Dilma não vai falar no 1º de Maio porque não tem o que dizer, afirma Renan

Henrique Alves com Renan

Na véspera do Dia do Trabalho, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), voltou a criticar a presidente Dilma Rousseff (PT). “Não há nada pior do que a paralisia, do que a falta de iniciativa, do que o vazio. Nós fizemos a democracia para deixar as panelas falarem. As panelas precisam se manifestar. Nós precisamos todos ouvir o que as panelas dizem. Certamente a presidente Dilma não vai falar no dia 1º de Maio por que não tem o que dizer. Por isso eu estou proponho um pacto em defesa do emprego”, afirmou Renan em referência ao panelaço que ocorreu no Dia Internacional da Mulher durante o pronunciamento em rádio e TV da presidente.

Ele classificou de “retrocesso” e “coisa ridícula” o governo não ter o que dizer no Dia do Trabalho. A presidente Dilma Rousseff não fará pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV em 1º de Maio. Conforme o governo, ela se manifestará por meio das redes sociais.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.