Morte de Agnelo interfere na sucessão de Caicó e Parnamirim

AGNELO MORREU SEM DIZER QUEM ERA SEU CANDIDATO A PREFEITO DE PARNAMIRIM

O falecimento do deputado estadual, Agnelo Alves mexe com a sucessão municipal de Parnamirim e Caicó.

Em Caicó, Vivaldo Costa certamente seria candidato a prefeito caso continuasse como primeiro-suplente. Agora o quadro deve mudar, Vivaldo vai para a Assembleia e seu candidato deverá ser seu irmão Bibi Costa. O atual presidente da Câmara Municipal está se balançando para ser candidato, mas, não poderá disputar por que está na lista da ficha suja do TCE – Tribunal de Contas do Estado.

Em Parnamirim, o prefeito Mauricio Marques tem mais liberdade para indicar seu candidato que será o secretário de Obras, Naur Ferreira, mas, com um grande problema: Naur, segundo pesquisas é fraco eleitoralmente e Agnelo morreu sem dizer que ele seria o candidato.

Pessoas ligadas a Agnelo afirmam que ele não tinha simpatia por Naur, o nome que o deputado queria era da vice-prefeita, Lucinha.

 

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *