Atendendo Fábio Faria, Bolsonaro decide tirar Wajngarten do comando da Secom que será substituído por uma pessoa ligada ao ministro Rogério Marinho


O presidente Jair Bolsonaro decidiu trocar o comando da  Secom (Secretaria de Comunicação Social)  da Presidência da República, comandada atualmente por Fabio Wajngarten. As informações são da Folha de S.Paulo.

O presidente deve indicar para a pasta o almirante Flávio Rocha, atual chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE). Com a mudança, Wajngarten, que é próximo de Bolsonaro, deve assumir o cargo de assessor especial da Presidência da República.

O atual secretário da Secom não tem tido uma boa relação com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, cuja pasta é subordinada, e seu estilo explosivo também tem desagradado outros integrantes do governo.

Wajngarten é suspeito de corrupção passiva, peculato e advocacia administrativa, por ser sócio de uma empresa que tem contratos com empresas que receberam verbas da Secom. O caso foi arquivado pela Comissão de Ética da Presidência

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *