Arquivo diários:12/10/2020

Bolsonaro tem “uns 20” para substituir nosso Saco Preto

Rogério tentou várias vezes ingressar no PC do B, mas foi vetado. Diante do veto ele ingressou no PDT de Brizola e depois no PSB do esquerdista nordestino Miguel Arraes. Agora é Bolsonaro de raiz

Arengueiro, fuxiqueiro e sorrateiro o abortado ministro Rogério Marinho em vez de ficar quieto foi arengar com Paulo Guedes e parece que vai levar uma voadora no pescoço.
De acordo com o jornalista Lauro Jardim de O Globo, Bolsonaro deu o seguinte recado ao ministro potiguar:

“Sabe quando a pessoa está numa competição cabo de guerra? Sabe onde a corda arrebenta? No lado mais fraco. Fica atento”
 Segundo Jardim, a conversa entre Bolsonaro e Marinho foi testemunhada pelo presidente do Tribunal de Contas da União (TCU) José Múcio Monteiro.

Segundo o jornalista após desligar o telefone eles travaram o seguinte diálogo:

Múcio: “Presidente, quantos substitutos o senhor tem para o Paulo Guedes?”.

Bolsonaro: “Nenhum”.

Múcio: “E para o Rogério Marinho?”.

Bolsonaro: “Uns vinte”.

SpaceX e Vingin Galact têm estudos para desenvolver base de lançamento no RN, diz empresário

Uma base de lançamentos de foguetes no Rio Grande do Norte pode estar nos planos de uma gigante norte-americana: a Space X, empresa de sistemas aeroespaciais e de serviços de transporte espacial. Trata-se de um prospecto da indústria aeroespacial junto ao Governo Federal e que pode se concretizar em uma parceria público-privada.

A proposta é desenvolver o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno, localizada no município de Parnamirim, que se tornou a primeira base aérea de foguetes da América do Sul em 1965. O local opera o lançamento de foguetes de pequeno e de médio porte. Desde a fundação da plataforma, pelo menos 400 lançamentos já foram realizados no local.

A informação privilegiada é do empresário Alex Garcia, CEO da HIMNI.com, empresa americana especializada em inteligência artificial, desenvolvimento de softwares e hardwares customizados que teve acesso ao projeto. “As conversas estão acontecendo, a empresa mostrou interesse em investir R$ 200 bilhões no Brasil nesse projeto. As probabilidades são grandes”, disse.

O interesse da empresa americana, ao prospectar a possibilidade de desenvolver a área, é o  privilégio geográfico da base militar no Rio Grande do Norte, próxima da Linha do Equador, com pouca chuva e uma grande área de impacto representado pelo oceano e condições de ventos favoráveis. “O foco é no turismo espacial, então aquela região pode desenvolver muito”, afirmou o empresário. O local, inclusive, também tem foco nesse setor atualmente.

O diálogo sobre o projeto está sendo traçado pelo empresário Richard Brenson, CEO da VinginGalactic, braço da SpaceX e quem está à frente das conversar com o Ministério da Ciência e Tecnologia.

Por ser uma pauta em desenvolvimento, e que ainda é objeto de prospecção junto ao Ministério da Ciência e Tecnologia, o projeto ainda não foi publicizado.

Traficante condenado com André do Rap também pede para ser solto por Marco Aurélio

André de Souza

BRASÍLIA – Condenado no mesmo processo do traficante André Oliveira Macedo, o André do Rap, o também traficante Gilcimar de Abreu, conhecido como Poocker, pediu que o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), dê uma decisão determinando sua soltura. Foi Marco Aurélio quem mandou soltar Macedo, um dos chefes de uma facção criminosa paulista que tem presença dentro e fora dos presídios em todo o Brasil. A decisão foi revogada posteriormente pelo presidente do STF, ministro Luiz Fux, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), mas o traficante não foi recapturado ainda.

Ao mandar soltar Macedo, Marco Aurélio se baseou em artigo do pacote anticrime, sancionado no final do ano passado, sobre a previsão de que a prisão preventiva deve ser fundamentada a cada 90 dias. A justificativa é o caráter excepcional da prisão, já que ainda cabem recursos ao preso. “Decretada a prisão preventiva, deverá o órgão emissor da decisão revisar a necessidade de sua manutenção a cada 90 (noventa) dias, mediante decisão fundamentada, de ofício, sob pena de tornar a prisão ilegal”, diz o Código de Processo Penal após o pacote anticrime.

Segundo a advogada Ronilce Martins, que defende Abreu,  ele está em situação idêntica à de Macedo. Os dois já foram condenados em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), mas a orientação atual do STF é que a pena seja executada apenas após o trânsito em julgado, ou seja, quando não for possível mais apresentar recursos. Assim, a prisão deles ainda é considerada preventiva.

“O Egrégio Tribunal deixou de justificar a manutenção da prisão preventiva do Requerente, o que caracteriza sério constrangimento ilegal”, diz trecho do pedido da defesa de Abreu, acrescentando: “O novo posicionamento ditado pela Lei 139.64/2019 [pacote anticrime], foi desprezado pelo ilustre Julgador.”

Ao revogar a decisão de Marco Aurélio que beneficiou Macedo, Fux disse que ela poderia causar grave lesão à ordem e à segurança. Destacou que se trata de alguém de altíssima periculosidade, com dupla condenação na segunda instância por tráfico internacional de drogas, e que ficou foragido por mais de cinco anos. Sobre o prazo de noventa dias para revisar a prisão preventiva, Fux argumenta que esse ponto não foi discutido pelas instâncias inferiores. É como se Marco Aurélio, segundo Fux, tivesse “atropelado” a primeira e segunda instância, o que não é permitido.

No pedido de Abreu, a defesa tentou afastar o argumento de que sua soltura seria um risco à ordem pública: “O fundamento de garantia da ordem pública, por certo já se diluiu no tempo, sendo nesse momento elemento incapaz para justificar a manutenção da prisão. O mesmo há que se dizer sobre o delito imputado, uma vez que não há condenação definitiva. Apesar da gravidade do delito imputado, o paciente acredita na sua inocência e utilizará de todos os meios para obter a necessária Justiça.”

A decisão de Fux gerou críticas de Marco Aurélio. Ele afirmou que o presidente do STF “não é superior” aos demais ministros. Disse ainda que Fux quis “jogar para a turba” e “dar circo a quem quer circo” com a prisão do traficante.

Primando por Ielmo Marinho: juíza indefere pedido do MDB e mantém Germano Patriota na campanha de Rossane

A juíza Niedja Fernandes dos Anjos e Silva, da 46ª Zona Eleitoral, indeferiu representação com pedido de concessão de liminar visando impedir o ex-prefeito Germano Patriota de participar da campanha eleitoral de Ielmo Marinho. A representação foi feita pelo MDB, partido do prefeito Cássio Cavalcanti, candidato à reeleição.

Germano Patriota é marido de Rossane Patriota (PSDB), candidata à prefeita pela coligação “Ielmo Marinho melhor outra vez” e tem participado ativamente da campanha. Seus opositores alegaram, na representação eleitoral, que sua participação, na condição de “protagonista”, tem criado “estados mentais, emocionais ou passionais, confundindo o eleitoral”.

Ao indeferir a concessão de liminar, a juíza deixou para o julgamento do mérito a discussão em torno do pedido feito pelo MDB, mas lembrou que impedir a participação de Germano Patriota como apoiador feriria o direito à liberdade de expressão.

Primando por Natal: Na pesquisa Álvaro lidera com folga

A terceira rodada de pesquisas eleitorais em Natal (RN) foi divulgada nesta segunda-feira pelo o instituto Seta. Na forma estimulada, que simula o real cenário real das eleições com os eleitores conhecendo os candidatos, o prefeito Álvaro Dias lidera com 43,2% das intenções de voto.

Em segundo, aparece o deputado estadual Kelps Limacom 9,8% da preferência do eleitorado. Os demais nomes não atingiram a margem de erro amostral da pesquisa de 2,5%. Brancos e nulos somaram 15,6%. Outros 21% não souberam ou não opinaram. A pesquisa foi feita com 1000 entrevistados, entre os dias 7 e 9 de outubro, o que permite uma das menores margens de erro de todas as pesquisas já realizadas na capital.

Um dos maiores números de entrevistados de todas as pesquisas já realizadas na capital potiguar, que permite uma margem de erro de apenas 2,5% para mais ou para menos, também uma das menores margens de erro de todas as pesquisas realizadas na cidade.

Os resultados foram calculados com intervalo de confiança de 95%, o que quer dizer que se a margem de erro for considerada, a pesquisa tem 95% de chances de retratar o cenário real da capital potiguar. A pesquisa do instituto Seta foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo RN-01002/2020.

Fonte: Blog do Xerife

Plano “Saco Preto” tá furado: Pesquisa Fórum no Nordeste mantém alta taxa de reprovação a Bolsonaro mesmo com auxílio emergencial

Se o Nordeste era ruim para Bolsonaro, com Rogério Marinho (Saco Preto), tá ficando pior, revela pesquisa Fórum.
Bolsonaro e seu conselheiro Rogerio Marinho, o homem que prometeu virar o Nordeste

O presidente Bolsonaro escalou o ministro Rogério Marinho para reverter os números negativos do seu governo no Nordeste. Ex-esquerdistas, derrotado várias vezes para vereador de Natal e colecionou derrotas para deputado federal, Rogério Marinho não conhece o Nordeste e o pouco que ele conhece é conhecido como “Saco Preto”. Bolsonaro já derramou dinheiro para o Ministério de Marinho, mas os indicadores desfavoráveis continuam crescendo. Até uma briga feia Marinho já pegou com Guedes que percebeu a ineficiência e desperdício praticado.
Para revelar esses dados  foi executada a 6ª Pesquisa Fórum que mostra a taxa de reprovação do presidente Jair Bolsonaro no Nordeste segue alta: 58,6% dos nordestinos reprovam o governo, enquanto a aprovação do presidente na região é de 41,4%. Nacionalmente, 51,9% dizem que aprovam o governo e 48,1% desaprovam.
A pesquisa mostra que as mulheres nordestinas são mais críticas ao governo que os homens. Entre os homens nordestinos, 47,2% dizem aprovar o governo e 52,8% reprovam. Entre as mulheres, somente 35,7% aprovam e 64,3% reprovam a gestão.

O levantamento mostra ainda que a reprovação de Bolsonaro é maior que a aprovação não só entre os mais pobres, mas também entre os mais ricos. 54,2% dos moradores do Nordeste que recebem 10 ou mais salários mínimos mensais reprovam o governo, enquanto 45,8% aprovam.

Entre os mais pobres – pessoas que recebem até 2 salários mínimos – a rejeição é maior: 61%. A aprovação do governo neste segmento é de 36,9%.

A pior avaliação de Bolsonaro no Nordeste está entre os mais jovens. 76,3% da população nordestina que tem entre 16 e 24 anos reprovam o governo, enquanto somente 23,7% deste grupo aprova. Já a aprovação do presidente na região é maior entre os mais velhos: 52% das pessoas com 60 anos ou mais aprovam o governo, enquanto 48% reprovam.

No recorte por escolaridade, destaca-se a reprovação do governo entre os nordestinos que possuem o Ensino Médio: 61,9%, contra 38,1% de aprovação. Já os que possuem Ensino Superior estão mais divididos: 50,7% aprovam o governo e 49,3% reprovam.

Em 2020, principalmente a partir de agosto, o presidente iniciou uma empreitada para tentar aumentar a popularidade na região: viajou para estados nordestinos diversas vezes – somente em agosto foram três ocasiões, e o capitão da reserva seguiu com as viagens nos meses seguintes e, a última, foi esta semana, para Aracaju (SE).

Muitos acreditavam que os nordestinos estariam “à venda” e que, com o auxílio emergencial e as incursões de Bolsonaro, o presidente conseguiria melhorar sua aprovação. De acordo com a Pesquisa Fórum, 46,5% dos moradores do Nordeste disseram ter recebido ou estar recebendo o auxílio emergencial. Na edição de julho da pesquisa, 39,5% dos nordestinos diziam aprovar o governo e 60,5% reprovavam.

Primando pelos bons candidatos: Fernando Queiroz


Por Renato Dantas

Fui vereador de Natal por 12 anos assumindo à Presidência da Câmara Municipal. Neste longo período conheci várias pessoas com extremado esprito público que sempre estavam na Câmara colaborando nas discursões para melhorar Natal. Fernando Queiroz era um desses vereadores sem mandato, especialista em transporte público de passageiros que nunca deixou de ajudar Natal. Nascido em Natal em 1956, morou na infância e adolescência no bairro de Barro Vermelho. Estudou no colégio Marista, no Winston Churchil e ETFERN. Fez curso de administração de empresas na UNP . Aos 17 anos, entrou na atividade de transporte público de passageiros, na qual permaneceu  por 38 anos..saí da atividade em 2011 exercendo atualmente a profissão de corretor de imóveis.
Fernando Queiroz é uma figura estimada por todos, temperamento ameno e estudioso. Se o eleitor quer eleger um vereador especialista em transiste público , o primo Fernando tem todas condições técnicas e conhecimentos para desempenhar nem seu mandato.

 

Calvária paraibana camuflada depois de trocar o couro quer entrar no RN

Na noite, entre sexta-feira (09) e sábado (10/10/20), foi publicado no Diário Oficial do Estado, o contrato firmado pelo Secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia e a OSCIPINSTITUTO DE SAÚDE SANTA CLARA, que fica sediada na cidade de Candói(PR), denunciada pelo vereador petista Fernando Lucena, no valor de R$ 7.620.000,00, visando a prestação de serviços de natureza contínua de apoio administrativo a SESAP. Existem confirmações que pessoas envolvidas na Operação Calvário da Paraíba nesta organização. Segundo uma fonte, essas pessoas tentaram por diversas vezes entrar no RN . Eles queriam entrar no RN através da Cruz Vermelha, mas com o escândalo paraibano recuaram e agora estão com uma nova organização. 

A principal atividade da OSCIP Paranaense, está na área de atendimento hospitalar, exceto pronto socorro, não constando em seu cadastro junto a Receita Federal, a prestação de serviços administrativos.

O vereador Fernando Lucena agora tem elementos para denunciar as falcatruas do Secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia no plenário da Câmara Municipal de Natal, o qual acusa o auxiliar da governadora Fátima Bezerra de atos de improbidade administrativa.

A unidade hospitalar do Instituto de Saúde Santa Clara, sediada na cidade de Candói, no estado do Paraná, já foi denunciada por abrigar em seus quadros médico boliviano, que estava impedido pelo CRM de praticar suas atividades, sendo responsabilizado por uma morte de uma paciente naquela unidade de saúde. A governadora Fátima  Bezerra já foi informada e alertada adiantando uma série de providências para evitar desgastes mantendo um processo de contratação de serviço compatível com a eficiência e moralidade.