Governadora Fátima Bezerra participa ato simbólico de entrega da vacina em São Paulo

A governadora Fátima Bezerra (PT), vai participar de um ato simbólico de entrega das vacinas, na segunda-feira 18, em São Paulo, para começar a campanha de vacinação no Rio Grande do Norte. A chefe do Executivo estadual divulgou o convite, feito pelo ministro da Saúde Eduardo Pazuello, nas redes sociais. Na tarde deste domingo, o ministério informou que a vacinação em todo o país deve começar na quarta-feira 20.

 

Facebook Comments
Facebook

Boneco de Bolsonaro sujo de sangue em frente à Anvisa

Sérgio Lima/Poder360

Um ato pró-vacina foi organizado pela Frente Povo Sem Medo em frente à Anvisa na manhã deste domingo (17.jan.2021). A agência realiza sessão em que analisa a liberação emergencial das vacinas CoronaVac e Astrazeneca.

Organizado com apoio do Psol e do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), grupo liderado por Guilherme Boulos (Psol), ex-candidato a prefeito de São Paulo, a manifestação conta com aproximadamente 50 participantes. O número reduzido, segundo os organizadores, se dá para evitar aglomerações.

O ato contou com um boneco do presidente Jair Bolsonaro sujo de sangue, como forma de associa-lo às mortes por coronavírus. As imagens foram rapidamente repercutidas por Boulos em suas redes sociais.

“Hoje tem manifestação do Povo Sem Medo em frente à Anvisa pela liberação imediata da vacina e contra a politização anticiência de Bolsonaro no órgão. Vacina já! Fora Bolsonaro!”

PODER360

Facebook Comments
Facebook

Governo do RN recebe 12 pacientes com covid-19 do Amazonas

O Estado do Rio Grande do Norte recebeu, na madrugada desta segunda-feira (18), 12 pacientes transferidos do Amazonas, a pedido da secretaria de saúde daquele estado. O avião pousou às 2h50 na Base Aérea de Natal (Bant), em Parnamirim. A operação, coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), contou com apoio da Força Aérea Brasileira (FAB), que fez o transporte dos enfermos e da equipe médica, das forças de segurança estaduais e federais, da Samu Natal e RN e também da STTU (Secretaria de Municipal de Mobilidade Urbana). O secretário Cipriano Maia (Sesap) estava presente na chegada do voo e deu as boas-vindas oficialmente aos amazonenses.

“Trata-se de uma operação humanista, de amor ao próximo, de grande relevância para a saúde pública na defesa da vida dos amazonenses, que aqui chegam e que são bem acolhidos para serem atendidos”, declarou. Inicialmente seriam 10 pacientes, mas a secretaria do Amazonas solicitou mais duas vagas à rede estadual hospitalar do RN. Os dois enfermos adicionais foram transferidos para o Hospital Giselda Trigueiro e 10 estão no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), que integra a rede de instituições coordenada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e está recebendo pacientes do Amazonas em diversos estados brasileiros.

“Tudo está preparado para que os pacientes recebam o tratamento da melhor forma possível. Aqui no Rio Grande do Norte, teremos todo apoio tanto da equipe do HUOL como do Giselda e da Sesap para garantir informações aos familiares e o devido apoio à distância com a secretaria de saúde do Amazonas”, afirmou Cipriano. Segundo ele, o RN não corre risco de sofrer com a falta de oxigênio, fato garantido pela empresa que fornece o insumo ao estado.

“Tivemos uma decisão precavida, lá no início da pandemia, de instalarmos tanque de oxigênio em toda rede hospitalar do estado. Só tem um hospital que não tem e já estamos providenciando a instalação. Portanto, não temos risco imediato a não ser que haja problema de grande proporção”, explicou. Mas, mesmo com disponibilidade de leitos e com a chegada da vacina, ele faz um alerta para a população manter os cuidados de prevenção, como uso da máscara, álcool 70º e distanciamento social.

Facebook Comments
Facebook

Alexandre Frota pede cassação de Flávio Bolsonaro

O deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) pediu nessa 2ª feira (4.jan.2021) a cassação do mandato do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). Frota exige que um processo disciplinar seja instaurado contra Flávio e que o senador perca o mandato caso os crimes dos quais é suspeito sejam confirmados.

Flávio é investigado pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) pelo caso que ficou conhecido como “rachadinhas” –esquema que arrecadava parte do salário de funcionários para fins pessoais e políticos. O esquema teria acontecido quando Flávio era deputado estadual na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

No dia 19 de outubro de 2020, o MP apresentou ao TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) uma denúncia contra Flávio e outras 15 pessoas por crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e peculato.

Frota é ex-aliado da família Bolsonaro. No ofício, ele apontou “crimes de improbidade administrativa, peculato e associação criminosa”. Ele ainda disse que Flávio “vem buscando interferir nas investigações” e que pode ter cometido “tráfico de influência”.

Frota procurou o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), mas o procedimento normal é que o pedido seja encaminhado ao CEDP (Conselho de Ética e Decoro Parlamentar) do Senado, presidido pelo senador Jayme Campos (DEM-MT).

A assessoria de Campos informou que ele pediu para a advocacia do Senado a análise do ofício. O mesmo procedimento já tinha sido feito com outro processo que pede a cassação de Flávio Bolsonaro, protocolado em fevereiro de 2020 pelos partidos de oposição PT, Psol e Rede Sustentabilidade.

PODER360

Facebook Comments
Facebook

Democratas pedem ao FBI investigação contra Trump após pressão na Geórgia

Dois integrantes do partido democrata norte-americano pediram nesta 2ª feira (04.jan.2021) que o FBI inicie uma investigação contra o presidente Donald Trump por suposta pressão do republicano para que o secretário Estadual da Geórgia, Brad Raffensperger, “encontrasse” votos a seu favor suficientes para reverter o resultado das eleições presidenciais no Estado. A informação é da “NBC News”

Em carta enviada a Cristoper Wray, diretor do FBI, os democratas Kathleen Rice e Ted Lieu dizem que Trump se envolveu numa conspiração para cometer uma série de crimes eleitorais. “Como membros do Congresso e ex-procuradores, acreditamos que Donald Trump se envolveu na solicitação ou conspiração para cometer uma série de crimes eleitorais. Pedimos a abertura imediata de uma investigação criminal contra o Presidente”, escreveram.

De acordo com reportagem publicada pelo jornal “The Washington Post” no domingo (03.jan), Donald Trump fez uma ligação ao secretário de Estado da Geórgia, o republicano Brad Raffensperger, e pediu para que ele “encontrasse” votos a seu favor. A informação foi divulgada em uma reportagem do jornal “The Washington Post”, que teve acesso à gravação da conversa. Trump perdeu para Joe Biden no Estado por 11.779 votos. Ainda em novembro, foi feita uma recontagem de votos, que confirmou a vitória do democrata no Estado.

O jornal afirma que a ligação durou cerca de uma hora e teria ocorrido no sábado (2.jan.2021). O jornal divulgou que Trump repreendeu o secretário, tentou bajulá-lo, implorou para que ele agisse e o ameaçou citando possíveis consequências criminais se o secretário se recusasse a prosseguir, chegando a dizer que Raffensperger estava assumindo um “grande risco”.

PODER360

Facebook Comments
Facebook

Eduardo Bolsonaro faz visita-surpresa à Casa Branca a convite da filha de Trump

A menos de dois dias da oficialização pelo Congresso da vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais de novembro e a 16 dias de sua posse, alguns dos principais nomes da política externa do governo Jair Bolsonaro emitiram manifestações públicas de estima pelo governo de Donald Trump nesta segunda-feira.

Acompanhado por Nestor Forster, embaixador brasileiro em Washington, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) esteve na Casa Branca na tarde desta segunda-feira, a convite da filha de Donald Trump, Ivanka. A informação foi apurada por Raquel Krähenbühl, correspondente da GloboNews. Segundo ela, além de Forster, Eduardo esteve junto da mulher, Heloísa Bolsonaro e da filha do casal, Geórgia.

O filho do presidente, que preside a Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados e atua como embaixador informal do governo, está de férias. O encontro não tinha sido anunciado antes, e o único registro disponível até agora é um vídeo feito pela própria repórter. Não se sabe se Eduardo Bolsonaro esteve com alguma autoridade americana, mas ele não aparecia na agenda pública de líderes do governo.

Horas antes, o secretário de Estado de Trump, Mike Pompeo, publicou duas mensagens se referindo ao governo Bolsonaro no Twitter. Pompeo fazia uma retrospectiva de seu mandato, referindo-se a ações tomadas em relação a vários países. Quando abordou o Brasil, disse:

“Nosso relacionamento com o Brasil está na maior alta até hoje. Juntos com o governo Jair Bolsonaro, assinamos um novo acordo comercial de três partes, designamos o Brasil como um aliado importante extra-Otan e lançamos o Diálogo da Estrutura Ambiental EUA-Brasil”.

Em outra mensagem, direcionada a Ernesto Araújo, escreveu: “Não há chanceler mais amante da liberdade do que você Ernesto Araújo. Você, eu, a liberdade. O jogo está rolando”.

Pompeo também postou várias fotos de encontros com Araújo, assim como uma imagem de sua vinda à posse de Bolsonaro.

O chanceler brasileiro respondeu horas depois: “Mike Pompeo, sua visão, sua coragem e sua dedicação aos ideais que consideramos mais caros são uma verdadeira bênção. Patriotas americanos e brasileiros estarão lado a lado, aconteça o que acontecer. Sabemos que a liberdade está em jogo no mundo inteiro. O jogo está rolando!”.

O GLOBO

Facebook Comments
Facebook