Agente condenada após parar juiz em blitz no Rio será candidata a vereadora

Gustavo Maia
Do UOL, no Rio

Agente que parou juiz em blitz no Rio foi condenada a pagar indenização de R$ 5.000Há um ano, a agente do Detran do Rio de Janeiro Luciana Silva Tamburini, 35, ganhou notoriedade ao ser condenada pela Justiça fluminense a pagar uma indenização de R$ 5.000, por danos morais, a um juiz que havia sido parado em uma blitz da Lei Seca, em 2011. Na ocasião, João Carlos de Souza Corrêa teve seu carro rebocado por dirigir sem carteira de habilitação e pelo fato de o veículo estar sem placa. Tamburini chegou a receber voz de prisão depois de dizer que Corrêa “era juiz, mas não Deus”, quando o magistrado resistiu ao reboque.

Com a repercussão nacional do caso, conta a agente, surgiram convites para entrar para a política. Ainda envolvida na luta para tentar reverter a decisão em instâncias superiores –o processo atualmente se encontra no STJ (Superior Tribunal de Justiça)–, Luciana aceitou um deles e será candidata a vereadora do Rio nas eleições do ano que vem pelo PTC (Partido Trabalhista Cristão).

Comentários