Arquivo mensais:dezembro 2017

Rogério Marinho conseguiu o que queria: vaga com carteira assinada cai ao menor nível em 5 anos

 

Deputado Rogério Marinho e seu parceiro deputado Gustavo da Ponte

LUCAS VETTORAZZO
DO RIO
FLAVIA LIMA

DE SÃO PAULO

Depois da reforma trabalhista relatada pelo deputado potiguar Rogério Marinho (PSDB), o número de empregados com carteira assinada atingiu, em novembro, o menor nível dos últimos cinco anos, mostrou a Pnad Contínua, pesquisa nacional do IBGE, divulgada na sexta (29). Mantem a tendência dos últimos meses, o desemprego segue em queda devido ao aumento da geração de vagas informais, sem a proteção e os benefícios da lei trabalhista.

O contingente de trabalhadores com carteira atingiu 33,2 milhões de pessoas no trimestre encerrado em novembro, o menor nível da série iniciada em 2012. Desde abril de 2015, quando a formalização começou a cair, cerca de 3 milhões de postos com carteira foram perdidos. É como se toda a população do Uruguai ficasse sem trabalho formal.

Em um ano, entre o trimestre encerrado neste novembro e o igual período de 2016, 857 mil pessoas perderam empregos com carteira. Especialistas dizem que em período de crise é comum o aumento da informalidade.

Pelos critérios do IBGE estão na informalidade o trabalhador sem carteira, quem atua por por conta própria (pequenos empreendedores sem empregados), e trabalhadores domésticos não são formalizados pelos patrões. É esse contingente que tem empurrado para baixo as taxas de desemprego.

A cobra vai fumar: general vai emitir ordens, se rebeldes da PM que não obedecerem serão punidos e até presos

O Blog do Primo tomou conhecimento que a “cobra vai fumar” contra os rebeldes da Policia Militar que estão liderando o movimento de paralisação das forças de segurança do RN.

Resultado de imagem para General de Brigada Ridauto Lúcio Fernandes
General Ridalto já sabe o que fazer..

Segundo nossa fonte, depois que o governador transferiu por decreto o controle operacional dos órgãos de segurança do Estado para o General de Brigada Ridalto Lúcio Fernandes, significa que o general passou a ser o comandante em chefe da Policia Militar e Corpo de Bombeiros. Investido na função de comandante, o general Ridalto vai expedir ordens aos seus comandados, aqueles que desobedecerem poderão serem presos e iniciados processos disciplinares e até de expulsão..

Toda área jurídica do Governo do Estado está de sobreaviso para os devidos ingressos de demandas no plantão judicial que hoje (31) e amanhã (1) está sob o exercício do desembargador Claudio Santos.

O governador Robinson Faria ainda tenta negociar com os rebeldes, mas, ele nada poderá fazer para impedir que  general Ridalto adote medidas duras e necessária para manter a disciplina, hierarquia na tropa e a ordem na corporação.

O primeiro passo do general Ridalto foi colocar a tropa nas ruas para garantir a segurança da população, agora no segundo momento, vem  medidas disciplinares junto aos policiais militares e bombeiros rebeldes. Existem agentes da ABIN infiltrados nos grupos de rebeldes e estão passado informações para o general e ministro da Defesa.

Vale salientar que o ministro da defesa Raul Jungmann está em Natal acompanhando e apoiando pessoalmente a operação militar..

Confira o Decreto:

Imagem relacionada

Rosalba é acusada por jornalista que tentar fazer politicagem com as Forças Armadas

Resultado de imagem para Rosalba ciarlini forças armadas
Rosalba: “foi eu…” – a prefeita Rosalba está até fora de Mossoró, foi passar o réveillon noutro estado

O jornalista mossoroense Carlos Santos não poupou palavras para criticar Rosalba Ciarlini de tentar passar uma informação de que teria sido ela a grande e unica responsável pela vinda das Forças Armadas para Mossoró. Rosalba adora fazer essas presepadas, a mais ridícula foi um vídeo simulando uma conversa com uma amiga em Recife dizendo que ela(Rosalba) tinha conseguido um voo da companhia aérea Azul para Mossoró, até hoje, nenhum avião da Azul, da verde ou da vermelho pousou na terra de Santa Luzia. 

Confira o rasgamento do jornalista: 

POR CARLOS SANTOS

Quanta desonestidade. A Prefeitura Municipal de Mossoró espalha notícia através de “release” (matéria oficial) atestando que tropas federais estão em Mossoró graças a pedido feito pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

– As tropas vieram após solicitação  enviada pela prefeita Rosalba Ciarlini ao Governo Federal – diz a matéria da Assessoria de Comunicação da Prefeitura.

Que absurdo. Há quase dez dias o governador Robinson Faria (PSD) formalizara esse pedido à Presidência da República.

A propósito, ele, como chefe do Executivo Estadual, tem essa prerrogativa. Uma Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) não cabe à prefeita, um vereador ou deputado.

Já imaginou se o prefeito Josinaldo Marcos, o “Naldinho” de Tibau, fizesse igual solicitação em face de sua cidade-praia receber público estimado em 70 a 100 mil pessoal nesse réveillon?

Repito: quanta desonestidade. Men-ti-ra deslavada.

É um insulto à inteligência alheia; a crença de que todos são súditos e imbecis, considerando ainda que muitos acreditam, justamente por isso.

É uma falta de respeito com a própria sociedade e reitera a tese de que o governo municipal vive num mundo irreal, baseado em propaganda e faz-de-conta, sem perceber que Mossoró tem cerca de 300 mil habitantes e todos estamos no século XXI.

Com a possibilidade de um inverno vigoroso em 2018, é aguardamos decreto da prefeita determinando que São Pedro abra as “torneiras”. A campanha de marketing está pronta, fomos informados.

Juiz proíbe acampamento do MST perto do TRF-4 para acompanhar julgamento de Lula

Resultado de imagem para Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem TerraO Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra não pode acampar no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho, próximo ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, para acompanhar o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na corte, marcado para 24 de janeiro. A decisão, em caráter liminar, foi tomada pelo juiz Osório Ávila Neto, de plantão na 2ª Vara Federal de Porto Alegre.

A decisão atende a pedido do Ministério Público Federal e, na prática, interdita o parque ao MST até o dia 27 de janeiro – três dias após o julgamento do recurso do ex-presidente, pela 8ª Turma. Os manifestantes, no entanto, poderão circular pelo parque normalmente no período, com exceção das ruas ao redor do prédio do TRF-4. Cabe recurso.

Governo Federal liberou R$ 951 milhões para saneamento em 4 Estados

Por Rafael Bitencourt | Valor

BRASÍLIA  –  O Ministério das Cidades assinou novos contratos de financiamento de obras de saneamento básico em quatros Estados. Ao todo, serão liberados R$ 951,2 milhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os recursos serão repassados às companhias de saneamento dos Estados do Espírito Santo, Pernambuco, Goiás e Rio Grande do Sul para 24 empreendimentos.

Em Pernambuco, a Compesa receberá R$ 312,5 milhões para realizar nove obras. A maior parte dos empreendimentos está voltada para o serviço de abastecimento de água.

A Cesan, do Espírito Santo, será contemplada com o crédito de R$ 63,5 milhões. Os recursos serão aplicados em quatro ações, em especial na área de esgotamento sanitário.

No Rio Grande do Sul, a Corsan receberá R$ 210,5 milhões em financiamento para nove obras em municípios do Estado. A iniciativa envolverá reforço e ampliação de estruturas de esgotamento sanitário e abastecimento de água.

Em Goiás, a Saneago será atendida com o financiamento de R$ 341,3 milhões. Os recursos serão destinados a dois empreendimentos relacionados ao abastecimento de água.

Os 24 contratos de financiamento também serão assinados pela Caixa com as empresas estaduais de saneamento. De acordo com o Ministério das Cidades, essa modalidade atingirá hoje o total de R$ 4,084 bilhões em recursos liberados.

Os recursos estão previstos no programa “Avançar Cidades”, coordenado pela Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco.

Após assédio com gritos de ‘piranha’, dentista terá indenização

Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

A dentista Jéssica Mendes, 29, vai receber R$ 8 mil como indenização após sofrer assédio de um funcionário em um canteiro de obras no Rio de Janeiro.

Jéssica diz ter sofrido com repetidos episódios de assédio sempre que tinha que ir para a academia. Constrangida e irritada com gritos como ‘gostosa’ e ‘piranha’, ela pediu para que o assediador parasse com as ofensas. Em troca, sofreu com ainda mais ameaças, alguma delas de cunho de violência sexual.

A batalha para receber o valor da construtora se arrastou por dois anos. À época das agressões, Jéssica já havia feito boletim de ocorrência. Segundo a imprensa local, a construtora responsável pela obra, a EIT Engenharia S/A, não se pronunciou sobre a decisão da justiça.

Segundo o Datafolha divulgou no último sábado (23), 42% das mulheres brasileiras relatam já ter sofrido assédio sexual. O índice sobe para 45% entre mulheres com até 16 a 24 anos.

Interesses politiqueiros na paralisação da Polícia Militar

Resultado de imagem para Eliabe marques kelps
Eliabe(primeiro da esquerda) misturando política partidária com o dever de proteger o povo dos criminosos e garantir a ordem pública – líderes do Solidariedade estão preocupados com o desgaste que ele está levando ao partido.

Os dois líderes da greve das polícias do RN, o Sub Eliabe e o Coronel Azevedo, que veio de Pernambuco, não estão preocupados com a segurança do RN. Eles não estão sendo policiais, estão fazendo politicagem. Eliabe foi candidato a vereador e perdeu e Azevedo outro se movimenta pra ser candidato a deputado.

O coronel Azevedo tem um histórico de viver no ar condicionado em gabinetes, nunca foi operacional. Para Azevedo  foi dada a chance de fazer história, chegou a ser comandante da PM, mas foi um fracasso,  foi demitido e saiu com sentimento de revanchismo de vingança contra o governador, o comandante em chefe das forças de segurança de quem vive falando mal, raivosamente, em todo lugar.

São insurgentes que quebram princípios básicos da doutrina militar que deveriam preservar, respeitar e defender como fazem os bons policiais.

O problema dos salários é real, mas eles sabem que a solução não é o que estão fazendo. Eles sabem que a população não tem culpa disso. Ao mirar sua raiva e sua tática de autopromoção eleitoreira contra o cidadão potiguar cometem uma grave injustiça contra o povo do RN.

Diante desse comportamento que em nada engrandece eles, certamente serão derrotados na urnas caso sejam candidatos na próxima eleição..

O tempo e o povo mostrará a revolta do povo potiguar que é maior e mais justa..

Resultado de imagem para Coronel azevedo
Coronel da reserva Azevedo retende ser candidato a deputado estadual, mas diante do seu comportamento os partidos estão fechando as portas para ele.