Arquivo da categoria: Variedades

RN contará com ambulatório estadual de Travestis e Transexuais no Giselda Trigueiro

O AMBULATÓRIO ESTADUAL DE TRAVESTIS E TRANSEXUAIS QUE VAI FUNCIONAR NO HOSPITAL GISELDA TRIGUEIRO. FOTO: DIVULGAÇÃO

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), em parceria com a Secretaria de Estado das Mulheres, Juventude, Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (SEMJIDH), vão inaugurar no final deste mês de janeiro o Ambulatório Estadual de Travestis e Transexuais que vai funcionar no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, com atendimento às segundas-feiras, no turno da tarde, e atenderá as demandas específicas dessa população, como a hormonioterapia e acompanhamento clínico pré-operatório, com a finalidade de garantir a saúde integral para esta população.

O ambulatório atuará com uma equipe multiprofissional formada por médico clínico, psicólogo, enfermeiro e assistente social. Oferecerá ainda os serviços já disponíveis no Hospital Giselda Trigueiro, como ginecologia, urologia, infectologia, proctologia, dermatologia e mastologia.

Nesta quinta-feira (23) a equipe técnica que atuará no ambulatório está sendo capacitada, no auditório do Instituto de Medicina Tropical (IMT), sobre os protocolos de hormonioterapia e as especificidades da saúde desta população. Também participam representantes dos municípios de Natal e Caicó. Amanhã (24) a capacitação será realizada para os profissionais de Mossoró.

No último dia 20 de janeiro, após reunião com as organizações sociais LGBTs foi lançada uma enquete virtual para nomear o ambulatório com uma personalidade do movimento de Travestis e Transexuais do RN que represente a luta histórica desta população na defesa de seus direitos sociais.

Novo alerta: chuvas com “perigo potencial” atingirão 73 cidades do RN

O Instituto Nacional de Meteorologia publicou um novo alerta de chuvas intensas com perigo potencial para 73 cidades do Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (22). O aviso é válido das 10h05 da manhã de hoje (22) às 10h da manhã desta quinta-feira (23).

No alerta é informado que haverá chuvas intensas entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 mm por dia, com ventos intensos entre 40 e 60 km/h e baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Abertas as inscrições para cursos superiores do IFRN; mais de 1400 vagas

A partir desta terça-feira (21) estão abertas as inscrições via Enem para os cursos superiores de graduação do IFRN. De acordo com o Edital nº 41/2019, os candidatos que fizeram o exame em 2019, podem se inscrever até o dia 26 de janeiro pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Além disso, os interessados também poderão se inscrever pelo sítio do IFRN até o dia 28 de janeiro utilizando as notas obtidas nas edições de 2017 a 2019.

Via SiSU

Divulgado pela Coordenação de Acesso Discente (Cadis), o Edital nº 41/2019 oferece 1.278 vagas em diversos campi do IFRN, destinadas ao primeiro semestre letivo de 2020, as inscrições são feitas exclusivamente pelo Portal do SiSU. Os aprovados devem se matricular entre o período de 29 de janeiro a 4 fevereiro, conforme dias e horários estabelecidos pelo Edital.

Via Portal Candidato

Os candidatos que fizeram o Enem entre 2017 e 2019 podem se inscrever pela internet por meio do sítio do IFRN. A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) publicou os editais nº. 01/2020-PROEN/IFRN, referente às graduações de licenciatura e tecnologia, e o nº. 02/2020-PROEN/IFRN, referente à seleção para o Curso Superior de Graduação em Licenciatura em Educação do Campo. Em ambos os casos, o resultado será divulgado no dia 30 de janeiro no Portal do Instituto, enquanto as pré-matrículas acontecem nos dias 3 e 4 de fevereiro.  Para ter mais informações sobre os processos seletivos acompanhe o Portal e as redes sociais do IFRN. Confira as matérias e os editais abaixo:

Graduações via SisU – Edital nº 41/2019

Licenciaturas e Tecnologias – Edital nº. 01/2020-PROEN/IFRN

Licenciatura em Educação do Campo – Edital nº. 02/2020-PROEN/IFRN

Com informações do IFRN

Previsão de chuvas perigosas no RN

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas intensas para 133 municípios do Rio Grande do Norte até esta quarta-feira (22).

De acordo com o Inmet, as chuvas poderão ocorrer com “perigo potencial” e terão entre 20 e 30 milímetros por hora ou até até 50 milímetros por dia. O Instituto também emitiu um alerta de ventos entre 40 a 60 km/h.

Após 6 mil erros no Enem, inscrição no Sisu é prorrogada até domingo

Abraham Weintraub: “O problema basicamente foi na hora da impressão, que a máquina pulou. Então foi um problema com a impressão da prova. Não foi na hora de contabilizar” (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Agência Brasil

São Paulo — O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) estará aberto de terça-feira (21) até domingo, ou seja, por mais dois dias, por causa das falhas ocorridas na correção de algumas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, nesta segunda-feira (20) pela rede social Twitter.

O ministro afirmou que as inconsistências ocorreram em cerca de 6 mil provas dentro das mais de 5 milhões de inscrições feitas para a prova. Segundo o ministro, os problemas foram concentrados em quatro cidades: Alagoinhas, na Bahia, e Ituiutaba, Iturama e Viçosa, em Minas Gerais, no segundo dia de exame.

“O problema basicamente foi na hora da impressão, que a máquina pulou. Então foi um problema com a impressão da prova. Não foi na hora de contabilizar. A pessoa praticamente tem uma nota inteira da segunda prova negativada,” disse Weintraub.

O ministro pediu desculpas pelo ocorrido e garantiu que as inscrições para o Sisu ocorrerão sem problemas. Após o fim do exame, em novembro, o ministro disse que aquela edição do Enem foi “a melhor edição da história”. Desde o início do governo Bolsonaro, o Inep já teve 4 presidentes.

Novas placas de veículos serão obrigatórias a partir de 31 de janeiro

Após sucessivos adiamentos, começa a valer a partir do dia 31 de janeiro a obrigatoriedade de uso da placa do Mercosul em todos os estados do país. O prazo atende ao estipulado na Resolução nº 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de julho do ano passado, que determina que as unidades federativas do país devem utilizar o novo padrão de Placas de Identificação Veicular (PIV).

Desde a decisão pela adoção da placa do Mercosul, a implantação do registro foi adiada seis vezes. A adoção do sistema de placas do Mercosul foi anunciada em 2014 e, inicialmente, deveria ter entrado em vigor em janeiro de 2016. Em razão de disputas judiciais a implantação foi adiada para 2017 e depois, adiada mais uma vez para que os órgãos estaduais de trânsito pudessem se adaptar ao novo modelo e credenciar as fabricantes das placas.

As novas placas já são utilizadas na Argentina e no Uruguai. A previsão é que em breve comecem a valer também no Paraguai e na Venezuela. Dos 26 Estados brasileiros, já aderiram à nova PIV Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia.

Filhas solteiras de ex-deputados e senadores recebem pensões de R$ 35 mil

Um relatório interno do Congresso Nacional mostra que o Legislativo federal paga pensões de até R$ 35 mil reais por mês às filhas solteiras de ex-parlamentares e ex-servidores tanto do Senado Federal quanto da Câmara dos Deputados.

No total, se estima que a casa gasta cerca de R$ 30 milhões por ano com essa despesa, que atende um total de 194 mulheres. O valor anual é comparável com o gasto de construção de 500 casas populares do projeto Minha Casa Minha Vida.

O benefício foi sancionado por Jucelino Kubitschek em 1958, mas já deveria ter sido cortado, após a norma ser derrubada em 1990. Contudo, foi mantido para aqueles que já estavam na folha de pagamento.

Segundo os critérios estabelecidos para se obter o benefício, ele deve ser pago mesmo depois que a filha complete os 21 anos, e só pode ser cortado se ela filha se casar, iniciar uma união estável ou conseguir um emprego público permanente.

No ano de 2016, uma investigação da Corte de Contas encontrou 19 mil casos de pagamentos supostamente indevidos para filhas solteiras, em 121 órgãos da administração pública federal.

Ministro da Educação admite erro na correção de provas do Enem

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou na manhã deste sábado (17) que foram encontradas “inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem do ano passado”, referindo-se ao Exame Nacional do Ensino Médio, de 2019.

Segundo Weintraub, o erro atingiu “alguma coisa como 0,1%” dos candidatos que prestaram o exame. Já Alexandre Lopes, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova, afirma que a falha “não vai chegar nem a 9 mil pessoas”.

G1

Cientistas brasileiros desenvolvem diagnóstico de Alzheimer pela saliva

Por Maria Eduarda Cury

São Paulo – O Alzheimer é uma doença que afeta, atualmente, cerca de 46,8 milhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com o Instituto Alzheimer Brasil. O diagnóstico da doença, hoje em dia, é uma combinação de vários exames e análise de sintomas que podem identificar a condição. No entanto, um novo teste que está sendo desenvolvido por pesquisadores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo(FMRP-USP) permite diagnosticar a doença por meio da saliva, de forma indolor, até 30 anos antes.

Com base em um estudo realizado em 2008, onde foi percebida a presença de substâncias no sangue de pessoas que tinham a doença, o cientista e biotecnólogo Gustavo Alves e sua equipe desenvolveram um teste que utiliza biomarcadores para identificar a doença 30 anos antes dos sintomas começarem a aparecer.

Para isso, basta coletar a saliva do paciente por 13 minutos, utilizando um swab estéril com algodão na ponta. Em entrevista a EXAME, Alves disse que o uso de saliva para diagnóstico é inédito: “A ideia de utilizar a saliva veio porque, até então, a saliva era considerada um líquido sem muita utilidade – não se tinha muita crença de que poderia ser utilizada como método diagnóstico”, comentou Alves.

Inicialmente, o professor de pesquisa do SENAC e sua equipe analisaram a saliva de 54 idosos, com e sem a doença, para identificar as proteínas TAU e Beta amilóide. Os resultados das amostras dos indivíduos com alzheimer foram positivos, o que fez com que a equipe resolvesse realizar mais testes.

Em 2018, eles reuniram 180 pacientes – entre eles, 60 idosos com a doença, 60 idosos sem a doença e 60 jovens sem a doença -, e coletaram sua saliva, para depois colocá-la em processo de centrifugação e viabilizar a identificação das proteínas. Com esses resultados, foi possível identificar que os idosos com a doença continham as proteínas TAU e Beta amilóide em sua saliva, e que os sem o diagnóstico de Alzheimer não as possuíam. “A nossa ideia é facilitar o processo de diagnóstico, principalmente porque essas proteínas começam a se acumular no cérebro da pessoa cerca de 30 anos antes dos sintomas aparecerem”, disse Alves.

Sem investimento estatal ou bolsas de estudo, o projeto, que foi apresentado na Conferência Internacional de Alzheimer em Los Angeles em 2019, atualmente está procurando investidores e financiamento para que possa chegar até a população. Para facilitar o processo, Alves informou que está montando uma startup – que deve começar a funcionar em mais ou menos um mês – para concentrar os avanços e conseguir financiamento.

A intenção, segundo ele, é transformar o produto em uma patente e fazer com que os hospitais comecem a utilizá-lo em cerca de dois anos. Até o momento, não existem remédios ou tratamentos para o Alzheimer, apenas pesquisas para criar remédios efetivos contra a doença.

Radialista curraisnovense vai participar do BBB, diz o Xerife

A seridoense Mara Dias foi selecionada para participar da edição de 2020 do Programa Big Brother Brasil. O anúncio foi feito nas suas Redes Sociais nesta sexta-feira (17), onde a radialista fala da emoção de poder participar do Reality Show que é apresentado na Rede Globo de Televisão. O blogue do Xerife deseja boa sorte a seridoense que já trabalhou numa emissora de rádio de Caicó (RN).

Fonte: Blog do Xerife Robson Pires

 

Primeiro com tela dobrável, Galaxy Fold chega ao Brasil por R$ 13 mil

Por Lucas Agrela

São Paulo – O Galaxy Fold, primeiro smartphone com tela dobrável, chega ao Brasil a partir do dia 22 de janeiro. O dispositivo da sul-coreana Samsung pode ser dobrado ao meio para que a tela de de 7,3 polegadas fica com 4,6 polegadas e possa ser usado com apenas uma das mãos. Vendido nos Estados Unidos por 1.980 dólares, o Fold chega ao mercado brasileiro com preço sugerido de 12.999 reais.

O Fold pode exibir três aplicativos ao mesmo tempo na tela, como e-mail, WhatsApp e um bloco de notas, por exemplo. Mesmo os smartphones com sistema Android com telas maiores só conseguiram mostrar dois apps simultaneamente.

Quando é fechado, o Fold ativa uma segunda tela que fica na parte de trás do produto. Ela é menor, mais estreita, mas permite o uso de qualquer aplicativo.

“O mecanismo de tela dobrável Imita a abertura de um livro ou revista, ou seja, é um movimento ao qual já estamos acostumados”, diz Renato Citrini, gerente sênior de produtos divisão de dispositivos móveis da Samsung Brasil. De acordo com uma pesquisa feita com usuários do Fold no mundo, o número médio de aberturas diárias da tela é 44 vezes.

Samsung Galaxy Fold

Fold: aparelho, quando dobrado, tem tela de 4,6 polegadas

Fold: aparelho, quando dobrado, tem tela de 4,6 polegadas (Lucas Agrela/Site EXAME)

O preço do Fold é mais alto do que os 9.600 reais que a Apple cobra pelo iPhone 11 Pro Max. No entanto, suas especificações técnicas também são superiores. Ele tem, por exemplo, 12 GB de memória RAM, enquanto o produto da Apple tem apenas 4 GB.

Galaxy Fold

Galaxy Fold: Celular pode ser dobrado ao meio

Galaxy Fold: Celular pode ser dobrado ao meio (Lucas Agrela/Site EXAME)

O Fold que chega ao país vem apenas na cor preta e sem compatibilidade com redes 5G — uma vez que país só deve ter redes móveis de alta velocidade em 2022, segundo o governo federal.

Renato Murari de Meireles, analista sênior de mercado da consultoria americana IDC, acredita que o celular com tela dobrável vem de um desejo do consumidor por displays cada vez maiores. “Com a maturidade global do mercado de smartphones, as fabricantes buscam novas tendências tecnológicas para oferecer ao consumidor. O brasileiro está no quarto ou quinto smartphone e ele ficou mais exigente. As empresas entenderam o desejo do consumidor por celulares com telas maiores e atendem isso agora com telas dobráveis. Mas o usuário ainda precisa entender se esse tipo de produto atende mesmo às suas necessidades e se ele tem ou não preço acessível. No terceiro trimestre de 2019, 780 mil smartphones foram vendidos na categoria que chamamos de super premium, o que representa 7% do mercado no mesmo período. Entre o total de mais de 11 milhões, esse é um nicho voltado às classes A e B”, afirma Meireles.

O Galaxy Fold será vendido, inicialmente, apenas no período entre 21h do dia 22 de janeiro e 21h do dia 23 de janeiro no site da Samsung.  Na loja física, nesse período, o consumidor poderá comprar via internet usando um tablet e receberá o produto em casa. Novas datas de vendas podem ser anunciadas na sequência. Quem adquirir o produto terá atendimento técnico personalizado 24 horas serviço de retirada no mesmo dia, por motoboys no Brasil todo. O cliente terá também direito a uma fila expressa em assistência técnica e, em caso de necessidade de reparo, ele receberá um smartphone reserva emprestado.

Por ora, o Fold é o primeiro celular com tela dobrável a chegar ao mercado brasileiro. A Motorola, segunda colocada em número de vendas de celulares (atrás apenas da Samsung) também anunciou que venderia no país o Motorola Razr, com tela dobrável, a partir de janeiro deste ano, mas ainda não há data definida para o lançamento.

Estudo brasileiro contesta uso de maconha no tratamento de dependentes de cocaína

Pesquisa brasileira publicada na revista Drug and Alcohol Dependence contesta o uso recreativo de maconha como estratégia de redução de danos para dependentes de crack e cocaína em reabilitação. Dados do artigo indicam que o consumo da erva piorou o quadro clínico dos pacientes em vez de amenizar, como esperado, a ansiedade e a fissura pela droga aspirada ou fumada em pedra (crack).

O estudo acompanhou um grupo de dependentes por seis meses após a alta da internação voluntária de um mês no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (HC-USP). Os pesquisadores do Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas (GREA) e do Laboratório de Neuroimagem dos Transtornos Neuropsiquiátricos (LIM-21) da Faculdade de Medicina da USP constataram que a maconha prejudica as chamadas funções executivas do sistema nervoso central, relacionadas, entre outras atividades, com a capacidade de controlar impulsos.

“Nosso objetivo é garantir que políticas públicas para usuários de drogas sejam baseadas em evidências científicas. Quando as políticas de redução de danos foram implementadas no Brasil, para usuários de cocaína e crack, não havia comprovação de que seriam benéficas. Os resultados deste estudo descartam completamente essa estratégia para dependentes de cocaína”, disse Paulo Jannuzzi Cunha, autor do artigo.

O professor do Programa de Pós-Graduação em Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP e pesquisador do LIM-21 foi bolsista de pós-doutorado da FAPESP.

Foram incluídos na pesquisa 123 voluntários divididos em três grupos: dependentes de cocaína que fizeram uso recreativo da maconha (63 pessoas), dependentes de cocaína que não consumiram a erva (24) e grupo controle (36), composto por voluntários saudáveis e sem histórico de uso de drogas.

Um mês após receberem alta, 77% dos dependentes de cocaína que fumaram maconha mantiveram a abstinência. Já entre aqueles que não fizeram uso de maconha, 70% não tiveram recaídas.

Mas três meses após a internação a situação se inverteu e a estratégia de redução de danos mostrou-se pouco efetiva. Entre os que não fumaram maconha, 44% permaneceram sem recaídas, enquanto só 35% dos que fizeram uso recreativo da maconha mantiveram-se abstinentes. Ao fim dos seis meses de acompanhamento, permaneceram sem recaídas 24% e 19% dos voluntários, respectivamente, mostrando que os pacientes que usavam maconha acabaram recaindo mais no longo prazo.

“Os resultados desbancam a hipótese de que o uso recreativo de maconha evitaria recaídas e ajudaria na recuperação de dependentes de cocaína. Um quarto daqueles que não fumaram maconha conseguiu controlar o impulso de usar cocaína, enquanto só um quinto não teve recaída entre os que supostamente se beneficiariam da estratégia de redução de danos. O uso pregresso de maconha não traz melhoras de prognóstico no longo prazo, o estudo até sugere o contrário”, disse o psiquiatra Hercílio Pereira de Oliveira Júnior, primeiro autor do artigo.

Continue lendo Estudo brasileiro contesta uso de maconha no tratamento de dependentes de cocaína

Cruz Vermelha pagava propina para até para deputados, diz delatora

Novos trechos da delação premiada da ex-secretária de Administração Livânia Farias, uma das “operadoras” do esquema de corrupção chefiado pelo ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB), revelam mensalão de R$30 a R$50 mil pagos a deputados estaduais, durante o governo. As informações são do Diário do Poder.

Recebiam a propina, segundo a ex-secretária, os deputados Adriano Galdino (PSB), Antônio Mineral (PSB), Branco Mendes (Podemos), Eva Gouveia (PSD), João Gonçalves (Podemos) Lindolfo Pires (Podemos), Márcio Roberto (PMDB) e Tião Gomes (Avante). O mensalão foi pago aos deputados entre os anos de 2013 e 2014.

Livânia contou à força-tarefa da Operação Calvário que o apoio dos parlamentares era obtido por meio do pagamento de propinas oriundas da Cruz Vermelha. Era um mensalão muito semelhante ao dinheiroduto instituído no plano federal pelo então presidente Lula, mentor político de Coutinho.