Difícil entender nossa justiça

Resultado de imagem para fernando freireO ex-governador Fernando Freire passou mais um Carnaval preso, como passou o natal, réveillon, dia dos pais e seus aniversários.

Difícil entender a justiça, Fernando Freire está sendo acusado de beneficiar pessoas com gratificações quando foi vice-governador.

Ele como presidente de um partido no RN disponibilizou gratificações para deputados estaduais, prefeitos, ex-prefeitos e vereadores indicassem os nomes. Se isso for crime é de pequeno potencial, pessoas que cometerem crimes de assalto, tráfico, assassinato estão monitorados por tornozeleiras eletrônicas.

Não precisa entender de direito para saber que Fernando Freire não oferece risco nenhum para sociedade.  Nossa justiça não leva em consideração o que ele e sua família fizeram de bom para o RN, a começar pelo seu pai, senador Jessé Freire, que muito fez pelo RN e pelo Brasil como presidente da Confederação Nacional do Comercio.  Todos sabem que Fernando Freire era um homem milionário, hoje é um homem pobre. Caso receba o benefício de prisão domiciliar ele não tem uma casa para morar. Ele está impedido de exercer cargo público, então sendo solto não poderá cometer ‘crimes’ do qual ele responde, nada justifica sua prisão.

O fato é que a justiça potiguar concedeu prisão domiciliar para um chefe de uma facção criminosa de Alcaçuz que hoje está em seu apartamento e nega ao ex-governador o mesmo regime.

Na justiça nenhum magistrado se lembra que essa prisão não retira a liberdade apenas de Fernando Freire, ela penaliza sua esposa, filhos, netos e os poucos amigos que ele ainda tem.

Deus ilumine nossos magistrados com sensibilidade e razoabilidade para entender Fernando Freire e seu pai Jessé Freire fizeram muito mais bem ao RN que as vinte ou trinta gratificações que ele deu para os deputados e seus correligionários que por sinal estão todos soltos.

Comentários