Arquivo da categoria: Babada Cabeluda

Ator que vivia corrupto na TV terá de devolver R$ 340 mil

Conhecido por interpretar o político corrupto João Plenário no humorístico A Praça É Nossa, do SBT, o ator Saulo Pinto Muniz (Saulo Laranjeira), de 62 anos, foi condenado a devolver R$ 341.619,69 aos cofres do governo mineiro. A decisão é do Tribunal de Contas do Estado de Minas(TCE/MG) e se deve a recursos recebidos da lei estadual de incentivo à cultura. A prestação de contas ocorreu só 15 anos depois e com recibos que não teriam ligação com o caso.

O ator, que também é humorista, apresentador de TV e rádio, cantor, narrador e compositor, recebeu em 2001 através do poder público R$ 100 mil, mas o valor a ser ressarcido foi corrigido e acrescido de juros de mora. O valor era para a realização do projeto Arrumação 2000. E a decisão do TCE, unânime, foi proferida pela 1.ª Câmara na sessão de terça, 26, envolvendo o processo instaurado inicialmente pela Secretaria de Estado da Cultura, em dezembro de 2016, quando o artista prestou contas.

O humorista Saulo Laranjeira como João Plenário
O humorista Saulo Laranjeira como João Plenário
Foto: Reprodução do YouTube / Estadão Conteúdo

Segundo o tribunal, Laranjeira só apresentou os recibos “quando da declaração de indisponibilidade de bens” e eles “não correspondiam à execução do objetivo proposto”. O relator do TCE, José Alves Viana, diz que o órgão entendeu que houve “omissão deliberada do dever de prestar contas” e, por isso, o humorista deveria ser “responsabilizado por dano ao erário”.

O Projeto Cultural Arrumação 2000 foi um programa da TV aberta no qual Saulo Laranjeira recebia artistas e apresentava quadros de humor. Sem dinheiro para a produção (R$ 756,9 mil), ele requereu R$ 300 mil, mas foi aprovado o valor de R$ 100 mil, que saiu da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais).

Carreira. Saulo Laranjeira ficou conhecido na TV por seu personagem João Plenário, um deputado sem escrúpulos que odeia pobres e que só quer se dar bem. Outro papel que ele vive é o governador Celso Bonitinho, um corrupto que mesmo na cadeia vive cheio de regalias.

Em setembro de 1990, ele abriu uma produtora em Belo Horizonte que, nos últimos dias, permaneceu a maior parte do tempo fechada. Na quinta, 28, uma funcionária esteve no local e falou que o artista estava em São Paulo e não falaria sobre o problema com o TCE.

O Estado procurou ainda o escritório que faz a contabilidade da produtora, mas foi informado que somente o próprio Laranjeira poderia dar alguma declaração. Recados também foram deixados por e-mail e telefone para o artista, sem que houvesse resposta até a publicação da reportagem.

Bruna Marquezine diz que não gosta de beijar estranhos

Bruna Marquezine foi um dos destaques deste Carnaval 2019. Além de brilhar com look ousado no retorno de Ivete Sangalo à folia baiana, a atriz também causou ao surgir com cabelo loiro em Salvador e quebrar tudo com Ludmilla na Sapucaí. Em entrevista ao canal do Youtube do Stylist Matheus Mazzafera, a artista admitiu que acontece de trocar beijos nos dias de festa, mas ponderou: “Rola, mas eu sou chata. Eu tenho nervoso de ficar com estranho”. Quando assunto foi status na temporada, Marquezine disse que já curtiu tanto sozinha quanto em um relacionamento. “Acho que já passei os dois. Normalmente eu estou solteira, né?”, brincou ela, que nesta quarta-feira (6) participou de feijoada promovida por Sabrina Sato.

Bruna Marquezine no Bloco das Poderosas
Bruna Marquezine no Bloco das Poderosas

Foto: Dilson Silva / AgNews

Anitta diz que beijo em Neymar não foi pra provocar Marquezine

Pelo Carnaval, a atriz ainda viu seu nome em meio a polêmica envolvendo Neymar e Anitta. Musa do Nosso Camarote, ela teria chorado ao reencontrar o ex e ficado incomodada ao vê-lo na companhia da funkeira. No Instagram, um vídeo publicado pelo jornalista Leo Dias, do programa “Fofocalizando”, comprova que a cantora e o jogador trocaram beijos no mesmo espaço que estava Marquezine. Rebatendo críticas na web, a intérprete do hit “Bola Rebola” negou intenção de magoar a global. “Não é só porque as pessoas são famosas e se cruzam nos lugares, que elas são melhores amigas, não. Eu não sou amiga da (Bruna) Marquezine. Conheço. Ela foi no meu trio porque o meu assessor de imprensa é grande amigo dela, então, eles estavam curtindo o Carnaval”, disse. “Não tenho nada contra ela. Não tenho nada contra ninguém. Quando quero provocar alguém eu trabalho para fazer sucesso. Beijar na boca eu beijo por estar a fim mesmo”, completou.

Cantora chegou a negar ter ficado com Neymar: ‘Saí no zero a zero’

Antes das imagens mostrando o beijo dos dois famosos, Anitta comentou em seu Stories que saiu no “zero a zero” neste Carnaval: “Eu não vou deixar de sair com meus amigos. Agora, se vocês vão inventar que eu peguei, que eu deixei de pegar, infelizmente não peguei ninguém. Acabei inclusive com um pouco de raiva, que saí no zero a zero”.

Terra

6 dicas para aproveitar o sexo casual

Pode não estar num relacionamento sério, mas isso não significa que deve ou precisa abdicar da vida sexual.

Sexo casual exclui qualquer tipo de compromisso, sem necessidade de vínculos. Pode ser com um amigo, com uma amiga, com uma pessoa que conheceu num bar, numa festa ou no trabalho e por quem sentiu uma atração imediata.

Pode inclusive ser com a mesma pessoa por um determinado período de tempo e a consciência dos dois lados de que o objetivo desses encontros é ter prazer e nada mais.

“Sexo casual é ótimo quando a mulher está bem com ela mesma, entende as suas necessidades físicas e sexuais e resolve tomar uma atitude para se satisfazer”, afirma a psicóloga e terapeuta familiar e de casal Marina Vasconcellos, em declarações à revista Abril.

A psicóloga e sexóloga Carla Cecarello, do site de encontros casuais C-date, explica que o sexo casual pode ter um papel interessante na vida de uma mulher quando esta termina um namoro ou casamento e não quer de imediato envolver-se numa relação séria.

Descubra as dicas das especialistas para ter o melhor sexo casual da sua vida:

Não crie expectativas

Esta é a regra número um do sexo casual. A ideia é que o encontro renda aquilo a que se propõe: sexo de boa qualidade e orgasmos. Não há obrigação de manter qualquer tipo de contato no dia seguinte ou de manter vínculos no mundo real.

Escolha bem o parceiro ou parceira

Por mais que a intenção seja apenas ter prazer, a verdade é que terá uma experiência íntima com aquela pessoa por algumas horas. Ou seja, é melhor fazer com alguém com quem simpatize e com quem tenha o mínimo de assunto – é importante que seja um momento divertido.

Solte-se e aproveite o momento

“O sexo casual não pode coexistir com uma consciência pesada. A mulher tem que esquecer esse tipo de constrangimento e soltar-se, só assim a relação sexual será prazerosa”, defende Marina.

Peça tudo o que quiser

Não, não se trata do título de um livro erótico. Não que num namoro ou no casamento não possa ser assim, mas num encontro puramente sexual é muito mais fácil dizer tudo aquilo que quer sem medo de qualquer julgamento ou cobranças no dia seguinte.

Certifique-se de que a outra pessoa também entende de que se trata de sexo casual

Se o parceiro ou parceira não estiverem em sintonia e um deles começar a tentar estender o vínculo para além disso, a situação poderá complicar.

Proteja-se

Lembre-se sempre de usar preservativo, seja o sexo casual com um amigo, com uma amiga ou com uma pessoa que acabou de conhecer na festa. O uso de preservativo é indispensável e a única maneira de evitar infecções sexualmente transmissíveis (como HIV, sífilis e gonorreia, entre muitas outras), além de ajudar a prevenir uma gravidez indesejada.

O homem que morreu ao ser atacado por leão que criava no quintal de casa

Um homem morreu ao ser atacado por um dos leões que criava no quintal de casa na cidade de Zechov, no leste da República Tcheca.

Prasek comprou o leão em 2016 e construiu uma jaula para ele no quintal de casa
Prasek comprou o leão em 2016 e construiu uma jaula para ele no quintal de casa

Foto: Zdenek Nemec / MAFRA / Profimedia / BBC News Brasil

Michal Prasek, de 33 anos, era dono de dois leões – um macho de nove anos, autor do ataque, e uma fêmea mais nova -, o que era motivo de preocupação dos vizinhos.

O pai encontrou o corpo do filho dilacerado dentro da jaula na manhã de terça-feira e contou à imprensa local que ela estava trancada por dentro.

Os animais – que viviam em compartimentos separados – foram mortos a tiros pela polícia, que alegou ser a única maneira de recuperar o corpo. De acordo com o site de notícias Novinky.cz, a fêmea estava grávida.

O corpo de Prasek foi levado para autópsia, que vai confirmar a causa da morte.

Polêmica

Prasek adquiriu o primeiro leão em 2016 e, um ano depois, comprou uma leoa pensando na reprodução dos animais. Ele próprio construiu as jaulas no quintal da casa onde morava com a família.

A criação desses animais gerou preocupação por parte dos vizinhos e resultou em uma intervenção fracassada das autoridades, que não encontraram razões legais para forçá-lo a desistir da ideia.

As licenças para construção das jaulas foram negadas e, consequentemente, Prasek foi multado pela criação ilegal de animais.

Mas o embate chegou a um impasse depois que ele se recusou a permitir que entrassem em sua propriedade.

Como não havia instalações alternativas para realocar os leões, tampouco provas de que estavam sendo maltratados, as autoridades não podiam levá-los à força.

 

Desfile da Mangueira ‘ressignifica’ assassinato de Marielle Franco, diz viúva

Viúva de Marielle Franco, Mônica Benício desfilou na última ala da Mangueira, que homenageou a parlamentar assassinada há quase um ano. — Foto: Henrique Coelho/G1Viúva de Marielle Franco, Mônica Benício desfilou na última ala da Mangueira, que homenageou a parlamentar assassinada há quase um ano. — Foto: Henrique Coelho/G1

Por Henrique Coelho, G1 Rio

A viúva da vereadora Marielle Franco, Mônica Benício, saiu emocionada da Sapucaí na manhã desta terça-feira (5). Ela desfilou na última ala da Mangueira, que homenageou a parlamentar no enredo que reverenciou heróis da resistência negros e índios da história do Brasil. Para ela, a homenagem ressignificou o assassinato da ex-mulher.

“Isso só concretiza a ressignificação daquela noite de 14 de março, em que vai completar um ano do assassinato de Marielle sem que o estado brasileiro responda quem mandou matar. Acho que isso é uma resposta de que vai haver luta até a gente ter uma resposta para isso”, finalizou.

Mônica enfatizou ter ficado emocionado com o desfile da verde e rosa, avaliando como “urgente”.

“É uma emoção muito grande, por reconhecer que esse enredo é urgente. E ter a Marielle homenageada ali, saber que ela se tornou uma representação para as meninas negras”, avaliou Mônica. Para ela, o desfile foi uma ressignificação e a certeza da continuidade da luta pelas respostas sobre a morte da ex-vereadora.

Resposta a vereador

Na entrevista ao final do desfile, Mônica Benício disse não ter se incomodado com as declarações do vereador Rodrigo Amorim, que criticou a homenagem da Mangueira, classificando o enredo como “lacrador”.

Amorim é o mesmo vereador que, durante a campanha eleitoral, quebrou uma placa de rua em homenagem à Marielle Franco. O ato foi feito com a ajuda de Daniel Silveira, hoje deputado federal, quando ambos estavam no palanque junto ao hoje governador, Wilson Witzel.

O parlamentar do PSL é mangueirense e, em sua crítica ao enredo da escola, chegou a afirmar que não cantaria o samba da escola por “não ter decorado a letra”.

“Eu não me dou nem ao trabalho de sentir alguma coisa porque hoje ele pôde ver, depois do episódio das placas, mais uma vez, o tamanho que a Marielle tem, coisa que ele jamais terá”, disse Mônica Benício, viúva de Marielle, sobre as falas de Rodrigo.

Bandeiras com o rosto de Marielle Franco no final do desfile da Mangueira — Foto: Rodrigo Gorosito/G1Bandeiras com o rosto de Marielle Franco no final do desfile da Mangueira — Foto: Rodrigo Gorosito/G1

Neymar deixa Sapucaí amparado por amigos

Depois de curtir desfiles em camarotes, Neymar deixa Sapucaí amparado por amigos — Foto: Juliana Maselli/G1
Depois de curtir desfiles em camarotes, Neymar deixa Sapucaí amparado por amigos — Foto: Juliana Maselli/G1

Por Juliana Maselli, G1 Rio

Depois de aproveitar a noite em vários camarotes, Neymar saiu da Sapucaí por volta de 5h desta terça (5) amparado por amigos. Ele deixou a avenida por um saída lateral e entrou num carro que o aguardava, junto com alguns amigos e uma loira.

Ao notar que o jogador estava sendo fotografado, uma das pessoas que o acompanhavam tirou o celular da mão da repórter do G1 e só o devolveu depois que o jogador havia entrado no carro. Antes, ao ser abordado por uma mulher que queria tirar uma foto com ele, o jogador a afastou com a mão.

Neymar deixa a Sapucaí — Foto: Juliana Maselli/G1Neymar deixa a Sapucaí — Foto: Juliana Maselli/G1

Após 35 anos, Globo demite José Mayer, acusado de assédio sexual

José Mayer em A Lei do Amor; contrato do ator com a Globo venceu em dezembro e não foi renovado - João Miguel Jr.TV Globo

DANIEL CASTRO e LUCIANO GUARALDO

O contrato do ator José Mayer com a Globo venceu em dezembro e não foi renovado. Acusado de assediar sexualmente uma figurinista no início de 2017, Mayer estava na geladeira da emissora desde o final da novela A Lei do Amor, na qual interpretou o vilão Tião. É o fim de uma relação iniciada há 35 anos.

Procurada pelo Notícias da TV, a Globo confirmou a informação. “Depois de mais de 35 anos de uma trajetória iniciada na novela ‘Guerra dos Sexos’, em 1983, com participação em mais de 40 obras, entre novelas, séries, minisséries e especiais, a Globo e o ator José Mayer informam o fim da parceria, de comum acordo, no final de 2018”, afirmou a emissora em nota.

Mayer foi denunciado pela assistente de figurino Susllem Tonani, que relatou em março de 2017 que ele teria a assediado durante as gravações de A Lei do Amor. No texto, escrito em primeira pessoa, a profissional de 28 anos disse que o assédio começou oito meses antes, com frases do tipo “Como você é bonita” e “Como você se veste bem”, que logo evoluíram para “Fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho”.

Em fevereiro de 2017, dentro de um camarim dos Estúdios Globo e na frente de duas camareiras, Mayer teria colocado a mão esquerda na genitália de Susllem, que decidiu denunciar a agressão à emissora. Com o fim de seu contrato para trabalhar na produção de A Lei do Amor, Susllem levou seu drama à imprensa.

Sensibilizadas pela situação que a figurinista enfrentou, funcionárias e atrizes da Globo fizeram um protesto na emissora, vestindo uma camiseta com a frase “Mexeu com uma, mexeu com todas”, e com a hashtag #chegadeassédio. Atrizes como Alice Wegmann, Bruna Linzmeyer, Mariana Xavier e Drica Moraes se posicionaram contra o machismo de Mayer em seus perfis nas redes sociais.

Depois de muita pressão, Mayer admitiu que errou em carta que foi lida no Jornal Hoje de 4 de abril daquele ano. Ele pediu desculpas por sua atitude e afirmou que pretendia mudar sua forma de pensar e agir.

“Eu errei. Errei no que fiz, no que falei, e no que pensava. A atitude correta é pedir desculpas. Mas isso só não basta. É preciso um reconhecimento público que faço agora. Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas”, disse no início do texto.

O ator ainda declarou que recebeu educação machista e que aprendeu muito mais sobre respeito após a denúncia vir à tona do que ao longo de seus então 67 anos –hoje, ele tem 69. “A única coisa que posso pedir a Susllem, às minhas colegas e a toda a sociedade é o entendimento deste meu movimento de mudança”, admitiu.

Apesar da coragem em abrir o jogo sobre o ocorrido, Susllem não deu continuidade à denúncia contra o ator na Justiça. Ela alegou no ano passado que foi “extremamente inibida por um delegado” logo após sua denúncia.

Sem perdão
A atitude de José Mayer não foi perdoada pela Globo. A emissora proibiu seus autores e diretores de escalarem o ator para qualquer produção. Aguinaldo Silva tentou emplacá-lo em O Sétimo Guardião duas vezes, sem sucesso. Na primeira, queria dar a ele o papel de Olavo, que ficou com Tony Ramos. Depois, tentou escalá-lo para viver o mendigo Feliciano, que ficou com (Leopoldo Pacheco).

Avião rompe barreira do som em Caicó e o povo quase morre de susto; ouça áudios

Diego Campelo

A Cruzex 2018, simulação aérea de exercícios de guerra envolvendo 12 países e mais de 100 aeronaves no Rio Grande do Norte deu o que falar na Região Seridó no último fim de semana. Na sexta-feira (23), o treinamento aéreo executado na cidade de Caicó-RN tornou-se motivo de pânico após um caça supersônico que fazia manobras em velocidades supersônicas na região ultrapassar a barreira do som. Um estrondo foi ouvido em várias cidades da região e causou o maior rebu nas cidades.

O assunto virou pauta nas esquinas, nos bares, no trabalho e, principalmente, nas redes sociais. Todo mundo ficou especulando o que teria sido aquele som tão alto, tal qual ninguém da região havia ouvido antes. Os áudios que passaram a circular no WhatsApp dão uma dimensão do que a população sentiu.
Fonte: Todo Natalense

A Vida De Michelle Bolsonaro antes e Depois De Jair

primeira-dama não é considerada integrante da administração federal e nem recebe salário. Mas ela costuma ter um papel importante para a sociedade. Tradicionalmente, ela lidera ou participa de campanhas de caridade. No momento, quem ocupa a posição no Brasil é Marcela Temer, casada com o presidente Michel Temer.

Porém, o posto será ocupado por outra mulher no próximo ano. O primeiro turno de votações está marcado para o dia 7 de outubro e tudo indica a que haverá um segundo turno. Então, não sabemos ainda quem será a próxima primeira-dama.

Neste momento, o deputado federal Jair Bolsonaro, de 63 anos, é quem aparece em primeiro lugar nas pesquisas de opinião. Mas você sabe quem é a esposa do candidato que vem liderando as pesquisas presidencial de 2018? Separamos algumas curiosidades sobre a mulher que pode se tornar a primeira-dama do Brasil no próximo ano.

A discreta Michelle

Reprodução/Facebook

Evangélica, mãe, avessa aos holofotes e dona de um estilo simples. Michelle de Paula Firmo Reinaldo é casada no papel desde 2007 com o presidenciável mais polêmico do momento, Jair Bolsonaro. Blindada pelo marido e também muito discreta, ela é pouco vista publicamente. Mas a seguir vamos traçar o perfil desta mulher que pode ocupar o posto de primeira-dama do Brasil a partir do próximo ano.Você vai se surpreender com algumas informações!

Justiça mexicana abre caminho para uso recreativo da maconha

O México deu um passo fundamental para legalizar o uso recreativo da maconha. Nesta quarta-feira, a Suprema Corte de Justiça deu razão aos três autores de uma ação que alegavam a inconstitucionalidade da atual legislação antidrogas.

A decisão se refere especificamente a vários artigos da Lei Geral da Saúde que proíbem a produção, transporte e consumo da cânabis. A decisão do tribunal, a quinta nesse sentido, elimina a proibição para os autores e abre as portas a uma mudança na lei que finalmente autorize o consumo recreativo da maconha no país.