Dólar retoma escalada e bate R$ 4,14; Ibovespa cai

Por Lucas Hirata, Victor Aguiar e Daniela Meibak | Valor

SÃO PAULO  –  A trégua no mercado de câmbio durou pouco e o dólar engatou em nova alta firme nesta terça-feira. A escalada da divisa americana volta a refletir os ventos contrários a emergentes, que se intensificam por aqui devido à cautela com a cena política. Na máxima do dia, o dólar subiu para R$ 4,1454, maior nível intradiário desde 21 de janeiro de 2016 quando bateu R$ 4,1723, deixando para trás todo o alívio das últimas sessões.

Por volta das 13h55, o dólar comercial subia 1,23%, a R$ 4,1316. O contrato futuro para setembro, por sua vez, avançava 1,21%, a R$ 4,1330.

Com o salto do dólar por aqui, o real brasileiro tem o terceiro pior desempenho do dia entre as principais divisas globais, melhor apenas que a lira turca e o peso argentino, que perdem quase 2%. Outros emergentes completam a lista das maiores desvalorizações da sessão: peso colombiano, peso mexicano, peso chileno e rublo russo

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *