Arquivo diários:26/11/2020

Turma do senador Jean quer tomar o PDT de Carlos Eduardo Alves

Um grupo petista ligado ao senador Jean Paul Prates. está trabalhando para tomar o PDT do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves.
Na presidência de Carlos Eduardo Alves o PDT do RN não cresce, nesta eleições de 2020 o PDT encolheu e não elegeu sequer um prefeito. Em Natal o partido fez uma bancada de cinco vereadores graças o prestígio e articulação do presidente da Câmara Municipal, vereador Paulinho Freire .

Câmara de Natal aprova Semana de Prevenção à Gravidez na Adolescência


Projeto da vereadora Júlia Arruda tem o objetivo de reduzir os altos índices de gravidez na adolescência que, no Brasil, estão 50% acima da média mundial._

Os vereadores aprovaram por unanimidade, na sessão dessa quinta-feira (26), o Projeto de Lei nº 030/19, de autoria de Júlia Arruda, que institui no calendário de eventos de Natal a Semana Municipal de Prevenção à Gravidez na Adolescência, a ser celebrada anualmente na semana que incluir o dia 1º de fevereiro, data em que se inicia a campanha nacional. O projeto segue agora para sanção do Executivo.

A proposta tem o objetivo de disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas que contribuam para reduzir os altos índices de gravidez na adolescência que, no Brasil, estão 50% acima da média mundial. Segundo dados do Ministério da Saúde, a cada mil meninas brasileiras, 46 se tornam mães adolescentes e 75% dessas delas, nas idades entre 11 e 16 anos, abandonam a escola.

De acordo com o projeto aprovado hoje na Câmara Municipal de Natal, a semana de atividades compreenderá a realização de seminários e ciclos de palestras; orientação quanto aos métodos contraceptivos; atendimento psicológico em grupo e de modo individual, com orientação psicossocial; integração da família na discussão sobre prevenção; além do atendimento ambulatorial e do acompanhamento pré-natal.

“Muito além de criar uma data no calendário, nosso objetivo é contribuir para que o poder público possa atuar, de forma intersetorial, com estratégias mais efetivas em uma abordagem educativa de promoção da saúde. Porque sabemos que a problemática da gravidez na adolescência envolve diversos aspectos do contexto social e da realidade de vulnerabilidade das famílias que precisam ser considerados”, explicou a autora da proposta, vereadora Júlia Arruda.

O Brasil ocupa o 7º lugar no mundo quanto ao número de casos de gravidez na adolescência, sendo superado, apenas, por seis países situados na África, conforme estudo da Unicef. E para enfrentar essa realidade, a Prefeitura de Natal deverá celebrar convênios e estabelecer parcerias com instituições públicas e privadas.

O Projeto de Lei nº 030/19 segue agora para sanção do prefeito Álvaro Dias.

Filho de Maradona não vai a velório, após Covid-19: ‘Capitão do meu coração’

Diego Maradona Junior não foi ao velório do pai, Maradona, já que se recupera de Covid-19, mas lhe deixou uma mensagem nas redes sociais.

“O capitão do meu coração nunca morrerá”, escreveu no Instagram.

Extra
O filho do craque argentino soube da notícia da morte pela televisão, já que estava na Italia. Como se recuperava da doença, não foi à Argentina.

“Vocês podem imaginar como estou, como me sinto”, disse Diego Jr. à imprensa, em declarações reproduzidas pelo diário Corriere dello Sport. “Quis ir embora e tentei sair. Disse logo: ‘Tenho que correr para os braços do meu pai”, completou.

Mas os exames mostraram persistência de pneumonia intersticial bilateral e até há poucos dias o jogador de 34 anos respirava graças a um ventilador.

“O primeiro pensamento foi ir embora imediatamente mas os meus pulmões não aguentariam no avião: saí do hospital mas vou esperar alguns dias antes de lhe dar o último beijo”, explicou Diego Armando MaradonaJr.

Candidatos devem ficar atentos a prestação de contas das eleições 2020

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou a Resolução nº 23.632/2019, em 19/11/2020, que altera os procedimentos de entrega das prestações de contas referentes às Eleições Municipais de 2020, inclusive quanto aos prazos inicialmente previstos na Res. 23.607/2019. A nova norma foi estabelecida em razão da situação de pandemia da Covid-19.

De acordo com a nova Resolução, a entrega das mídias eletrônicas, que contém os documentos e comprovantes digitais das prestações de contas, será feita em períodos distintos para candidatos eleitos, não eleitos, diretórios estaduais e municipais.

Os candidatos eleitos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador, até o terceiro suplente, devem apresentar as mídias eletrônicas nas Zonas Eleitorais competentes, até 15 de dezembro de 2020, mediante agendamento.

Já os candidatos não eleitos e os diretórios estaduais e municipais terão o prazo de 7 de janeiro a 8 de março de 2021 para entregar as mídias eletrônicas das prestações de contas das Eleições Municipais de 2020.

O atendimento para recebimento das mídias eletrônicas, será realizado mediante agendamento, junto à Zona Eleitoral competente, para os candidatos e diretórios municipais, ou à SACEP, no caso de diretórios estaduais. Consulte os telefones/e-mails das Zonas Eleitorais nesta relação: (clique aqui). O telefone da SACEP é o (84) 3654-5460.

Ex-deputado federal da PB é alvo de operação da PF

ex-deputado-benjamim-maranhao-em-2014

O ex-deputado federal Benjamim Maranhão (MDB) e a mãe dele, ex-prefeita de Araruna, Wilma Maranhão (MDB) são alvos de uma operação da Polícia Federal que apura desvio de dinheiro em obras de combate à seca na Paraíba nesta quarta-feira (23).

Pelo menos 15 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em João Pessoa e Araruna, na Paraíba, e em Parnamirim, no Rio Grande do Norte. De acordo com a PF, a Operação “Poço Sem Fundo”, investiga desvio de dinheiro destinado à perfuração de poços e instalação de sistemas simplificados de abastecimento de água na Paraíba.

A defesa de Benjamim e de Wilma informou, às 10h, que tomou ciência prévia do que se trata a operação e que só vai se pronunciar após ter acesso aos autos. A defesa disse ainda que não há qualquer envolvimento de ambos no caso investigado.

Despencando: Pesquisa revela que desaprovação e rejeição de Bolsonaro estão aumentando

Ministro das Comunicações, o potiguar Fábio Faria não está conseguindo melhorar a imagem do Presidente Bolsonaro

Pesquisa PoderData divulgada nesta 4ª feira (25.nov.2020) revela queda na aprovação do governo e do trabalho pessoal do presidente Jair Bolsonaro. O estudo confirma tendência captada 15 dias antes.

No levantamento feito de 2ª a 4ª feira (23 a 25.nov.2020), a desaprovação ao governo federal subiu de 43% para 48% em cerca de duas semanas. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Foram entrevistadas 2.500 pessoas em 479 cidades nas 27 unidades da Federação.

A aprovação do governo oscilou de 45% para 42% em 15 dias –dentro da margem de erro. Os que acham a administração regular são 10% dos entrevistados.

O que se nota na evolução das pesquisas PoderData, realizadas nacionalmente a cada 15 dias, é que houve inversão das curvas. Agora, o percentual de rejeição está acima do de aprovação, depois de 3 meses (agosto, setembro e outubro) que foram positivos para Bolsonaro.

A tendência de alta na desaprovação ao governo federal já havia sido captada no último levantamento, na pergunta sobre a avaliação do trabalho do presidente Jair Bolsonaro. Era necessário, entretanto, uma confirmação de outro estudo, que está sendo divulgado agora.

Quando se trata do trabalho pessoal de Bolsonaro, o cenário é de estabilidade, mas com percentuais ruins para o presidente.

PoderData pede que os entrevistados escolham se o trabalho presidencial é ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo.

No levantamento terminado nesta 4ª feira (25.nov.2020), 40% dizem que o desempenho de Bolsonaro é ruim ou péssimo. Outros 36% respondem que é bom ou ótimo. Os percentuais são idênticos aos de 15 dias atrás. Houve variação, dentro da margem de erro, no grupo que escolhe “regular” como resposta: de 21% para 19%. Os que dizem não saber avaliar são 6% (eram 3% duas semanas antes).

Classe médica vai fazer cirurgia eleitoral

Ninguém se engane, mas a classe médica nunca esteva tão organizada para lançar candidatos.
Na próxima eleição os médicos do RN terão candidatos à Câmara Federal e Assembleia Legislativa.
Discretamente, nomes já estão sendo preparados. Como eles não são do ramo político, estão contratando consultores especializados.
Vão entrar com força, uma nova liderança classista está sendo ventilada e tomando gosto.