Amigos e até adversários estão torcendo pelo ex-governador Robinson Faria

Robinson poderá ser injustiçado por cumprir o planejamento do seu governo que previu no Plano Plurianual a abertura de Restaurantes Populares no último ano do mandato.

Amigos de Robinson Faria estão solidários e preocupados com uma possível injustiça que poderá ser imputada pela Justiça Eleitoral pela condenação de 8 anos de inegebilidade pelo fato de abrir alguns restaurante populares no último ano do seu mandato.
Para o Ministério Público e três desembargadores do TRE o último ano do mandato  de um governador deve ser inoperante, caso o governador execute obras e programas planejados nos primeiros anos do mandato e incluídos no PPA – Plano Plurianual é abuso do poder político e econômico. Diversos juristas estão indginados com essa injustiça.
Até adversários do ex-governador estão torcendo para o presidente do TRE, desembargador Gilson Barbosa, que vai proferir o voto de desempate tenta senso de justiça, como sempre teve, e absorva Robinson desta denúncia descabida.
É bom lembrar que o ex-governador Robinson Faria não participou de nenhuma solenidade de inauguração dos restaurantes populares no período da campanha política como determina à legislação eleitoral.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *