Arquivo diários:14/10/2020

Deputado José Dias sugere ampliar dotação orçamentária para reforça segurança ao homem do campo

O deputado estadual José Dias (PSDB) fez uso da palavra, durante sessão ordinária desta terça-feira (13), na Assembleia Legislativa, para tratar da insegurança rural no Rio Grande do Norte. De acordo com o parlamentar, os casos de roubo, assaltos e furtos nas áreas rurais do Estado têm sido um dos maiores problemas enfrentados pelo homem do campo.

“A realidade do homem do campo é muito preocupante. A insegurança é hoje uma das maiores preocupações e tem tirado o sono de muitas famílias que estão desamparadas”, disse.

José Dias ressaltou a necessidade de urgência na resolução do problema. “As quadrilhas estão agindo de forma exacerbada. Precisamos de providências para enfrentar esse drama que tem tirado a paz da população rural. Precisamos buscar recursos do orçamento para se criar um instrumento permanente de combate aos crimes rurais”, cobrou.

Governadora Fátima Bezerra autoriza adiantamento do pagamento de outubro dos servidores do estado

O Governo do Estado deposita a primeira parcela do salário do mês de outubro nesta quinta-feira (15). O adiantamento respeita o compromisso firmado entre gestores estaduais e representantes de classe dos trabalhadores no início do ano. Serão aplicados na economia do Rio Grande do Norte mais de R$ 234 milhões. Quase 100 mil servidores serão beneficiados com o adiantamento.
“Esse adiantamento que já temos feito desde o primeiro mês desse Governo é muito propositivo para o momento. Precisamos reaquecer a economia após o período de pandemia. Teremos um volume significativo de recursos já na metade do mês que colaborará para isso”, opinou o secretário de Planejamento e das Finanças, Aldemir Freire.

Mais de 39 mil servidores, entre ativos, inativos e pensionistas que ganham até R$ 4 mil (valor bruto), terão o salário integral depositado já no início da manhã. E ainda 30% adiantado para outros 32,3 mil trabalhadores do Estado que recebem acima desse valor. Também recebe o salário integral toda a categoria da Segurança Pública.

O Governo liquida o pagamento de outubro, num total de quase R$ 460 milhões, no próximo dia 30. Os servidores que ganham acima de R$ 4 mil receberão os 70% restantes e o funcionalismo lotado em pastas com recursos próprios terá seu salário integral depositado nesta data.

Candidatos delegados gostam de baixarias: Juíza determina que coordenador de campanha de Wallber retire vídeo contra Cícero Lucena

Virgulino está espalhando baixaria em João Pessoa

A juíza Cláudia Evangelina Chianca ferreira de França, da 1º Zona Eleitoral de João Pessoa, acatou o pedido de tutela de urgência da coligação “Pra Cuidar de João Pessoa”, do candidato a prefeito Cícero Lucena (Progressistas) e determinou a retirada de vídeo da rede social Instagram, publicado pelo delegado e um dos coordenadores de campanha de Wallber Virgolino (Patriotas), Luiz Eduardo Montenegro Bento de Souza Segundo, devido conteúdo atentar contra a honra do progressista.
De acordo com a decisão, fica determinada a suspensão da “divulgação de imagem e vídeo ofensivos, através da conta Instagram, em que o representado, supostamente, atenta contra a honra do candidato a prefeito, Cícero Lucena”.

A juíza ainda destacou que, além de ter ofendido a honra do candidato, a publicação também deixou de mencionar as legendas partidárias integrantes da Coligação “Coragem para fazer o novo”, em desobediência à resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.610/2019.

Saco Preto abandona Aroldo de Nazaré derramando tudo em favor de Aldo Clemente

Rogério Marinho escondeu-se de Aroldo

O vereador Aroldo Alves, fiel escudeiro de Rogério Marinho, está soprando o vendo e mofino depois que o ministro Rogério Marinho passou um chifre eleitoral  trocando ele pelo estruturado candidato Aldo Clemente.
Aldo Clemente com o apoio de Rogério Marinho tem o maior e mais rico volume de campanha de Natal.
Além do presidente da Assembleia Ezequiel Ferreira, Rogério (Saco Preto) também está bombando à candidatura do servidor de carreira do Ministério Público do RN.
Segundo o soldado Vasco, Clemente que é um legítimo Panela de Caicó, tem tudo para estourar de votos. Ele é cotado para ser o mais votado de Natal..

Aldo Clemente ainda tem o apoio do deputado Gustavo da Ponte

Juíza condena candidato a prefeito do Novo e o Novo pode substituí-lo por novo candidato


A campanha não está nada boa para o candidato do Novo. A juíza eleitoral Hadja Rayanne condenou o advogado  Fernando Pinto pela prática de propaganda antecipada e utilização de perfis fakes com postagens ofensivas aos adversários.
O Blog do Primo em contato com filiados do Novo tomou conhecimento que o partido discute a substituição de Fernando Pinto por outro candidato.
Segundo nossa fonte, além de um desempenho pífio no debate o candidato tem revelado imaturidade e velhas práticas política.. Ou seja: um fiasco.
Vamos aguardar.

Vacina em massa no Brasil só em 2022

A vice-diretora-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Mariângela Simão, disse hoje que é possível “ter certeza” de que o Brasil não terá uma vacinação em massa contra o novo coronavírus já em 2021.

“Não vai ter vacina suficiente no ano que vem para vacinar toda a população, então o que a OMS está orientando é que haja uma priorização de vacinar profissionais de saúde e pessoas acima de 65 anos ou que tenham alguma doença associada”, afirmou em entrevista à CNN Brasil.

Mariângela ainda disse que “é razoável” imaginar que até o final de 2021, “com tudo correndo bem”, existam “duas ou três vacinas aprovadas” contra a covid-19.

“Eu diria que 2022 é um ano que vamos ter mais vacinas porque a gente está com tanta vacina em desenvolvimento… É provável que a gente tenha ainda outras vacinas que cheguem no ano que vem provando serem seguras e eficazes”, pontuou.

“O importante agora não é imunizar todo mundo num país, o que é impossível: é imunizar aqueles que precisam em todos os países”, concluiu.

UOL

Presidente do partido de Kelps, Paulinho da Força é denunciado por propina de R$1,7 milhão da J&F para campanhas

Kelps, Paulinho da Força e Henrique Alves

A força-tarefa do Ministério Público de São Paulo (MPSP) para atuar na Justiça Eleitoral denunciou nesta terça-feira (13), por prática de caixa dois, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o presidente nacional do partido Solidariedade, deputado federal Paulo Pereira da Silva, o “Paulinho da Força”, e Cristiano Vilela de Pinho. O deputado é acusado de receber R$ 1,7 milhões em propina da J&F para financiar suas campanhas eleitorais.

A denuncia relata que os crimes foram cometidos em 2010, quando Paulinho disputava reeleição na Câmara dos Deputados, bem como entre 2012 e 2013, em decorrência de sua candidatura ao cargo de prefeito de São Paulo.

Em 2010, segundo o MP, o deputado recebeu R$ 200 mil ilegalmente. E nos anos 2012 e 2013, foram R$ 1,5 milhão recebidos.

A denúncia tem como base delações premiadas de vários dirigentes da J&F, incluindo Joesley Batista, Wesley Batista e Ricardo Saud, homologadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). E é fruto inquérito da Polícia Federal da Operação Dark Side, deflagrada em julho para cumprir mandados de busca e apreensão em diversos endereços, entre eles a sede da Força Sindical e o gabinete do deputado, em Brasília (DF).

Ressarcimento

Os promotores de Justiça da força-tarefa, Fábio Bechara, Everton Zanella, Luiz Ambra, João Santa Terra e Rodrigo Caldeira, pedem que a Justiça condene os denunciados pelos crimes apontados, e mande que devolvam R$ 1,7 milhão para reparar danos morais difusos causados pelas infrações.

A denúncia narra em detalhes que Paulinho da Força foi beneficiado por um esquema envolvendo doleiros e o uso de notas frias para serviços que não foram efetivamente prestados, como forma de repassar dinheiro da companhia J&F ao parlamentar. (Com informações do Valor Econômico)

DIÁRIO DO PODER