Skip to main content

Policiais Civis não aceitaram pedido de desculpas e querem processar o capitão Styvenson

Presidente do Sinpol, Paulo Macedo

O sindicato que representa os policiais civis e escrivães anunciou ontem que vai acionar o setor jurídico para ingressar com uma ação de danos morais contra Styvenson em decorrência das declarações consideradas difamatórias pelos policiais civis.

Num áudio que foi largamente compartilhado nas redes sociais, Styvenson Valentim diz que tem policial civil e delegado ganhando demais e trabalhando pouco. “Preguiça, preguiça”.

Paulo Macedo, presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol), disse que o pedido de desculpas não foi bem recebido pela categoria. “Pede desculpas com arrogância de sempre”, declarou o sindicalista.

Já a presidente da Associação dos Delegados da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, afirmou que o assunto está sendo tratado entre as instituições e gestores. “Quanto às acusações generalizadas serão apuradas e providências legais adotadas”.

Apesar do Blog do Primo fazer criticas ao comportamento funcional do capitão Styvenson pelo fato dele querer aparecer mais que a própria Lei Seca, reconheço que ele tem sozinho mais prestígio que toda Polícia Civil e os delegados.

Nesta disputa, o capitão ganha de lavagem, a imagem da Polícia Civil junto a sociedade não é boa.

Comentários