Sócio e ex-presidente da OAS relatará propina para assessor de Aécio Neves

MARIO CESAR CARVALHO
BELA MEGALE
FOLHA DE SÃO PAULOJosé Aldemário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, em depoimento à CPI da Petrobras no ano passadoO empreiteiro Léo Pinheiro, sócio e ex-presidente da OAS, vai relatar, com base em documentos, que pagou suborno a auxiliares do então governador de Minas Gerais, o hoje senador Aécio Neves (PSDB), durante a construção da Cidade Administrativa.

Trata-se da mais cara obra do tucano nos oito anos em que permaneceu à frente do Estado, entre 2003 e 2010.

O relato de Pinheiro sobre o centro administrativo, um complexo inaugurado em 2010 para abrigar 20 mil funcionários públicos, faz parte do acordo de delação premiada que está sendo negociado com procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato de Curitiba e Brasília. O acordo ainda não foi assinado.

Segundo Pinheiro, a OAS pagou 3% sobre o valor da obra a um dos principais auxiliares de Aécio, Oswaldo Borges da Costa Filho.

Conhecido como Oswaldinho, ele é apontado por tucanos e opositores como o tesoureiro informal de seguidas campanhas de Aécio, entre 2002 e 2014.

Aécio nega com veemência que tenha recebido qualquer recurso ilícito e que tenha havido irregularidades na obra —leia mais a respeito da nota enviada pelo senador mineiro a seguir.

Ele não comentou, no entanto, os relatos de que Oswaldo teria sido seu tesoureiro informal.

Estimada em R$ 500 milhões, a obra da Cidade Administrativa foi orçada em R$ 949 milhões, mas acabou custando R$ 1,26 bilhão, segundo documentos do governo de Minas obtidos pela Folha, mas que a atual administração, do PT, não comenta.

 

Leia Mais

DNIT vai desligar radares em rodovias concedidas

Com informações de Narley Resende

Foto: Jorge Woll/SEIL/DERSem orçamento para manter os equipamentos em funcionamento, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) confirmou que vai desligar, até o final do mês, os mais de 6 mil radares medidores de velocidade em estradas federais concedidas à iniciativa privada. Serão 6600 pontos de fiscalização em rodovias de oito estados (DF, ES, GO, MG, MS, MT, RS e TO) que deixarão de ter a velocidade dos veículos monitoradas até que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), responsável pelas concessões, regulamente a questão.

De acordo com a legislação a manutenção de todos os serviços ligados às vias concedidas são de responsabilidade das concessionárias. A cobrança do pedágio visa, justamente garantir os serviços ligados à qualidade da rodovia e à segurança dos usuários. Porém, como a mesma legislação não confere poder de multa às empresas e nem à ANTT, o DNIT vinha se responsabilizando pela fiscalização eletrônica dos trechos.

Leia Mais

Com medo de não receberem da prefeitura, sanfoneiros de Natal foram puxar o fole em outras terras

CARLOS EDUARDO ALVES FOI COMER MILHO ASSADO NO RIO DE JANEIRO

Sem pagar os músicos que tocaram no Carnaval, e cancelando os festejos juninos da Zona Norte, o prefeito, Carlos Eduardo Alves, também não ficou empolgado com as festas juninas em Natal.

pelo que sabemos ele, como sempre faz em finais de semanas prolongados, pegou o jato e foi assar o milho dele no Rio de Janeiro.

O dinheiro para fazer uma festa popular como são São Pedro, São João e Santo Antônio ele gastou hospedando em hotéis cinco estrelas os escritores do Festival Literário que sempre promoveu para elite natalense.

Os sanfoneiros também resolveram ir para outras cidades com medo de não receberem da prefeitura de Natal.

 

 

 

Leia Mais

Acorda Povo mantém viva a tradição de Peixinhos no São João de Olinda

Costume antigo é, provavelmente, uma das últimas procissões dançantes que ainda existem desde os tempos da colonizaçãoCortejo sai na madrugada desta quinta-feira. Foto: Alexandre L'Omi L'Odò/DivulgaçãoHá mais de 50 anos, o bairro de Peixinhos, em Olinda, tem uma tradição sagrada para festejar o São João, o Acorda Povo. Com grande adesão da comunidade, o evento leva mais de mil pessoas na madrugada do dia 23 a percorrer o bairro tocando tambores, levando as bandeiras de São João, Santo Antônio e São Pedro, além do andor e de símbolos religiosos sincretizados com o Orixá Xangô. O ritual envolve fé, religiosidade e cultura, o ritmo do coco embala o cortejo e se concentra na festa durante toda a madrugada.

Neste ano, a bandeira sai da Rua da Harmonia, local onde funciona um terreiro de Jurema Sagrada, e vai para a Rua do Cajueiro, para a casa de uma das lideranças do bairro. Após a entrega do andor e das bandeiras, haverá uma grande roda de coco.

Acorda Povo
A Bandeira de São João é uma das procissões dançantes mais antigas do Brasil. Organizada pela Igreja Católica, a Bandeira de São João saía nas primeiras horas do dia 23 de junho, após o acender as fogueiras, com uma estrela grande, confeccionada com arame, papel ou plástico colorido, puxando o cortejo, o andor e a bandeira do Santo com a imagem dele ainda criança, que percorria os vilarejos ao som de pequenos grupos musicais. A interação dos escravos africanos ao cortejo proporcionou a introdução de alguns instrumentos de percussão; ocasião em que muitos negros aproveitavam para louvar o Orixá Xangô.

O ritual terminava quando entregavam a imagem de São João na igreja da comunidade. Com o tempo, em razão do grande agito (danças e cantos no interior dos templos), a Igreja Católica proibiu a imagem no seu interior. Essa atitude acabou por dividir o folguedo em duas manifestações: uma religiosa e outra profana.

Leia Mais

Longe das quadrilhas de Brasília, filha de Cunha dançou forró em Patos/PB

Danny (a segunda a partir da direita), como é chamada pelos mais próximos, festeja o São João na casa de Hugo Motta

Pulando a fogueira das investigações da Operação Lava Jato, a publicitária Danielle Dytz da Cunha Doctorovich, filha do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nem lembra do juiz Sérgio Moro, responsável pelos inquéritos contra investigados sem foro privilegiado.

Longe das quadrilhas brasilienses, Danni se diverte há uma semana nos festejos do São João de Patos, considerada a capital do forró do sertão da Paraíba. Ela está hospedada na casa da mãe do deputado Hugo Motta (PMDB-PB), dona Chica Motta, que é prefeita do município.

São João de Patos também reuniu multidões

Danni já foi assessora de marketing de Motta e este é o segundo ano em que passa o São João em Patos. Ela é apontada pelas investigações coordenadas por Moro como uma das beneficiárias da conta em nome da offshore Kopek, aberta secretamente por Cunha na Suíça e alimentada com valores milionários pelo deputado. Segundo os investigadores, o dinheiro tem origem em propinas recebidas pelo pardeplorar a partir do esquema de corrupção descoberto pela Polícia Federal na Petrobras.

 

 

Leia Mais

Depois de se frangalharem mutuamente, Wilma e Rosalba fazem pacto para agaturrarem prefeituras

Wilma e Carlos augusto Rosado, esposo de Rosalba que deseja voltar à Prefeitura de Mossoró

A falta de vergonha na cara das ex-governadoras Rosalba Ciarlini e Wilma de Farias fizeram as duas ferrenhas adversárias se juntarem novamente para conquistarem às prefeituras de Mossoró e Natal.

Sedentas pelo poder, para poderem empregar seus familiares, Rosalba e Wilma que não conseguem viver sem cofre oficial cheio de dinheiro do erário, esqueceram tudo que disseram uma da outra e agora são amiguinhas poderosas.

O povo não está mais aguentando essas jogadas e alianças fisiológicas e oportunistas.

Sem mandatos, elas querem capturarem às prefeituras de Natal e Mossoró.

 

 

Leia Mais

Multidão lotou o Pátio Ana Carrancas no São João de Petrolina

A penúltima noite do São João do Vale em Petrolina, no Sertão pernambucano, nesta quinta-feira (23), lotou o Pátio Ana das Carrancas, onde acontece a festa na cidade. O público aproveitou o feriado da sexta-feira (24) para curtir shows como o de César Menotti & Fabiano, Irah Caldeira e do cantor Leonardo.

Leia Mais

Caruaru junta 100 mil pessoas na noite de São João

No Pátio de Eventos, que é o palco principal do São João de Caruaru, uma turma animada e talentosa comandou a noite do famoso santo junino. A caruaruense Fulô de Mandacaru, Margareth Menezes, Paula Mattos e Forró Santa Dose colocaram 100 mil pessoas, de acordo com a Polícia Militar, para dançar do início ao fim.

Quem abriu a noite no Pátio foi a Banda Fulô de Mandacaru, que há 15 anos está na estrada, mostrando como é que se faz forró de qualidade. Os meninos aproveitaram a noite de São João para gravar o primeiro DVD. Eles estão participando de uma competição musical e falaram durante a coletiva de imprensa sobre a emoção de representar Caruaru no Super Star. “Já temos uma longa estrada na música e é muito bom levar o nome e a tradição de Caruaru para onde vamos”, comentou o sanfoneiro Armandinho, que também aproveitou o momento para pedir o apoio da população: “estamos na final e precisamos demais do voto de cada caruaruense e de todos os que simpatizam com nossa música”, finalizou.

A segunda apresentação ficou por conta da baiana Margareth Menezes, que há seis anos se apresenta no São João de Caruaru. Como em todas as vezes, a cantora valorizou a cultura de Caruaru e de Pernambuco e convidou novamente a Cia de Dança Caruaruense para dançar coco, xaxado, forró, xote. Em pouco mais de uma hora de show, Gonzagão e outros nomes da música brasileira foram lembrados em forma de canção. Marga também interpretou músicas autorais.

“No ano passado tivemos aquele episódio triste da partida do Cristiano Araújo, o que nos deixou obviamente tristes e abalados para a apresentação, mas cantar em Caruaru é tão especial. E este ano pudemos apresentar um show alegre, pra cima”, lembrou Margareth durante a entrevista para a imprensa.

E ninguém estava cansado. O público queria ouvir Paula Mattos, a menina que ficou conhecida após emplacar sucessos na voz dos sertanejos Luan Santana, Henrique e Juliano, Gusttavo Lima e Munhoz e Mariano. “Rosa amarela”, “Quanto tempo falta”, “Pros outros”, “O povo fala”, “Tem que ser agora” e outras canções foram interpretadas no palco. E público cantou em cada uma em coro.

A noite foi finalizada pela banda Forró Santa Dose. Comandada pela cantora Nanara Bello, o grupo trouxe um repertório bem diversificado e apresentou a música de trabalho “Eu amo por dois”, além de alguns sucessos, como “Whisky 12”.

Leia Mais

Voo do Forró é nova atração em Campina Grande

O projeto Avião do Forró no distrito de São José da Mata, em Campina Grande. Novidade na programação do Maior São João do Mundo, o projeto será realizado pelo Clube de Paraquedismo, com apoio total da Prefeitura de Campina Grande.
As pessoas que fizerem a inscrição e o pagamento da taxa vão participar do arraial do Aeroclube com comidas típicas e trios de forró e terão direito a voo panorâmico de trinta minutos, sobrevoando os principais pontos turísticos da cidade e retornando para o local onde a festa continua.

aviao do forroO avião tem capacidade para quatro passageiros.
Em outra aeronave, esta com capacidade para até 20 pessoas, paraquedistas de todo o Brasil e até de outros países farão saltos durante todos estes dias.

Quem não tem experiência também pode participar fazendo a inscrição, passando por um treinamento rápido e efetuando o salto duplo na companhia de um instrutor.
O evento será realizado durante estes dias sempre das 8h até o fim da tarde. A Prefeitura Municipal de Campina Grande vai ornamentar o espaço e oferecer a estrutura necessária para ambientar o local. A articulação para a vinda dos atletas foi feita por meio do Clube de Paraquedismo de Campina Grande.
“Uma das expectativas é que o sanfoneiro Waldonys participe. Ele é piloto e paraquedista e estamos fechando os detalhes para que ele faça um sobrevoo com salto e, em seguida, se apresente tocando e cantando para o público presente”, disse o presidente do Clube, Éder Cunha.
Neste sábado, 18, uma turma de São Paulo faz os primeiros saltos no distrito e as pessoas que fizeram a inscrição para o voo panorâmico para esta data também já farão o voo panorâmico. No hangar, o público será recepcionado com café da manhã típico e forró. As inscrições custam R$ 120 para o voo panorâmico e R$ 550 para os saltos duplos. Elas devem ser feitas pelo site clubeparaquedismocg.com.

Leia Mais

Primo Paulinho da Força é hostilizado durante voo

Passageiros de um voo que partiu de São Paulo em direção a Brasília, na noite de domingo (19), hostilizaram o deputado Paulo Pereira da Silva (SDD-SP), o Paulinho da Força, que estava no voo.

Um dos passageiros se levantou e começou a se dirigir ao deputado como “Paulinho da Farsa”, enquanto outros filmavam. Nos fundos da aeronave, um grupo gritava: “Golpistas, fascistas, não passarão!”

Paulinho da Força permaneceu sentado, com uma revista na mão. Uma aeromoça pediu ao passageiro que estava de pé para que ele se sentasse, para que o voo pudesse prosseguir sem problemas.

Leia Mais

Outra: PF deflagra operação a partir de investigação de avião usado por Eduardo Campos

Do Estadão

A Polícia Federal deflagrou hoje a Operação Turbulência que desarticulou esquema de lavagem de dinheiro em Pernambuco e Goiás e que teria movimentado mais de R$ 600 milhões desde 2010.

O ponto de partida da investigação foi a análise de movimentações financeiras suspeitas detectadas nas contas de algumas empresas envolvidas na aquisição da aeronave que transportava o ex-governador de Pernambuco e então candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, em seu acidente fatal.

A PF constatou que essas empresas eram de fachada, constituídas em nome de “laranjas”, e que realizavam diversas transações entre si e com outras empresas fantasmas, inclusive com algumas firmas investigadas na Operação Lava Jato.

Há suspeita de que parte dos recursos que transitaram nas contas examinadas serviam para pagamento de propina a políticos e formação de “caixa dois” de empreiteiras. O esquema criminoso sob apuração encontrava-se ativo, no mínimo, desde o ano de 2010.

Leia Mais

Bomba: Lava Jato está bem pertinho de Garibaldi Alves e o senador está nervoso

Amigos do senador Garibaldi Alves estão preocupados com o estado emocional dele. O senador que tem seu estado emocional controlado por medicamentos está tremendo e nervoso.

Depois da citação do nome dele e o filho, deputado Walter Alves pelo delator Sérgio Machado afirmando que eles teriam sido beneficiados do esquema montado na Transpetro para supostamente pagar propinas disfarçadas de doação eleitoral, o senador potiguar está irritado e tremendo mais que um Toyota Bandeirantes.

Garibaldi ficou mais nervoso pelo fato de tomar conhecimento que o envolvimento do seu ex-assessor José Wildi com o doleiro Alberto Youssef, estaria sendo investigado pela Polícia Federal.

O jornal Folha de São Paulo, publicou, em abril de 2014, que a MO Consultoria, ligada ao doleiro Alberto Youssef, repassou R$ 20 mil a José Wilde de Oliveira Cabral em 31 de março de 2011. A quebra de sigilo autorizada pela Justiça indica que o dinheiro foi transferido para a conta do assessor do ministro Garibaldi Alves com a identificação “pagamento de fornecedores”. José Wilde nega qualquer irregularidade e diz que se afasta do cargo para se defender.

A confissão de que a empresa não tem atividade de fato foi feita por um empregado do doleiro, Waldomiro de Oliveira, em nome de quem a MO Consultoria está registrada na Junta Comercial de São Paulo. A Folha teve acesso ao depoimento do funcionário, que decidiu colaborar com a PF na tentativa de receber uma pena menor.

Entre 2009 e 2013, a MO movimentou R$ 89,7 milhões. A polícia suspeita que a empresa era usada para repassar propina a funcionários públicos e políticos. Os contratos da suposta consultoria seriam uma forma de as empresas darem uma aparência legal a subornos, segundo suspeita da PF.

Essa mesma empresa recebeu R$ 34,7 milhões de nove fornecedoras da Petrobras – que também é um dos alvos da investigação da PF.

Por meio de nota, José Wilde afirma que nunca teve “qualquer relação profissional” com a MO. “Pelo valor divulgado do pagamento feito a mim, é razoável supor que se trata de remuneração por serviço de assessoria de imprensa que prestei em 2010, com pagamento efetuado no primeiro semestre de 2011”, esclareceu, sem revelar para quem prestou assessoria alegando cláusula de confidencialidade.

Ex-namorada do doleiro Alberto Youssef, a doleira Nelma Kodama deixou a prisão, onde estava há pouco mais de dois anos, após assinar acordo de delação premiada. Segundo comente-se, ela teria revelado ligações que compromete o senador Garibaldi Alves.

Leia Mais

Chrome é o navegador que mais consome a bateria do seu notebook, diz a Microsoft

Por Daniel Junqueira

Qual é o navegador que mais consome a bateria do notebook? Segundo testes feitos pela Microsoft, é o Google Chrome. E o Edge, do Windows 10, é o browser mais eficiente da atualidade.

A Microsoft fez dois testes diferentes para medir o consumo de energia dos principais navegadores do mercado. O primeiro, realizado em um ambiente controlado em um laboratório, media o comportamento dos navegadores enquanto acessava sites comuns frequentados pelas pessoas na internet. O segundo, um pouco mais pesado, mediu quanto tempo cada navegador aguentava fazendo streaming de vídeos em HD.

Os testes foram realizados em quatro Surface Book, da Microsoft, com modo de economia de bateria ativado. Alem de Chrome e Edge, os testes verificaram a eficiência dos navegadores Opera e Firefox.

Leia Mais

Cunha disse que vai dizer que não vai renunciar

O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), diz que não pretende anunciar a sua renúncia do comando da Casa em entrevista prevista para ser realizada nesta terça-feira (21). Em conversa com o jornal O Estado de S. Paulo nesta segunda (20) na véspera do pronunciamento, Cunha considerou como “falta de assunto” as especulações sobre deixar a presidência da Câmara.

Leia Mais