Protesto contra racismo acaba com manifestantes invadindo e vandalizando loja do Carrefour


Fotos: CNN Brasil

Manifestantes invadiram uma loja do supermercado Carrefour, em São Paulo, durante um protesto contra a morte de um homem negro em uma outra unidade da rede, em Porto Alegre. A loja fica localizada na região central, próxima à Avenida Paulista, onde a manifestação se concentrou.

A passeata estava agendada previamente, em função do Dia da Consciência Negra, que se comemora nesta sexta-feira (20). Quando passaram pela avenida, os manifestantes estavam em uma caminhada pacífica.

O soldador João Alberto Silveira, de 40 anos, foi morto nesta quinta-feira (19) em uma unidade do mercado que fica no bairro de Passo D’Areia, na capital gaúcha.

A cena, em que os dois homens brancos agridem Silveira no estacionamento do estabelecimento, foi filmada e está circulando nas redes sociais.

Segundo a delegada Roberta Bertoldo, do 2º Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de Porto Alegre, os dois seguranças do mercado já foram presos e serão indiciados por homicídio triplamente qualificado, por motivo fútil e por não darem chances de defesa à vítima.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *