Carlos Eduardo Alves queimou Naur em plena missa de sétimo dia de Agnelo Alves

A dupla da preferencia de Agnelo revelada por Carlos Alves

Constrangimento geral na missa de sétimo dia de Agnelo Alves em celebrada ontem em Parnamirim, primeiro pelo fato do padre ter permitido que a celebração virasse um comício; segundo, por que o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves aproveitou a oportunidade para fazer um discurso politico revelando que seu pai antes de morrer, quando estava entubado, que seu candidato à prefeitura não era Naur Ferreira.

Segundo Carlos Alves, Agnelo sonhava com três nomes para administrar Parnamirim, citando primeiro o nome de sua mãe, Celina Alves que implantou um trabalho social no Município, e do ex-secretário de Habitação de Natal e Parnamirim, Homero Grec e o velho incansável assessor, Jorge Cunha.

O soldado, Vasco que esteve presente, viu que Mauricio e Naur estavam vermelhos e endiabrados.

 

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *