Coreia do Sul amplia restrições e proíbe reuniões com mais de 4 pessoas

Coro

A Coreia do Sul anunciou neste sábado (2.jan.2021) que vai ampliar as restrições para tentar conter a propagação da covid-19 no país. O ministro da Saúde, Kwon Deok-cheol, disse que a proibição de reuniões particulares com mais de 4 pessoas será estendida por todo o país. Antes, vigorava apenas em Seul, Incheon e na província de Gyeonggi.

Além disso, as regras de distanciamento social para Seul e regiões vizinhas serão estendidas até 17 de janeiro. As medidas estavam estipuladas para valer só até este domingo (3.jan.2021). Deok-cheol pediu desculpas à população pelas restrições, mas agradeceu a “solidariedade e cooperação” de todos. Segundo o ministro, aproximadamente 40% dos novos casos estão relacionados a pequenas reuniões.

A Coreia do Sul é considerada um exemplo de sucesso no combate à pandemia. O país de 52 milhões de habitantes soma 62.593 casos de covid-19 e 942 mortes pela doença, de acordo com o medidor Worldometers. O número de casos, no entanto, aumentou consideravelmente em dezembro. Em 25 de dezembro, por exemplo, foram registrados 1.237 novos casos. Na 6ª feira (1º.jan.2021), foram 1.029 novos infectados. Em novembro, o maior número foi no dia 26 do mês: 583 casos.

PODER360

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *