STJ manda prender Carlinhos Cachoeira

Resultado de imagem para Carlinhos cachoeira e esposa
Carlinhos Cachoeira com sua esposa no litoral da Bahia

Por Luísa Martins | Valor

BRASÍLIA  –  O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou a execução da pena do contraventor Carlinhos Cachoeira, condenado pelo 29ª Vara Criminal do Rio de Janeiro a dez anos de prisão por corrupção e fraude a licitações.

O caso diz respeito ao esquema conhecido como escândalo da Loterj (Loteria do Estado do Rio de Janeiro), o primeiro a atingir o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Defiro o pedido de execução provisória da pena de Carlos Augusto de Almeida Ramos e determino o imediato recolhimento à prisão, delegando-se ao Tribunal local a execução dos atos, a quem caberá a expedição de mandado de prisão e guia de recolhimento provisório”, escreveu o ministro Nefi Cordeiro.

Por outro lado, o relator indeferiu a execução definitiva da pena de Diniz porque ainda há recursos judiciais pendentes de avaliação. Os pedidos haviam sido feitos pelo próprio MPF

Facebook Comments
Facebook