Arquivo da categoria: Notícias/Renato Dantas

Álvaro Dias estranhou-se com Carlos Eduardo Alves

Resultado de imagem para Alvaro Dias e carlos Eduardo Alves

A relação do prefeito de Natal, Álvaro Dias com o candidato a governador Carlos Eduardo Alves não está nada boa.

Segundo uma fonte do Blog do Primo, Álvaro está reagindo com muita força contra a mulher de Carlos Eduardo Alves, Andreia Ramalho que está trabalhando para derrotar seu filho Adjuto Dias que é candidato a deputado estadual.

Andreia está tirando apoios de Adjuto para votar na sua candidata a deputada estadual Nina Sousa..

Ontem, Álvaro Dias deu um murro na mesa, disse nossa fonte, e Carlos Eduardo Alves mandou Andreia se aquietar..

 

Refugiados venezuelanos são agredidos e expulsos de tendas em Roraima

Por Avener Prado e Patrícia Campos Melo | Folhapress

PACARAIMA (RR)  – Pacaraima se transformou em uma zona de conflito entre brasileiros e venezuelanos neste sábado (18), com pedradas, ataques com bombas de gás improvisadas, incineração de pertences de refugiados e vandalização de carros dos moradores locais.

Grupos de brasileiros estão perseguindo refugiados venezuelanos que vivem na cidade de Roraima e queimando seus pertences após um comerciante local ser surrado em uma tentativa de assalto na véspera. Agredidos com pedaços de pau, os refugiados foram expulsos das tendas que ocupavam na região na fronteira do Brasil com a Venezuela.

As autoridades brasileiras no local não intervieram. O Exército, que está em missão humanitária na cidade, informou que não iria agir, mas repudiou, em nota “atos de vandalismo e violência contra qualquer cidadão, independentemente de sua nacionalidade”.

A onda de violência começou a partir de uma manifestação pacífica contra a imigração venezuelana na manhã deste sábado (18) convocada após um comerciante local ser espancado por quatro venezuelanos, segundo a polícia, e ter R$ 23 mil e celulares roubados. Raimundo Nonato está internado no hospital geral de Pacaraima com traumatismo craniano, com quadro estável.

Quando o protesto se dispersou, moradores da cidade passaram a andar em bandos pelas ruas da cidade, cuja zona urbana é pequena, procurando pertences de venezuelanos e queimando. Uma tenda que abrigava venezuelanos foi destruída com um trator. Bombas improvisadas de gás e pedras foram usados como munição contra os refugiados.

Das ruas da cidade, o confronto avançou para a fronteira. Com pedradas, um grupo fez venezuelanos recuarem para dentro de seu território até que membros da guarda venezuelana no local disparassem tiros de advertência para evitar a deterioração da situação.

Mas os venezuelanos passaram a quebrar carros de brasileiros na divisa.

“Quebraram meu carro todinho com paus e pedras, estava com a minha sogra e meus dois filhos passando na fronteira”, disse à Folha de S.Paulo Cledson Vieira, que estava em um Toyota Corolla em Santa Elena de Uairén, onde foi buscar a sogra que passou por uma cirurgia.

“Se não fosse a guarda venezuelana, eles tinham matado a gente”, disse ele, que vive em Boa Vista. Há relatos de 30 brasileiros cercados por venezuelanos no local.

Este não é o primeiro incidente xenófobo no estado. Roraima chegou a receber cerca de 130 mil venezuelanos, que fogem da crise humanitária, econômica e política que assola o país do ditador Nicolás Maduro, onde o desabastecimento é generalizado e a inflação prevista para o ano é de 1.000.000%, segundo o Fundo Monetário Internacional. A maioria se dirigiu para Boa Vista.

Mais da metade dessas pessoas, porém, já teria deixado o país, segundo o governo federal. Outra parcela foi interiorizada para estados como São Paulo e Rio de Janeiro.

Nos últimos dias, o fluxo tem aumentado para uma média de 500 pessoas por dia, diante do agravamento da crise com novas medidas econômicas anunciadas por Caracas e o temor do fechamento da fronteira pelo Brasil. O Exército estima que mais de 2.000 venezuelanos estejam dormindo em barracas improvisadas no local.

A Colômbia já lida com um êxodo de mais de 1 milhão de refugiados venezuelanos em seu território, o que levou Bogotá a solicitar à ONU um enviado especial à região, e o Equador passou a ser também um destino procurado, o que levou Quito a declarar emergência.

O prefeito de Pacaraima, Juliano Torquato (PRB), que estava fora do estado, disse à Folha por telefone que três pessoas foram feridas por balas de borracha disparadas pela polícia.

“A cidade está um caos”, afirmou o padre Jesus Lopez Fernandez de Bobadilla, da igreja de Pacaraima, que serve mais de 1.500 refeições por dia a refugiados venezuelanos.

O governo do estado de Roraima emitiu uma nota afirmando ter enviado reforços para o hospital de Pacaraima e para a polícia. “Mais uma vez, o Governo de Roraima assume, de forma isolada, a manutenção de todos os serviços públicos, sem o apoio do Governo Federal.”

Também voltou a solicitar o fechamento da fronteira: “A solução para a crise migratória só acontecerá quando o Governo Federal entender a necessidade de fechar temporariamente a fronteira, realizar a imediata transferência de imigrantes para outros estados e assumir sua responsabilidade de fazer o controle de segurança fronteiriça e sanitária”.

A governadora de Roraima, Suely Campos (PP), pressiona o governo federal por R$ 180 milhões em ajuda.

A fronteira chegou a ser fechada temporariamente após liminar do juiz Helder Girão Barreto em 5 de agosto, mas a decisão foi derrubada pelo Supremo Tribunal Federal.

O governo estadual também chegou a exigir que os venezuelanos apresentassem passaporte para serem atendidos na cidade, o que restringiria seu acesso a serviços já que a maioria não possui o documento, mas a medida também foi invalidada pelo STF.

Primo xerife quer saber quem é Kadu

Por Robson Pires, em

“O melhor companheiro de chapa que poderia ter escolhido, pela inteligência, integridade e entusiasmo”.

Do candidato a governador Carlos Eduardo Alves ontem em Mossoró elogiando seu vice-candidato a governador Kadu Rosado.

Ei! Quem é Kadu?

É somente uma pergunta.

 

Do Blog do Primo: se o primo xerife Robson Pires não conhece o candidato a vice-governador Kadu Rosado, aqui vai uma foto dele revelando sua principal atividade:

 

Deu impressão que o candidato do Solidariedade foi solidário e mansinho com Carlos Eduardo Alves

Resultado de imagem para Breno queiroga
Kelps e seu candidato a governador, Breno Queiroga considerado mansinho com Carlos Eduardo Alves e agressivo com o governador Robinson Faria

Para quem assistiu o debate promovido pela Band RN, ficou a impressão de um bom e solidário acordo entre os candidatos Breno Queiroga e Carlos Eduardo Alves.

Breno Queiroga tentou várias vezes dar voadoras no pescoço do governador Robinson Faria, ao mesmo tempo que poupou o candidato Carlos Eduardo Alves..

Queiroga levantava a bola para Carlos Eduardo Alves cabecear..

Solidariedade total, foi o que passou o candidato a governador do Solidariedade de Kelps Lima..

Leia também no Blog do Primo: Vereador de Caicó que votar contra cassação de Batata estará dando um recibo que recebeu o R$ 30 mil

Quando um candidato aproveita uma tragédia para fazer proselitismo político e comete ato falho revelando seu lado machista

O candidato a governador Carlos Eduardo Alves mostra com clareza quando um triste e lamentável acontecimento serve apenas para revelar seu proselitismo político e num ato falho mostrar sua tendencia supostamente machista.

No açodamento em querer aparecer diante de uma tragédia que atingiu toda uma família, ceifando tragicamente a vida de um jovem filho amado pelo seu pai, Benes Leocádio e sua mãe Ana Karina, o candidato Carlos Eduardo Alves desconheceu a mãe o jovem falecido e referiu-se apenas ao “ex-prefeito Benes Leocádio quando publicou sua mensagem de condolências no Instagram. . Isso mostra que Carlos Eduardo Alves não mostrou nenhum sentimento pelo também imensurável sofrimento da mãe que foi completamente esquecida na sua mensagem.

Esse ato falho é decorrente de quem faz tudo pensando em voto, para Carlos Alves, o jovem falecido era apenas um filho do “ex-prefeito”, ele não se lembrou que o jovem Benes Filho também tem uma mãe, que certamente está sofrendo tanto quando o pai, seus irmãos e demais familiares.

Carlos Eduardo Alves, pensando sempre em votos, não lembrou-se da família enlutada, lembrou-se apenas do “ex prefeito”.

Ser mãe de um jovem tragicamente assassinado para Carlos Alves é uma coisa secundária, “pesar e orações”, apenas para o pai..

Aqui, o Blog do Primo manifesta nossas condolências e profundo pesar à família do casal Benes e Ana Karina desejando que todos superem essa terrível dor..

Confira a mensagem do candidato em seu instragam:

Patrimônio de Carlos Eduardo Alves cresceu numa média de R$ 100 mil por mês no último mandato de prefeito de Natal

Resultado de imagem para Carlos Eduardo Alves e Fred Queiroz
Carlos Eduardo Alves e seu ex-secretário de Obras, Fred Queiroz, que revelou em sua delação receber propina provenientes das obras de Ponta Negra.

Não é brincadeira, mas, o patrimônio do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, cresceu 76% da eleição de 2016 até agora.

Em agosto de 2016, quando apresentou sua declaração de seus bens para disputar à reeleição para prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves declarou ser proprietário de bens avaliados em R$ 1.994.985,41%, hoje, segundo declaração de bens à Justiça Eleitoral seu patrimônio  é avaliado em R$ 3.522.502,02.

Neste caso, o aumento médio mensal do patrimônio de Carlos Eduardo Alves foi de cerca de R$ 100 mil levando em consideração os meses que permaneceu na Prefeitura de Natal.

 

Áudio: vereador Cícero Martins faz grave denuncia contra o presidente do Tribunal de Justiça

Circula nas redes sociais e grupos de WhatsApp uma conversa telefônica atribuída ao vereador de Natal Cícero Martins e o vereador Daniel de Canguaretama que reclamou do colega de Natal que faz críticas aos vereadores de Canguaretama.

No áudio o vereador Cícero Martins, denuncia que o desembargador Expedito está por trás de uma  “trameia” com vereadores de Canguaretama e que eles estão “gastando “propinas com Expedito”.

Cabe o presidente do TJRN, Expedito Ferreira esclarecer o assunto..

Confira o áudio:

 

Rivelino entra em campo e acaba com jogo em Patu

 No último sábado, em um jogo de uma equipe de Patu contra um equipe de Mossoró, quando o placar marcava um empate de 1 x 1, no primeiro tempo, aconteceu uma enorme confusão que envolveu inclusive o prefeito da cidade Rivelino Câmara que entrou em campo..

Segundo  dirigentes da equipe visitante, Rivelino além de entrar em campo comendo a bola, ainda “ameaçou” os jogadores..

Rivelino é do time de Carlos Eduardo Alves..

Confira áudio e vídeo eniado ao Blog do Primo por Amauri Gambia:

 

Vereador de Caicó que votar contra cassação de Batata estará dando um recibo que recebeu o R$ 30 mil

Resultado de imagem para Batata preso
Prefeito Batata Araújo, preso no Comando da PM em Natal

Já está praticamente consumada à cassação do prefeito de Caicó Batata Araújo.

Não existe mais condições para ele continuar na Prefeitura diante das inúmeras denuncias de crimes praticados.

Á Câmara Municipal se não agir rapidamente será acusada de negligência e estará também suspeita de compactuar com o desmantelo da gestão do Batata.

O vereador que não votar a favor da cassação do prefeito Batata estará dando um recibo que recebeu os R$ 30 mil oferecidos pelo prefeito, é o que dizem pessoas em Caicó..

 

Petrobras anuncia que gasolina nas refinarias terá alta de 0,5% amanhã

Por Nielmar de Oliveira – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro

O litro da gasolina nas refinarias passará a custar R$ 1,9810 a partir desta sexta-feira (17), um aumento de 0,5% em relação ao preço de R$ 1,9711 cobrado hoje.

O reajuste consta da página da Petrobras na internet e indica que o preço do óleo diesel, congelado até o 1º de dezembro, como parte do acordo que levou ao término da greve dos caminhoneiros, continuará em R$ 2,0316, embutindo a subvenção concedida pelo governo quando das negociações com os grevistas.