Bill Gates ataca criptografia de apps como WhatsApp e Facebook

Bill Gates

Marcus Couto

O bilionário Bill Gates tem aparecido envolvido em mais polêmicas do que o de costume nos últimos tempos, em partes graças a seu envolvimento com pesquisas relacionadas a vacinas e ao novo coronavírus. Uma de suas últimas declarações a causar polêmica no mundo da tecnologia foi seu posicionamento anti-criptografia em apps de mensagens, como o WhatsApp.

A criptografia é uma tecnologia que permite que mensagens corram de um dispositivo a outro codificadas, podendo ser lidas apenas em cada uma das pontas. Isso evita que as mensagens sejam interceptadas “no meio do caminho”.
Hoje, graças ao vazamento de agentes como WikiLeaks e Edward Snowden, sabemos que existem programas governamentais constantes de monitoramento da internet, e por isso a importância da criptografia.

Mas há quem critique a tecnologia por ela também “esconder” atividades maliciosas, como o espalhamento de notícias falsas. Esse é o caso de Gates, que vem sendo duramente atingido por teorias da conspiração, que o apontam como um tipo de “inimigo da humanidade” que deseja usar a vacina da covid-19 para instalar rastreadores em humanos. Tudo baseado em histórias falsas, é claro.

Em entrevista à revista Wired, Gates falou:

“Quando você tem essas mensagens criptografadas, não há como saber quem está por trás delas. Eu pessoalmente acredito que o governo não deveria permitir que essas mentiras e fraude ou pornografia infantil [sejam escondidas por criptografia].”

Recentemente, outra iniciativa de Gates caiu no colo dos teóricos da conspiração: o projeto SCoPEx de uma equipe de cientistas de Harvard, que recebeu parte do seu financiamento da fundação de Gates. O experimento busca espalhar minerais na atmosfera para avaliar o possível uso dessa técnica em maior escala para diminuir a absorção de calor da Terra e frear o aquecimento global.

Mas claro que os teóricos da conspiração já começaram a espalhar suas próprias versões (infundadas) da história: de que Gates estaria buscando diminuir a luminosidade da Terra para que isso baixasse a resposta imune das pessoas ao coronavírus. Assim, nessa história mentirosa, ele poderia ganhar mais dinheiro com as vacinas da covid-19.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *