Por que políticos querem o fim do sigilo sobre delações?

Bernardo Barbosa

Do UOL, em São Paulo

Diante da expectativa da revelação das delações de 77 funcionários e ex-funcionários da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) apresentou este mês um projeto de lei que, se aprovado, acabará com o sigilo sobre delações homologadas pela Justiça. A ideia já vinha sendo apoiada por políticos de diversos partidos e deve ter boa recepção tanto no governo como na oposição.

Para cientistas políticos e juristas ouvidos pelo UOL, a medida sugerida por Jucá pode ajudar a conter os chamados vazamentos “seletivos”, mas também tira das autoridades o trunfo do segredo sobre os procedimentos de investigação.

“Se o investigado não tem acesso [aos procedimentos], não sabe contra o que brigar”, disse uma fonte da área do Direito que pediu anonimato. “O que está em jogo é o poder da informação. Quem tem acesso às delações tem o poder na mão.”

A delação da Odebrecht é considerada a mais explosiva da Lava Jato até o momento. Segundo o que já vazou para a imprensa, foram mencionados os nomes do presidente Michel Temer (PMDB), dos ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT), do ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), e do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), entre outros políticos.

A presidente do STF, Cármen Lúcia, homologou a delação no fim de janeiro, mas optou por manter o sigilo dos depoimentos.

Leia Mais

Confira como um mau Agente de Penitênciaria é mais perigoso que qualquer líder de facção criminosa

Com este depoimento podemos verificar como é fácil fugir de uma unidade prisional no RN. O Governo do Estado tem que vigiar com rigor aqueles que vigiam os presos, ou seja, os desonestos bandidos perigosos maus e famosos guariteiros que no RN são policiais militares exercendo função que deve ser dos Agentes Penitenciários.

Por causa de um bandido desse, a sociedade vive intranquila com frequentes fugas, nossa Polícia Militar ocupada procurando os fugitivos quando poderia está fazendo policiamento ostensivo, isso sem falar no prejuízo que um sacana guariteiro desse dá facilitando uma fuga gerando um gasto extraordinário ao Governo do Estado para pagar horas de helicóptero e muitas viaturas na operação de captura.

Um safado desse desgraça todo trabalho da Polícia Militar e Civil do Ministério Público e do Poder Judiciário.

Um bandido desse era para ficar preso na mesma cela dos seus comparsas fugitivos de maneira exemplar.

Enquanto muitos Agentes de Penitenciarias, diretores, agentes penitenciários,psicólogos, médicos, educadores, servidores e guariteiros comprometidos e honestos, basta um necrosado deste para desgraçar o trabalho de todos.

Mas é preciso confirmar na investigação se o bandido fugitivo está falando a verdade, ou se existe apenas o guariteiro  Guerreiro envolvido na facilitação da fuga.

Leia Mais

Com prefeito eleito foragido, vereador assume prefeitura

C1GjTQGWIAI6_uE

O vereador Hugo Prado (PSB) foi eleito neste domingo (1º) presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes e assumiu a prefeitura no lugar de Ney Santos, que foi eleito mas está foragido depois de ter a prisão decretada. O vereador Hugo Prado foi eleito com 1.965 votos em outubro.

Durante a cerimônia de posse dos vereadores, foi lida uma carta escrita pelo prefeito eleito que se diz inocente e que vai se apresentar nos próximos dias. E que é inseguro para sua própria vida. Manifestantes fizeram protesto em apoio a Ney Santos.

Leia Mais

Mesmo fazendo uma administração honesta, Franklin Capistrano só teve o voto dele

Resultado de imagem para franklin capistrano
Prefeito Carlos Eduardo Alves uniu-se com Raniere e Franklin ficou falando sozinho

Quem disse que alguém sendo probo no trato da coisa pública será reconhecido?

O vereador Franklin Capistrado fez uma das gestões mais probas na Câmara Municipal de Natal.

Durante sua presidência à Câmara foi fortemente questionada e investigada pelo Ministério Público e não sendo encontrado nenhum ato de improbidade ou malversação de recursos público.

Ao disputar a eleição com o vereador Raniere Barbosa, Franklin só deve o voto dele, ou seja, numa Câmara de 29 vereadores, Raniere Barbosa obteve 28. Os vereadores que elegeram Raniere dizem que querem mudar à Câmara.

Raniere, que está sendo chamado como o “Naur de Natal”, numa referência ao ex-secretário de Obras de Parnamirim que está sendo investigado por aumento vertiginoso de patrimônio.   Em seu primeiro discurso depois de eleito, Raniere disse que fará parceria com o prefeito Carlos Eduardo Alves em favor de Natal.

Confira os vereadores que votaram em Raniere:

Raniere Barbosa (PDT)

Carla Dickson (PROS)

Ubaldo Fernandes (PMDB,

Luiz Almir (PR)

Natalia Bonavides (PT)

Julia Arruda (PDT)

Ana Paula (PSDC)

Bispo Francisco de Assis (PRB)

Kleber Fernandes (PDT)

Eudiane Macedo (SD)

Chagas Catarina (PDT)

Aroldo Alves (PSDB)

Felipe Alves (PMDB,)

Wilma de Faria (PTdoB)

Preto Aquino (PEN)

Eleika Bezerra (PSL)

Sandro Pimentel (PSOL)

Cícero Martins (PTB)

Ney Lopes Jr. (PSD)

Paulinho Freire (SD)

Dinarte Torres (PMB)

Eriko Jácome (PTN)

Robson Carvalho (PMB)

Fernando Lucena (PT)

Nina Souza (PEN)

Klaus Araújo (SD)

Aldo Clemente (PMB)

Sueldo Medeiros (PHS)

Leia Mais

2017 inicia com bandeira verde na conta de luz

Imagem relacionadaDa Agência Brasil

O ano de 2017 começa com bandeira verde na conta de luz do mês de janeiro. De acordo com o relatório mensal do Operador Nacional do Sistema (ONS), a condição hidrológica favorável determinou o acionamento de usinas térmicas com “Custo Variável Unitário abaixo de R$ 211,28 por megawatt-hora (R$/MWh)”.

Leia Mais

Conta de celular mais cara a partir deste domingo, presente do STF para 2017

Resultado de imagem para celular desenhoA conta do celular pós-pago ou controle ficará mais cara a partir de 2017. Decisão do STF, de outubro, autoriza a cobrança de ICMS sobre a assinatura mensal e, com isso, os planos vão subir.

No caso da Oi, a alta chega a 35%. Um plano pós-pago que custa hoje R$ 21 por mês passará para R$ 28,30, a partir de 1º de fevereiro.

A TIM disse que não vai falar sobre o assunto. A Claro disse que já cobra o ICMS.

O reajuste começa a valer neste domingo (1º) na Vivo. No site da operadora, é possível consultar, de acordo com o plano, o novo valor.

Leia Mais

O que está em jogo no processo que pode cassar Temer em 2017

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar no primeiro semestre de 2017 a ação que pede a cassação da chapa formada pela ex-presidente Dilma Rousseff e o seu então vice e atual presidente, Michel Temer, sob a acusação de irregularidades no recebimento de doações nas eleições de 2014. A chapa vencedora é acusada de financiar sua campanha com dinheiro público desviado pelo esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato.O pedido de cassação foi protocolado pelo PSDB, o rival na eleição e principal partido de oposição, logo após a reeleição de Dilma, em outubro de 2014.

Desde então, a ação teve dificuldades de seguir adiante, principalmente devido à falta de provas. Em outubro de 2015, o processo foi reaberto e, um ano depois, ganhou velocidade com o novo relator, o ministro Herman Benjamin.

Nos últimos meses, o TSE vem colhendo documentos para decidir se há provas suficientes para seguir em frente com o processo. Esta será a primeira vez que o TSE decide se vai ou não cassar o mandato de um presidente.

Como andam as investigações?

Resultado de imagem para chapa Dilma-TemerEm dezembro deste ano, peritos do TSE encontraram novos indícios de fraude e desvio de recursos ao analisar o sigilo bancário das gráficas VTPB Serviços Gráficos e Mídia Exterior Ltda., Focal Confecção e Comunicação Visual Ltda. e Rede Seg Gráfica Eireli, contratadas como prestadoras de serviços para a campanha de Dilma e Temer.

Nesta terça-feira (27/12), a Polícia Federal realizou operações de busca e apreensão em 20 endereços espalhados pelos estados de São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina. A operação investiga se as gráficas realmente tinham capacidade para prestar os serviços declarados.

Cenário de fraudes

A chapa Dilma-Temer pode ser cassada mesmo se não forem comprovadas irregularidades na prestação de serviços das gráficas. Segundo o jurista Fernando Neisser, da Associação Brasileira de Direito Eleitoral e Político, ao longo desta fase de análise de documentos, que antecede o julgamento, a acusação vem tentando reunir indícios de que houve um “cenário de fraudes”.

Isso significa que a estratégia da acusação não depende apenas da comprovação de fatos isolados de corrupção. “Provas de abusos políticos e econômicos menores, que provem que o cenário da campanha foi, como um todo, fraudulento, são suficientes para uma condenação”, afirma o jurista.

Além das irregularidades na prestação de serviço das gráficas, há outras acusações contra a chapa Dilma-Temer, como supostos pagamentos de propinas disfarçados de doações de campanha.

Separação de julgamentos

Um detalhe que reforça o tom de ineditismo deste processo é que a defesa de Temer quer que o balanço das contas criadas para arrecadações de campanha seja julgado separadamente. Como são contas distintas, Temer quer que elas sejam desvinculadas, pois, no caso da condenação de Dilma, ele escaparia da cassação.

Em casos como este, o TSE costuma julgar a chapa por entender que, embora as contas sejam separadas, tanto o candidato principal como o vice são beneficiados pela eleição.

“Se fica provado que uma chapa cometeu abusos na campanha e, por meio desses abusos, chegou ao poder, faz sentido que os dois percam os mandatos. Afinal, o vice chegou ao cargo graças à eleição da chapa”, defende Neisser.

Na visão do jurista, uma possível adesão do TSE ao pedido de Temer resultaria em problemas para as candidaturas futuras. Seguindo essa lógica, os vices passariam a ser considerados potenciais inimigos dos candidatos principais. Eles poderiam coletar provas de fraudes, por exemplo, durante a campanha, e entrar com pedido de cassação logo depois da posse. Em caso de vitória, assumiriam o cargo principal. Essa possibilidade de separação de julgamento também poderia incentivar que candidatos principais cometam fraudes e joguem a culpa nos vices.

A defesa de Dilma quer que a chapa seja julgada em conjunto, seguindo jurisprudência da corte. Embora uma posição contrária à separação seja quase unânime entre os juristas, existe a possibilidade de o TSE aprovar o pedido da defesa de Temer.

O que pode acontecer com Dilma e Temer

O processo do impeachment cassou o mandato de Dilma, mas não seus direitos políticos. Se a Justiça decidir pela cassação da chapa reeleita em 2014, além de ter perdido o mandato, a petista ficará também inelegível. Já Temer perderá o mandato e também ficará inelegível.

Caso o TSE decida cassar a chapa Dilma-Temer em 2017, e essa decisão for confirmada pelo Judiciário, o artigo 81 da Constituição prevê que o Congresso elegerá um novo presidente para cumprir o restante do atual mandato.

Temer já afirmou que, se for condenado, vai recorrer com “recursos e mais recursos” da decisão, mas que “respeitará a decisão final do Judiciário”.

Pode haver eleição direta?

Sim, essa possibilidade existe, segundo alguns juristas. Em parte por causa do grande apoio entre a população, a possibilidade de eleição direta passou a ser cada vez mais debatida nos meios políticos e na imprensa nas últimas semanas. A tese de eleição direta se apoia numa minirreforma eleitoral aprovada em 2015 pelo Congresso Nacional e que determina que haja eleição indireta somente se houver vacância de um cargo público majoritário, por decisão da Justiça Eleitoral, nos últimos seis meses do mandato. Do contrário, eleições diretas devem ser convocadas num prazo de 20 a 40 dias.

Juristas debatem, porém, se essa alteração é constitucional, pois ela parece estar em claro conflito com o artigo 81 da Constituição, que determina a realização de eleição indireta se houver vacância nos últimos dois anos do mandato presidencial. Em maio, o Supremo Tribunal Federal recebeu uma ação de inconstitucionalidade, movida pela procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que argumenta justamente que a minirreforma não pode se sobrepor à Constituição. O julgamento da questão pela corte suprema só deverá acontecer depois de fevereiro, quando acaba o recesso dos juízes.

Um outro caminho para a eleição direta seria a aprovação de uma proposta de emenda constitucional (PEC) que alterasse o artigo 81 da Constituição.

Impactos econômicos e políticos

Para Kai Michael Kenkel, pesquisador associado do Instituto Alemão de Estudos Globais e Regionais (Giga), de Hamburgo, eleições indiretas não trariam estabilidade política para o Brasil. “Pelo contrário, prolongariam a sensação de improviso e caos político.”

Segundo Kenkel, existe uma insatisfação popular geral em relação aos partidos brasileiros. “Essa crise de representatividade não seria solucionada com um presidente eleito pelos parlamentares.”

Na análise do cientista político Jens Borchert, da Universidade de Frankfurt, tanto o impeachment como o pedido de cassação que tramita no TSE mostram que a oposição brasileira não sabe perder. “O PSDB errou lá atrás, ao não aceitar a derrota nas eleições de 2014”, diz Borchert. “Perder faz parte do jogo da democracia. É o que garante a tão necessária alternância de partidos no poder.”

Na leitura do cientista político alemão, a imagem de toda a classe política está prejudicada. “Os políticos, mais uma vez, desrespeitaram a democracia brasileira. Todos saem perdendo.”

Os prejuízos também poderiam alcançar as finanças do país. “Os mercados não gostam de sistemas políticos instáveis”, diz Oliver Stuenkel, professor de relações internacionais da FGV-SP. “Uma nova mudança na presidência poderia provocar desconfiança dos investidores estrangeiros e desmotivar o investimento externo, mas apenas no curto prazo”, afirma.

Leia Mais

Mulher e amante tramaram morte de embaixador da Grécia

A Polícia Civil do Rio confirmou nesta sexta-feira (30) que o corpo encontrado em um carro carbonizado no Arco Metropolitano é do embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis. Os investigadores pediram a prisão da brasileira Françoise Amiridis, viúva do diplomata, e do policial militar Sérgio Gomes Moreira Filho. Segundo a investigação, os dois são suspeitos de participação no homicídio e a principal hipótese é de crime passional. A informação foi dada com exclusividade pela repórter Bette Lucchese no RJTV.

Françoise comunicou na quarta-feira (28) o desaparecimento de Amiridis, de 59 anos. Segundo ela, ele saiu de casa Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na noite de segunda-feira (26), em um carro alugado sem dizer onde ia.

O veículo foi encontrado incendiado no fim da tarde de quinta (29), com um corpo em seu interior. O cadáver está sendo periciado no Instituto Médico Legal de Nova Iguaçu.

Leia Mais

Carlos Eduardo Alves vai a la playa

ceaEm meio de uma cidade em crise com atraso de salários dos servidores, o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves estava passeando solenemente na Praia de Ponta Negra acompanhado do primo Cláudio Porpino.

O motivo da caminhada era escolher um lugar para instalar uma academia para terceira idade para atender banhistas com buchos avantajados.

Os servidores estavam nas agências bancárias procurando saber se os salários tinham sido depositados.

Cláudio Porpino estava praticando stand up.

 

Leia Mais

Expectativa de vida do brasileiro sobe para 75,5 anos

Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil

jorge-celioA expectativa de vida do brasileiro nascido em 2015 é de 75,5 anos, segundo dados divulgados hoje (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O dado foi publicado na edição desta quinta-feira do Diário Oficial da União. A expectativa de vida para brasileiros nascidos em 2014, divulgada no ano passado, era de 75,2 anos.

Os detalhes da pesquisa Tábuas Completas de Mortalidade para o Brasil, inclusive a diferença de expectativa de vida entre os sexos, serão divulgados às 10h pelo IBGE.

As informações são usadas como parâmetro para o fator previdenciário no cálculo das aposentadorias do Regime Geral de Previdência Social.

Leia Mais

Preço do aluguel cai em setembro e volta ao patamar de 2013

Estadão Conteúdo

A crise econômica que afeta o mercado imobiliário fez os valores ofertados de aluguel recuarem ao mesmo patamar registrado há três anos, de acordo com pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) com base nos anúncios do site Zap Imóveis.

O preço anunciado de locação dos imóveis residenciais caiu 0,14% em setembro na comparação com agosto, considerando a média de 11 cidades brasileiras. Com isso, o preço médio do metro quadrado de locação chegou a R$ 30,08, mesmo valor registrado nominalmente no começo de 2013. A queda de 0,14% em setembro, porém, foi mais branda do que em agosto, quando a retração atingiu 0,37%.

Segundo o levantamento, o recuo no acumulado do ano chegou a 2,94%, enquanto a baixa nos últimos 12 meses atingiu 4,28%.

No mês de setembro, seis cidades monitoradas pela pesquisa mostraram quedas nominais no preço anunciado dos aluguéis. A região de Salvador apresentou o maior recuo no mês (-0,81%), seguida por Campinas (-0,46%) e São Paulo (-0,26%).

Entre as cinco regiões que apresentaram aumento nos valores ofertados de locação, as maiores altas foram registradas em Curitiba (0,44%), São Bernardo do Campo (0,34%) e Distrito Federal (0,19%).

A pesquisa também mostrou que a relação entre os valores de locação e os valores dos imóveis – medida que representa a rentabilidade do ativo – ficou em 4,4% em setembro, patamar estável em relação ao mês anterior.

O preço de locação tem sido afetado pelo excesso de imóveis disponíveis para comercialização. Como muitos proprietários não conseguiram efetivar uma venda, decidiram direcionar o imóvel para locação, repassando custos como condomínio, IPTU e manutenção. Além disso, muitos consumidores estão reticentes em fechar negócios devido ao cenário econômico incerto.

Leia Mais

Com muita dor, primo Roberto Carlos cancela show

w43ywqO cantor Roberto Carlos, conhecido como o ‘Rei da Musica’ brasileira, cancelou às pressas a apresentação que faria na noite deste sábado, 03, na cidade de Sorocaba, em São Paulo.  De acordo com informações de bastidores, o cancelamento foi por conta de uma crise no nervo ciático.

Segundo o portal de notícias G1, a apresentação, que seria no Clube União Recreativo Campestre, agora acontecerá em outra data, ainda não prevista.A dor no nervo ciático é um sintoma de um  problema médico que envolve o maior nervo do corpo humano.

O nervo ciático  vai desde a parte posterior do quadril, pegando a parte de  trás da coxa e dos joelhos até alcançar o dedo maior do pé. Com isso, as fortes dores fazem com que a pessoa tenha dificuldades de movimentação. No caso do cantor, o problema dificulta ainda mais a mobilidade, pois ele tem uma das pernas amputadas. Ele perdeu o membro inferior em uma acidente de trem, quando ainda era criança.

 

Leia Mais

Sem coerência: depois de chamar o DEM de ‘golpista’, PDT de Carlos Eduardo Alves recebe o apoio de José Agripino

Carlos Eduardo Alves com Dilma…

Ao declarar apoio ao prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, o senador José Agripino Maia disse durante a convenção do PDT, que é preciso somar para fazer de Natal uma prioridade do Governo Temer.

“Façam sua parte e reelejam Carlos Eduardo, pois em Brasília ele terá apoio de todos os partidos coligados e juntos vamos fazer de Natal uma prioridade do Governo Michel Temer”, disse o senador.

José Agripino Maia elogiou o prefeito destacando que ele tem sintonia com o povo, mas ressaltou que ele vai enfrentar dificuldades. “Serão 45 dias de pancada contra Carlos Eduardo, mas ele terá o tempo de televisão que precisa para se defender”.

José Agripino esqueceu que o prefeito Carlos Eduardo Alves é do PDT e contra o impeachment da presidente Dilma e chama o DEM de “partido de golpista”

…. e Jaja com Carlos Eduardo Alves e não abre.

 

 

Leia Mais

Henrique Alves continua dando muito trabalho à Polícia Federal, diz revista VEJA

 

IMG_1220

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o ex-ministro do Turismo Henrique Alves (PMDB-RN), antecessor de Cunha, tiveram de renunciar recentemente ao cargo que ocupavam pelo mesmo motivo: os dois são acusados de terem contas secretas no exterior. De acordo com a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra os dois peemedebistas, obtida por VEJA, Cunha e Alves, com “comunhão de desígnios e divisão de tarefas, no Brasil e na Suíça”, “ocultaram e dissimularam a origem, a localização, a disposição, a movimentação e a propriedade de valores provenientes diretamente de diversos crimes de corrupção”.

VEJA

Rasgadinho - Henrique Eduardo Alves
Denúncia da Procuradoria-Geral da República detalha repasse de propinas de empreiteira para o ex-ministro Henrique Alves(VEJA.com/VEJA)

Documentos enviados por autoridades suíças revelam que Henrique Alves recebeu propina no exterior, a pedido de Cunha. Os recursos considerados ilícitos foram pagos pela construtora Carioca Engenharia, integrante do consórcio responsável pela execução da obra do Porto de Maravilha, no Rio de Janeiro. Com a anuência do ex-presidente da Câmara, o projeto recebeu 3,5 bilhões de reais do FI-FGTS, fundo administrado pela Caixa que investe o dinheiro do trabalhador em obras de infraestrutura. Em troca do benefício, a empreiteira transferiu dinheiro para as contas bancárias de offshores. Uma delas, a Bellfield, sediada em Cingapura, é ligada a Alves – e recebeu, no fim de 2011, 832 975 francos suíços, o correspondente a 1,6 milhões de reais, em valores da época.

A relação entre Cunha, Alves e a offshore Bellfield ficou ainda mais evidente com a farta documentação enviada pelos investigadores da Suíça às autoridades brasileiras. Para abrir uma conta em nome da empresa, o ex-ministro do Turismo concedeu cópia de seu passaporte e uma carta de recomendação do Banco do Brasil. Num formulário, consta, por exemplo, até o endereço do apartamento funcional da Câmara dos deputados utilizado por Alves – e um manuscrito que revela que a instituição financeira escolhida pelo peemedebista para administrar a sua fortuna foi indicada por Cunha.Rasgadinho - Henrique Eduardo Alves
Documento do banco Merryll Lynch na Suíça (atual Julius Baer) revela que Henrique Alves abriu a sua conta na instituição financeira graças à recomendação de Eduardo Cunha(VEJA.com/VEJA)

Diante da vasta documentação e dos depoimentos de diferentes delatores, a Procuradoria-Geral da República denunciou Henrique Alves e Eduardo Cunha por crimes de corrupção passiva e ocultação de bens.Há ainda outros laços comerciais entre os dois peemedebistas aliados. A Bellfield e a offshore Netherton, ligada a Cunha, ocupam o mesmo endereço em Cingapura – e foram abertas no banco Julius Bär, em Genebra, na Suíça, por meio do escritório Posadas Y Vecino Consultores, do Uruguai, no mesmo dia. Esses e outros indícios reforçam a suspeita dos investigadores de que os dois peemedebistas agiram em conjunto para desviar recursos do FI-FGTS e ocultar esses valores no exterior.

Procurado, o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha disse que não pode comentar a acusação, porque precisa conhecer o conteúdo da denúncia. O advogado Marcelo Leal, que defende o ex-ministro Henrique Alves, afirmou que está absolutamente tranquilo quanto à inocência de seu cliente e que provará isso no curso do processo.

Rasgadinho - Henrique Eduardo Alves

Formulário do banco Meryll Lynch na Suíça (atual Julius Baer) em que consta o nome de Henrique Alves como o proprietário da conta bancária na qual o ex-ministro recebeu dinheiro da Carioca Engenharia(VEJA.com/VEJA)

Leia Mais

Piquenique gigante comemora 90 anos da rainha Elizabeth II

AFP

Londres (AFP) – Apesar de uma incessante chuva, as 500 mesas colocadas ao longo do Mall, a prestigiosa avenida que se estende em frente ao Palácio de Buckingham, eram ocupadas neste domingo para festejar os 90 anos da rainha Elizabeth II, da Inglaterra.

As celebrações do aniversário da rainha terminam hoje, domingo, com este grande piquenique, para 10.000 convidados.

Essa “street party” gigante, a primeira organizada naquela avenida, encerra três dias de cerimônias oficiais pelo aniversário da rainha.

Os convidados pagaram, cada um, 150 libras (US$ 210), que serão destinados a associações de caridade. Podem escolher entre cestas diferentes, com opções vegetarianas, veganas e sem glúten.

No cardápio: entradas, sanduíches e sobremesas elaboradas com produtos 100% britânicos, como carne da Irlanda, agrião de Hampshire e queijo cheddar do País de Gales.

Ao meio-dia, começou a degustação dos 40.000 sanduíches triangulares preparados para a ocasião, sob forte chuva.

Mas ninguém – ou quase ninguém – se queixava do tempo.

“O tempo é um pouco decepcionante”, reconheceu Jall Davies, de 52 anos.

“Mas temos nossas capas de plástico”, fornecidas pelos organizadores, minimizou.

Alguns metros adiante, Andy Moor, de 51, preparava-se para pegar sua cesta de piquenique.

“O espírito britânico é mais forte do que a chuva”, afirmou.

“Aqui, sempre fazemos piqueniques sob a chuva”, ironizou Jane Darley, de 53, bem protegida por sua capa.

‘Here comes the sun’Talvez na tentativa de espantar o tempo ruim, ecoava o velho sucesso “Here comes the Sun”, dos Beatles.

A chuva terminou dando uma trégua no final do dia, um pouco antes de o príncipe William, sua esposa, Catherine, e o príncipe Harry chegarem ao Mall para encontrar e cumprimentar os convidados.

Pouco depois, a rainha Elizabeth II e o príncipe Philip de Edimburgo, de pé em um Range Rover conversível, desceram a avenida, saudando a multidão.

Na tribuna, ao final do Mall, o príncipe William prestou uma homenagem à rainha.

“A rainha é a única chefe de Estado que os líderes mundiais podem se dirigir para ter uma visão de primeira mão do curso da história destas últimas seis décadas”, disse ele, elogiando a “sólida saúde” e o ânimo sempre “perspicaz” de sua avó.

De casaco e chapéu rosas, a rainha colocou seus óculos para pronunciar um curto discurso, o qual concluiu fazendo graça sobre as várias celebrações por seu aniversário de 90 anos.

Nascida em 21 de abril de 1926, a rainha da Inglaterra herdou o costume de celebrar seu aniversário duas vezes: em caráter privado, no dia exato, e oficialmente, no verão, devido às condições climáticas.

Leia Mais

Johan Cruyff morre aos 68 anos

ídolo Johan Cruyff defendendo a camisa da seleção holandesa e na atualidade

Cruyff fumou durante boa parte da vida, mas abandonou o cigarro há 25 anos após ter passado por problemas cardíacos. Na época, ele chegou a passar por uma cirurgia. Considerado um dos maiores jogadores da história do futebol europeu, Cruyff ficou famoso por ter apresentando um futebol revolucionário, pois unia habilidade, grande conhecimento tático e técnico. Comandou a seleção holandesa na Copa de 1974, sendo um dos protagonistas do time que ficou conhecido como “Laranja Mecânica”, que tinha uma estrutura tática inovadora e ficou com o vice-campeonato mundial.

Leia Mais

Deputado Ezequiel solicita a implantação do Projeto Ronda Cidadã em Ceará-Mirim

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza, presidente da Assembleia Legislativa, requereu a implantação do Projeto Ronda Cidadã, no município de Ceará-Mirim, que fica na Região Metropolitana. O requerimento foi encaminhado ao governador Robinson Faria e a secretária de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite Gonçalves.

 “As estatísticas apontam um crescimento significativo da criminalidade na Região Metropolitana. Com o objetivo de conter as ações criminosas, o Governo do Estado implantou o Projeto em Natal e já sinalizou que levará para Parnamirim. Solicito ao governador que implante o Ronda Cidadã também em Ceará-Mirim, município importante que hoje tem mais de 70 mil habitantes”, argumentou Ezequiel.

 De acordo com o presidente da Assembleia, o Ronda Cidadã se destina às ações de polícia comunitária, promovendo abordagens com foco no acolhimento, na inclusão social e na cidadania, sem, contudo, descuidar-se do policiamento repressivo, de forma qualificada. O programa se inspira em experiências que deram certo em outros países, como Colômbia e, mais perto, no estado do Ceará.

Leia Mais

NATAL LUZ EM GRAMADO

 

 

 

 

Terra Bella Viagens e Turismo
R: Claudio Machado, 322 sl.01 Petropolis
Natal – RN CEP: 59012-320
Fones: (84) 3202-5584/ 3081-0706 / 8896-9603/ 8786-8562

ImageProxy

Leia Mais

Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio!!!!

(ANSA) – A Beija-Flor é a campeã do carnaval do Rio de Janeiro deste ano. Homenageando a Guiné Equatorial, um país de 700 mil habitantes situado na África e governado há 35 anos por um ditador, a escola fez um desfile luxuoso e tecnicamente correto.

 

A escola teria recebido R$ 10 milhões do governo guiné-equatoriano para adotar o enredo – nenhuma das partes confirma o valor. O país é um dos maiores produtores de petróleo do continente africano.

 

Só uma autoridade do país homenageado desfilou: Benigno-Pedro Matute Tang, embaixador de Guiné Equatorial no Brasil. Outros integrantes do governo, entre eles o vice-presidente, Teodoro Nguema Obiang Mangue, o Teodorín, filho do presidente, acompanharam o desfile de um camarote particular, de onde Teodorín acenou bastante quando o embaixador passou sobre o carro alegórico.

 

Identificada com enredos sobre a cultura africana, a Beija-Flor usou o enredo para enaltecer aspectos da natureza e da cultura do país homenageado, sem menção ao governo do ditador. Algumas alas tinham coreografias inspiradas em danças africanas. Fonte: Estadão Conteúdo (ANSA)

B-JyFrmCUAA3eaaLink permanente da imagem incorporada

Leia Mais