Caso do “fura fila”: Chafurdo da oposição, imprensa irresponsável e Ministério Público querendo aparecer

Alguns imbecís ou maldosos acham que só quem trabalha na linha de frente no combate ao coronavírus em Natal são os médicos e paramédicos. Esses desinformados ou maliciosos precisam saber que existem outras pessoas como auxiliares de serviços, técnicos de manutenção, garis, vigias, seguranças, eletricistas e técnico em informáticas que trabalham nos quatros Centros de Atendimento de Covid, UPAS e no Hospital de Campanha.
O servidor da Prefeitura Com 30 anos de idade que foi acusado pela imprensa irresponsável de furar fila com autorização do prefeito Álvaro Dias é o responsável pela rede de computadores instalada em todas unidades de atendimento para processar dados e cadastrar todos pacientes infectados ou suspeitos. A referida rede de computadores dá suporte de informações à Secretaria de Saúde sendo importante para revelar indicadores e manchas de propagação do vírus. Se esse servidor acusado de furar fila contrair o coronavírus, toda rede de computadores pode entrar em colapso, pois foi ele quem criou e instalou emergencialmente.  O vírus que poderá contaminar o servidor não é cibernético, é o coronavírus que está em todos os ambientes que recebe pacientes infectados que tem computadores instalados.
Se eu fosse  o engenheiro de computação Bruno Samuel da Silva Corrêa, que ocupa o cargo de chefe de setor de informática da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social de Natal (Semtas), entraria com processos por danos morais contra esses blogs irresponsáveis que distorceram o fato maculando à imagem do servidor como ela fosse um dura fila.
Todos sabem que a oposição quer atingir o prefeito Álvaro Dias.. Uns querem preá..

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *