Arquivo diários:27/10/2020

Candidatos não querem aparecer com o ministro Saco Preto


Candidatos fugindo de Saco Preto, diz a lenda que aparecendo com ele o candidato perde.

Em política tem algumas situações estranhas e interessantes.
Natal tem cerca de 700 candidatos a vereador e  9 candidatos a prefeito e milhares no interior do estado.
Até agora nenhum dos candidatos assumiu o apoio de ministro Rogério Marinho que também é conhecido por (Saco Preto).
Pela primeira vez numa eleição estamos vendo os candidatos fugindo de um ministro todo poderoso. Nem uma fotinha num santinho existe.
Qual a razão dos candidatos fugirem do pachorrento ministro de Bolsonaro?

Caso apareça algum candidato corajoso colado em Rogério Marinho, enviem uma foto de campanha para o Blog do Primo divulgar.

Cuidado Fátima, vampiros da Saúde paraibana querem cruzar nossa fronteira

São os mesmos, como é fácil eles mudam só os nomes.

As mesmas figuras que controlam as famosas Organizações Sociais que prestam serviços em vários estados com nomes diferentes foram os responsáveis pela operação policial que envolveu o governado da Paraíba João Azevedo e o ex-governador Ricardo Coutinho. 

Eles tem origem no Rio Grande do Sul e na Bahia com tentáculos em outros estados.
Faz muito tempo que eles estão rondando o RN querendo saquear os recursos da saúde pública.
Uma profunda investigação está sendo feita no RN, inclusive já existem indícios fortes e indentificações dos laranjas.

 

Primando por Natal: Thaísa Galvão deu um tiro certeiro

Carlos Eduardo Alves quer ser a figura mais importante da atual campanha de Natal, mas o prefeito Álvaro Dia avança para ganhar no primeiro turno sem precisar do ex-prefeito que está mais fraco que caldo de batata.
Nenhum candidato a prefeito no interior convidou Carlos Eduardo Alves para participar de comício.
Ele está esperneando, torcendo que Álvaro fracasse para cobrar a conta.
Confira o texto perfeito da prima Thaísa Galvão:

Governadora Fátima Bezerra revoga restrições e libera cultos religiosos, casas de shows, esportes e comércios

O Governo do Estado editou o Decreto 30.088, de 26 de outubro de 2020 que oficializa a suspensão de parte das medidas restritivas em decorrência da pandemia da Covid-19, mas condiciona essas mudanças editadas hoje à necessidade de observar as regras previstas em portarias e decretos anteriores.

O documento revoga, por exemplo, a suspensão do funcionamento de shopping centers e similares, restaurantes, praças de alimentação, praças de food trucks, boates, casas de eventos e de recepções e academias de ginástica e similares, e para isso observa que a oficialização de retomada dessas atividades deve considerar os protocolos não revogados.

A suspensão das restrições, contudo, levam em consideração a manutenção das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), das autoridades sanitárias do país e do Estado para reduzir aglomerações e fluxo de pessoas em espaços coletivos para conter a propagação do novo coronavírus e a manutenção das medidas protetivas como distanciamento social, uso de máscaras e álcool 70% para higienização.

A maior parte das suspensões do novo decreto já vinha ocorrendo em função da execução do plano de retomada da economia. As medidas entram em vigor nesta terça-feira, 27, com a publicação no Diário Oficial do Estado.

A realização de eventos religiosos em igrejas, espaços religiosos, lojas maçônicas e estabelecimentos similares, por exemplo, está liberada, mas com a necessidade de observância às regras de retomada gradual do Decreto Nº 29.861, de 24 de julho de 2020.

Novo decreto(VEJA AQUI).

Estudo mostra que imunidade contra covid-19 cai rapidamente

AFP
Um estudo britânico da Imperial College London e da Ipsos Mori mostra que a imunidade adquirida pelas pessoas infectadas e curadas de covid-19 “cai bastante rapidamente”, especialmente nas pessoas assintomáticas, e pode durar apenas alguns meses.

De 20 de junho a 28 de setembro, os dois organismos acompanharam 350.000 pessoas escolhidas aleatoriamente na Inglaterra, que se submeteram a testes regulares em casa para verificar se possuíam anticorpos da covid-19.

“Durante o período, a proporção de pessoas que testaram positivo aos anticorpos da covid-19 caiu 26,5, passando de 6% para 4,4% da população estudada”, explica um comunicado, “o que sugere uma redução dos anticorpos nas semanas, ou meses, posteriores à infecção”.

“A imunidade diminui bastante rapidamente”, destacou Helen Ward, professora de Saúde Pública na Imperial College e uma das autoras do estudo.

Os resultados também sugerem que “aqueles que não apresentaram sintomas da doença são suscetíveis a perder mais rapidamente os anticorpos detectáveis do que os indivíduos sintomáticos”, assinala o estudo.

A proporção de anticorpos nas pessoas que testaram positivo ao vírus diminuiu 22,3% ao longo dos três, enquanto entre as pessoas que não apresentaram sintomas de covid-19 a queda foi de 64%.

O estudo destaca que, embora todas as idades sejam afetadas por esta redução, os idosos a acusam mais: entre junho e setembro, o percentual de pessoas com mais de 75 anos com anticorpos registrou queda de 39%, enquanto a redução foi de 14,9% na faixa de idade entre 18 e 24 anos.

– Otimismo sobre as vacinas –

“Este estudo representa um elemento crucial da pesquisa, uma vez que nos ajuda a compreender como os anticorpos da covid-19 evoluem ao longo do tempo”, declarou o secretário de Saúde James Bethell.

“Ainda não se sabe se os anticorpos conferem um nível de imunidade eficaz ou, no caso de que esta imunidade exista, quanto tempo dura”, assinalaram a Imperial College London e a Ipsos Mori, que pediram que os britânicos sigam as recomendações sanitárias.

A virologista Wendy Barclay, da Imperial College London, explicou que “o novo coronavírus parece se comportar de maneira muito similar aos coronavírus sazonais que existiram nos seres humanos durante décadas, alguns durante centenas de milhares de anos”.

Uma pessoa pode ser “reinfectada a cada um, ou dois, anos” com estes coronavírus sazonais, devido a uma queda na imunidade, explicou a Times Radio.

Diante do possível risco de reinfecção com o novo coronavírus, a professora afirma não ser partidária do conceito de “passaporte de imunidade”, que permitiria às pessoas curadas do novo coronavírus levar uma vida normal.

“Este conceito de passaporte de imunidade não é uma boa ideia neste momento, porque a qualidade da resposta imunológica pode variar de uma pessoa para outra”, afirma Barclay.

Ao mesmo tempo, ela pediu “otimismo sobre as vacinas, porque as vacinas funcionarão de maneira diferente” e poderiam proporcionar uma imunidade mais prolongada.

Donald Trump tem atualmente cerca de 30% de chances de ser reeleito

Segundo o Target Early, que faz levantamentos em tempo real sobre a eleição norte-americana, mais de 55,5 milhões já votaram. Desses, 49,4%são democratas, 40,8% republicanos e 9,9% não têm filiação.

Presidente dos EUA, o republicano Donald Trump tem atualmente cerca de 30% de chances de ser reeleito, segundo as maiores casas de apostas. A uma semana da eleição de 2016, ele tinha cerca de 16%.

PF investiga grupo criminoso e combate contrabando de cigarros e produtos falsificados no RN

A Polícia Federal, com apoio da Receita Federal do Brasil e da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI), deflagrou na manhã desta terça-feira, 27/10, em Mossoró/RN, a Operação Falsos Heróis, que investiga as atividades de organização criminosa voltada à prática de contrabando de cigarros e produtos falsificados.

Cerca de 165 policiais federais estão cumprindo 26 mandados de busca e apreensão e 8 mandados de prisão preventiva nos estados do Rio Grande do Norte (Areia Branca, Tibau e Mossoró), Pará (Belém e Ananindeua) e São Paulo (capital), além de ter sido determinado o cumprimento de medidas cautelares diversas da prisão com relação a outros nove investigados, bem como o sequestro judicial de 22 contas bancárias.

As diversas diligências realizadas no curso da investigação permitiram identificar a existência de uma organização criminosa bem estruturada, cujo modus operandi consiste no transporte naval de produtos contrabandeados (cigarros, vestuário e equipamentos eletrônicos falsificados) com origem no Suriname, os quais são internalizados de forma clandestina em pontos da costa dos municípios potiguares de Areia Branca, Porto do Mangue e Macau, sendo posteriormente transportados para diversos estados, principalmente São Paulo, onde são comercializados em locais notadamente conhecidos por esta prática.

Somente entre os anos de 2018 e 2019, a Orcrimmovimentou cerca de 185 milhões de reais, revelando a alta lucratividade da empreitada criminosa.

Dentre os investigados, constam empresários, policiais civis do Rio Grande do Norte, além de um secretário municipal da cidade de Areia Branca/RN.

Os crimes imputados são os de contrabando qualificado (art. 334-A, §3º, CP) e organização criminosa armada (art. 2º, § 2º, e § 4º, incisos II e V, da Lei 12.850/2013), cujas penas, somadas, podem ultrapassar a 23 (vinte e três) anos de prisão.

Polícia investiga ação do PCC nas eleições em SP

Polícia Civil de São Paulo investiga a possível atuação do Primeiro Comando da Capital (PCC) nas eleições municipais. No alvo dos investigadores está a possibilidade de a facção usar seu poder para impedir que candidatos possam fazer campanha em comunidades dominadas por criminosos no Estado. O Estadão apurou que há relatos de ameaças nas regiões de Campinas e da Baixada Santista.

O inquérito sobre o caso foi aberto pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). A investigação, segundo o delegado Ismael Lopes Rodrigues Junior, diretor do Deic, está a cargo da 4.ª Delegacia de Investigações Gerais. A polícia, de acordo com o delegado, ainda não conseguiu avançar na apuração da denúncia. O Deic é o departamento da Polícia Civil paulista responsável pelo combate à facção criminosa e tem atuação em todo o Estado.

ESTADÃO CONTEÚDO

Petrobras reduz preço da gasolina e diesel pela 2ª vez em outubro

A Petrobras informou nesta segunda-feira redução do preço médio do diesel em 4% nas refinarias, enquanto a cotação da gasolina cairá 5%, a partir de terça-feira, de acordo com a asessoria de imprensa da companhia.

Para a gasolina, esta é a segunda redução praticada em outubro, após queda de 4% anunciada no último dia 15.

Em relação ao diesel, o movimento é a primeira queda desde o início de setembro –desde então, a Petrobras havia elevado o preço do combustível mais consumido do Brasil em duas oportunidades.

Com a redução, o preço médio do diesel nas refinarias da estatal passa a ser de R$ 1,5696 por litro, de acordo com dados da Petrobras compilados pela Reuters, enquanto o valor médio da gasolina recua para R$ 1,6543 por litro.

No acumulado de 2020, a cotação do diesel apura queda de 33%. Mas nas mínimas do ano, vistas entre o final de abril e meados de maio, diante dos impactos causados pela pandemia de coronavírus, o combustível custou cerca de R$ 1,30 por litro.

Já o preço da gasolina acumula queda de 13,7% no ano, mas opera distante das mínimas registradas em meados de abril, quando – também em meio às medidas restritivas provocadas pela pandemia – o litro chegou a custar menos de R$ 1.

A Petrobras defende que sua fórmula de preços tem como base a chamada paridade de importação, que leva em conta os preços do petróleo no mercado internacional e o câmbio, entre outros fatores.

O repasse dos reajustes dos combustíveis nas refinarias aos consumidores finais nos postos não é garantido, e depende de uma série de questões, como margem da distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro e biodiesel.

CNN BRASIL

Ex-marqueteiro do PT João Santana diz que Bolsonaro não deve se reeleger

O ex-marqueteiro do PT João Santana afirmou nesta 2ª feira (26.out.2020), em entrevista ao programa Roda Viva, que, “ao contrário do que se diz hoje, é muito mais provável que Bolsonaro perca as eleições [do ano de 2022] do que ganhe”.

“Bolsonaro é 1 fenômeno eleitoral, sim, mas ele não contrariou todas as lógicas de campanha. A campanha de 2018 é que contrariou todas as lógicas da história política eleitoral brasileira”, disse.

Segundo Santana, na próxima campanha, Lula é “o vice ideal” de Ciro Gomes (PDT), candidato derrotado em 2018. Ele comparou a ideia da atual vice-presidente da Argentina Cristina Kirchner de se candidatar ao lado de Alberto Fernández, mas com ele na cabeça de chapa.

“Impossível ser isso [vice de Ciro], mas essa chapa seria imbatível. É imitar a solução genial eleitoral, que a Cristina fez na Argentina”.

Foi a 1ª entrevista que Santana concedeu desde que foi preso pela Lava Jato, em fevereiro de 2016. No ano seguinte, foi solto depois de pagar fiança. Ele e sua mulher, Mônica Moura, foram condenados a 7 anos e 6 meses de prisão por lavagem de dinheiro.

No começo da entrevista, Santana declarou que a prática de caixa 2 no sistema político era algo comum, e que “sempre foi a alma do sistema eleitoral brasileiro”.

Santana foi questionado sobre sua situação na Justiça atualmente. Disse que estava com tornozeleira eletrônica e que continua proibido de sair de casa aos fins de semana. O equipamento foi registrado na perna esquerda do entrevista pelas câmeras da TV Cultura.

IRRITAÇÃO

O marqueteiro se exaltou em 2 momentos. A 1ª vez, quando indagado se estava usando tornozeleira eletrônica, o que ele confirmou. Depois, ao final, quando ouviu uma pergunta sobre ter mentido de forma “contumaz” durante anos.

O VÍDEO DA MENTIRA

Em maio de 2015, Santana gravou 1 vídeo em tom indignado dizendo ter recebido US$ 20 milhões por uma campanha eleitoral na qual havia trabalhado em Angola, negando irregularidades. Depois, preso, confessou que o valor faturado na África havia sido de US$ 50 milhões. Ontem, no Roda Viva, de maneira confusa, disse que não havia mentido. Mas mentiu.

PODER 360