Governos tucanos repassaram R$ 10,1 milhões a empresas de Doria desde 2010

Ricardo Marchesan, Vinicius Konchinski e Leandro Prazeres

Do UOL, em São Paulo e Brasília

Governos tucanos repassaram ao menos R$ 10,1 milhões a empresas do candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, João Doria, entre 2010 e 2016.

Foram pesquisados contratos de empresas de Doria em dez Estados que tiveram governos do PSDB no período. Em quatro deles, houve repasses: Goiás, Mato Grosso, Paraná e São Paulo.

O valor foi levantado a partir de pesquisa nos portais de transparência dos Estados. Pagamentos feitos pelo Estado de São Paulo, governado por Geraldo Alckmin (PSDB), foram apurados pelo jornal “Folha de S.Paulo” por meio da Lei de Acesso à Informação.

Os valores de todos os repasses foram corrigidos pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado).

Doria é dono de oito empresas no Brasil e tem um patrimônio declarado à Justiça eleitoral de R$ 180 milhões. Ele é o maior doador da própria campanha, com um repasse pessoal de R$ 2,9 milhões, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Doria é filiado ao PSDB desde 2001.

Em sua campanha, Doria enfatiza o discurso de não ser um “político”, mas um gestor. É também um crítico do tamanho do Estado.

Comentários