base nas declarações de Sergio Moro, quando deixou o governo.

Quatro ministros criticaram a decisão de Celso à coluna. Um deles classificou a medida como “exagerada” e apontou precedentes, como o do ex-presidente Michel Temer, que depôs por escrito. Outro magistrado afirmou que a decisão coloca o chefe do executivo como “submisso” ao Judiciário, indo contra o que o próprio presidente da corte, Luiz Fux, disse em sua posse.

Um terceiro magistrado classificou a decisão como “inoportuna e fora de hora”. Ele afirma que uma medidas dessas nunca existiu e pode dar munição para o discurso bolsonarista de que o presidente é “vítima” de outros poderes.

A expectativa entre aliados do presidente é que a Advocacia-Geral da União (AGU) recorra da decisão de Celso de Mello, e com isso, o plenário da corte pode analisar como deve ser o depoimento de Bolsonaro no caso. Integrantes do Palácio acreditam que a decisão tem chances de ser revertida.

BELA MEGALE

Primando por Parnamirim: erro grave


O soldado Vasco conversando com analistas políticos de Parnamirim rendeu-se aos argumentos que a insistência do prefeito Taveira em lançar seu ex-secretário Joney França candidato a vereador poderá custar caro.
Segundo os analistas, à candidatura de França por um partido que não merece nem confia em Taveira já é um grande risco.
A nominata do partido que França está filiado será sempre motivo de chantagens dos candidatos que estarão ameaçando em desistir e assim esvaziando à possibilidade de eleger vereadores.

Os analistas garantem que muitos poderão desistir em troca de vantagens dos demais vereadores com mandatos. Outro agravante será o momento que França, verificando o esvaziamento da nominata, tiver que entrar firme para se salvar nas bases dos demais candidatos que apoiam Taveira provocando insatisfações e até rompimentos.
O soldado Vasco está sabendo que muitos vereadores poderão romper quando estiver na reta final da campanha. Pessoas experientes estão aconselhando o prefeito Taveira a desistir da candidatura de França. Com a desistência da candidatura de França, Taveira não será chantageado, não gastará mito dinheiro  para manter candidatos a vereador de 300 votos e ainda poderá escolher o vice-prefeito que melhor se enquadre no seu projeto político futuro. Até o próprio França poderia ser o vice, mas alguns analistas duvidam que o partido dominado por Gilson Moura e Abidene permitiriam.. O negócio é que hoje, o coronel Taveira é refém, mas retirando à candidatura de França ele ficará livre para voar. Já a turma de Gilson Moura e Abidene ficarão ser ter para onde ir, os demais vice-prefeitos já foram escolhidos.
Diante desses argumentos, poderemos imaginar que à candidatura de França poderá custar a derrota de Taveira..