Se fazendo de morto, Carlos Eduardo Alves quer assombrar Álvaro Dias


Analistas políticos garantem que o ex-prefeito de Natal e candidato derrotado duas vezes ao governo do estado Carlos Eduardo Alves está totalmente isolado e politicamente acabado.
O Blog do Primo não concorda. Como dizia o velho líder político Dinarte Mariz, “em política a pessoa só acaba quando morre”.
Realmente, nos dias de hoje, Carlos Eduardo Alves está necrosado, mas no caso do prefeito Álvaro Dias sair candidato a governador, Carlos Alves receberá de volta à Prefeitura de Natal pelo fato da vice-prefeita Aila Cortez ser da família da sua mulher e totalmente ligada a eles.
Controlando à Prefeitura e o PDT, Carlos Alves poderá, mesmo tendo votado em Bolsonaro na eleição passada,  fazer uma aliança com a governadora Fátima Bezerra para disputar o Senado.
Caso Álvaro deixe à Prefeitura para disputar o governo, Carlos Eduardo Alves manda Álvaro se lascar e vai negociar com o PT em decorrência do alinhamento de Ciro Gomes com Lula.
Como diz o doutor cantor: quem acorda defunto, se assombra com ele.

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *