Vale tudo: ex-delegado e ex-coronel bolsonaristas agressivos espalham baixarias na tentativa de ganhar eleição para prefeito de Natal

Numa briga inglória, o pior é o fato de Bolsonaro ter declarado que não apoia nenhum dos dois
Leocádio chamou para briga
O coronel reagiu com força

O cacete está comendo entre os denominados pelos adversários de “candidatos chupa cabras de Bolsonaro”.
O ex-delegado e empresário da segurança privada Sérgio Leocádio e o coronel da reserva Hélio, ambos candidatos à Prefeitura de Natal pelo bolsonarismo estão espalhando baixarias pelos quatro cantos de Natal.

Diante dos desaforos proferidos pelo candidato Sérgio Leocadio, o candidato coronel Hélio calçou o coturno para dá uma pezada no delegado.

Eles estão brigando pelos votos da extrema direita natalense numa verdadeira apelação sem medidas.
O ex-delegado e empresário do ramo de segurança privada Sérgio Leocádio atira para todos os lados e já foi condenado pela Justiça por dizer inverdades várias vezes, mas para ele nesta campanha vale tudo.
O coronel Hélio que foi chamado de “forasteiro” é tido pelos seguidores de Leocádio como um “mamulengo” de Bolsonaro que não declarou apoio a nenhum dos dois.

Já o ex-delegado Leocádio é tido pelos seguidores do candidato Hélio como um embusteiro. Segundo um seguidor de Hélio, o ex-delegado Leocádio viveu pendurado em cargos comissionados, passou pouco tempo nas delegacias sempre arranhando umas boquinhas nos gabinete de políticos que agora ofende e acusa.
Os bolsonaristas ligados ao coronel Hélio dizem que o candidato Sérgio Leocádio quando era delegado criou uma empresa privada de segurança em nome de parentes para prestar segurança privada se aproveitando da sua condição de servidor público e delegado de polícia, o que para os amigos de Hélio não é moralmente incorreto: “o delegado Sérgio Leocádio usava seu distintivo de delegado de polícia para ganhar dinheiro”, denunciou um delegado de polícia ligado ao coronel Hélio.
Por fim, a patota de Hélio afirma categoricamente que Sérgio Leocádio foi um péssimo ou pior secretário de Segurança de Natal de todos os tempos na gestão da ex-prefeita afastada pela Justiça, Micarla de Sousa.
Os partidários do candidato Sérgio Leocádio estão montando um dossiê contra o coronel Hélio que é chamado pelos leocaidistas de “forasteiro”.
Confira a reação do coronel:

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *