Rafael Motta cobra explicações sobre fechamento de agências do Banco do Brasil no RN

O deputado federal Rafael Motta (PSB) apresentou um requerimento de informações ao ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o fechamento de agências do Banco do Brasil. Ao todo, serão fechadas 361 unidades, sendo 112 agências, sete escritórios e 242 postos de atendimento em todo o Brasil, além do oferecimento de dois programas de demissão voluntária para cerca de cinco mil funcionários. As operações foram autorizadas pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest).

No Rio Grande do Norte, serão fechadas três unidades: agência da avenida Amintas Barroso em Natal, agência do bairro Cohabinal em Parnamirim e a agência de Santa Luzia em Mossoró. Além disso, o banco pretende transformar as agências de Guamaré, Alto do Rodrigues e Jardim do Seridó em pontos de apoio e a de Acari em uma “Loja BB”.

“Recentemente, o Ministério da Economia encerrou o convênio com as agências lotéricas e bancos postais. Agora fecha agências, dificultando ainda mais o acesso aos serviços bancários. Sabemos que há um movimento de digitalização dos serviços bancários, mas ainda existem milhões de brasileiros que preferem ou precisam do atendimento presencial”, justifica Rafael Motta.

No documento, o deputado potiguar questiona a quantidade de agências do BB no Rio Grande do Norte, quais os municípios afetados e a população impactada pelo fechamento das agências, como o banco pretende assegurar as operações de microcrédito e habitação popular e a quantidade de empregos perdidos com a decisão.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *