Visita de lobista à Câmara coincide com votação de medidas provisórias

Bruno Araújo (esq.) entrega medalha a Cláudio Melo Filho (centro) no Congresso em 2012RUBENS VALENTE
DE BRASÍLIA

Um levantamento sobre as entradas do delator e ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo Filho na Câmara revela sua presença no local no mesmo dia ou em datas muito próximas ao período em que foram votadas pelo menos quatro medidas provisórias que geraram pagamento de propinas a parlamentares.

Comentários