Tribunal nega habeas corpus e mantém Eduardo Cunha na prisão

Acompanhado por agentes da PF, ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) chega ao IML de CuritibaO Tribunal Regional Federal da 4ª Região indeferiu por unanimidade habeas corpus impetrado pela defesa de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) que pedia que ele saísse da prisão.

A defesa deve recorrer agora ao STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Nesta quarta (30) serão ouvidas em São Bernardo do Campo (SP), por videoconferência, testemunhas de defesa do ex-parlamentar.

Uma delas é o ex-presidente Lula

Comentários