MPF é contra soltar Eduardo Cunha e Henrique Alves

O Ministério Público Federal da 5ª Região emitiu pareceres contrários à concessão de habeas corpus para o ex-ministro Henrique Eduardo Alves e o ex-deputado federal Eduardo Cunha, ambos do PMDB.

Para o MPF, como informou O Globo, a manutenção da prisão preventiva de ambos é necessária para evitar a continuidade de práticas ilícitas e assegurar a efetividade da aplicação das leis penais.

No caso de Henrique Alves, também se quer evitar uma possível fuga para fora do Brasil, já que ele realizou viagens internacionais nos últimos anos e “tem a seu favor a logística necessária para ausentar-se do país”.

No caso de Cunha, o MPF concluiu também que a soltura implicaria em um risco efetivo à ordem pública.

Os dois ex-parlamentares são réus pela prática de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro de forma continuada.

www.oantagonista.com

Comentários