Eleição do CREA/RN: atual gestão foi condenada na justiça por assédio moral

Resultado de imagem para assédio moralUm fato relevante está sendo levado em consideração na eleição para nove diretoria do CREA/RN, a atual gestão do CREA, que apadrinha a candidatura continuista que pretende continuar controlando o Conselho de Engenharia e Agronomia do RN, foi condenada na Justiça do Trabalho a pagar uma indenização de quase R$ 70 mil a um de seus funcionários sob acusação de assédio moral.
A ação tramitou na Vara do Trabalho de Assu e teve sentença publicada em 2014 e ratificada
após recurso em instâncias superiores.
Para o candidato de oposição nas atuais eleições do CREA RN, José Augusto de Freitas
Rêgo, este é um fato relevante que deve ser avaliado pelos profissionais que vão escolher a futura gestão do Conselho.
“Fica claro que o CREA está passando por um momento complicado. Externamente, os profissionais
reclamam que a entidade virou um lugar arrecadador e burocrático. E, internamente, um servidor acusa a
entidade de infringir a legislação trabalhista. Na nossa visão se faz extremamente necessária uma mudança urgente no núcleo de comando do CREA. Eleger uma candidatura que representa a continuidade do status quo que comanda a entidade é o mesmo que dar uma chancela a tudo que vem acontecendo no CREA”,
reclama o candidato de oposição, José Augusto de Freitas Rêgo.

Comentários