Rodrigo Maia quer que o povo pague campanha e vote sem saber quem é o candidato

Maia defende voto em lista pré-ordenada e financiamento público

Daniel Weterman e Francisco Carlos de Assis

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu em coletiva de imprensa a adoção de um sistema eleitoral com voto em lista pré-ordenada e financiamento público. Na entrevista, após uma palestra na capital paulista, Maia disse que o Brasil precisa ter um novo sistema eleitoral nas próximas eleições presidenciais, em 2018.

“Eu espero que a gente possa ter um novo sistema eleitoral para o Brasil em 2018. Pode ser o voto em lista pré-ordenada, pode ser o sistema misto, o modelo Alemão, que tem metade de lista mista e voto distrital. Pode ser o distrital”, afirmou. “Eu defendo e tenho defendido o da lista pré-ordenada pelo financiamento público”, destacou.

Comentários