soldado vasco

Henrique Alves também é campeão em multas de trânsito

Segundo a coluna Painel, da Folha, o ministro Henrique Eduardo Alves (Turismo) levou três multas por trafegar acima do limite de velocidade na ponte Newton Navarro, ponto turístico de Natal, apenas neste ano.

O peemedebista também tem outra infração em aberto, por dirigir na contramão.

O soldado Vasco foi informado que o ministro sempre vai muito apresado a praia de Jacumã passando pela ponte Newton Navarro neste Pálio que é um carro mais discreto.

IMG_0741

Leia Mais

Senado pode cortar as asas dos pequenos partidos

O projeto de reforma política que o plenário do Senado deve votar nesta semana reforça o poder dos grandes partidos e dificulta a eleição de parlamentares pelas chamadas legendas “nanicas”. Se aprovada, a proposta deve reduzir a fragmentação do Congresso já nas próximas eleições.

Há três itens no projeto que beneficiam especialmente os partidos com grandes bancadas, como PT, PMDB e PSDB. O principal é o artigo que torna inócuas as coligações nas eleições para deputado. O texto também restringe o acesso de nanicos a debates e reduz seu “valor” nas coligações majoritárias – para prefeito, governador e presidente – ao reduzir suas cotas no tempo de TV do horário eleitoral.

De acordo com a IstoÉ, a proposta oferece a partidos ameaçados de encolhimento a possibilidade de se unir em uma federação, organismo formado por duas legendas ou mais, mas que funcionaria como uma única. As coligações nas eleições para a Câmara são importantes para os “nanicos” porque nem sempre eles obtêm, sozinhos, o quociente eleitoral – número mínimo de votos para eleger um deputado. Alianças com legendas maiores eliminam esse obstáculo, já que quem precisa atingir esse número mínimo de votos é a coligação, ou seja, a soma do resultado eleitoral de todos os seus integrantes.

Leia Mais

Gilmar Mendes diz que Janot não deve atuar como ‘advogado’ de Dilma

MÁRCIO FALCÃO
GUSTAVO URIBE
DE BRASÍLIA

Vice-presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e integrante do STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Gilmar Mendes disse neste domingo (30) àFolha que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deveria se ater mais à instituição e não “atuar como advogado” da presidente Dilma Rousseff.

A declaração é uma resposta ao parecer de Janot pelo arquivamento de um pedido do ministro para investigar uma das empresas fornecedoras da campanha de Dilma.

No parecer, o procurador criticou a “inconveniência” da Justiça e do Ministério Público Eleitoral se tornarem “protagonistas exagerados do espetáculo da democracia”.Sessão de julgamento do Tribunal Superior Eleitoral onde se aprecia o encaminhamento do ministro Gilmar Mendes que aponta indícios na contas de Dilma Rousseff. Ministro Gilmar Mendes fala na reunião.(FOTO Alan Marques/ Folhapress) PODER

O ministro disse estar convicto de que é preciso investigar a empresa. A VTPB Serviços Gráficos e Mídia Exterior Ltda recebeu R$ 22,9 milhões da campanha petista por publicidade e materiais impressos.. “Continuo convencido da necessidade da investigação diante da relevância dos fatos, independente da questão eleitoral”, disse Mendes.

E finalizou: “O procurador deveria se ater a cuidar da Procuradoria Geral da República e procurar não atuar como advogado da presidente Dilma”, afirmou o ministro.

Janot afirma que sua decisão de não apurar a empresa foi técnica. No parecer, o procurador-geral da República afirmou que solicitou informações à gráfica, que enviou notas fiscais de serviços e modelos de santinhos e impressos.

O procurador argumentou que os fatos “não apresentam consistência suficiente para autorizar, com justa causa, a adoção das sempre gravosas providências investigativas criminais”. Sobre as críticas de Mendes, a procuradoria não comentou.

Fonte: Folha

Leia Mais

Janot arquiva ação contra Dilma e faz crítica à Justiça Eleitoral

janot globo

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, concluiu que não há indícios de irregularidade na contratação da gráfica VTPB Serviços Gráficos e Mídia Exterior Ltda. pela campanha da presidenta Dilma Rousseff no ano passado. Em resposta ao pedido feito pelo vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, para investigar as contas de campanha de Dilma, Janot destacou o que chamou de “inconveniência” da Justiça Eleitoral e do Ministério Público Eleitoral de se tornarem “protagonistas exagerados” da democracia.

Na análise do pedido, o procurador-geral citou ainda a possibilidade de uma “judicialização extremada” do processo político eleitoral e destacou que a democracia deve ter como atores principais candidatos e eleitores. As declarações de Janot constam em despacho, datado de 13 de agosto, a favor do arquivamento do pedido feito por Gilmar Mendes. Segundo o texto, os fatos apontados pelo vice-presidente do TSE não apresentam “consistência suficiente para autorizar, com justa causa, a adoção das sempre gravosas providências investigativas criminais”

Leia Mais

Deputado Rogério Marinho (Saco Preto) é um dos investigados pelo Supremo Tribunal Federal, diz o site Congresso em Foco

Rogério foi da turma de secretários de Rosalba

Dando continuidade à série de reportagens sobre as acusações criminais contra os parlamentares da legislatura iniciada em 1º fevereiro, publicamos hoje a lista dos mais de 130 deputados que no dia 19 de agosto respondiam a inquéritos ou ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF).

Isso significa que cerca de 26% dos deputados são suspeitos de participação em crimes. No Senado, o índice já se aproxima de 40%. Dois fatos podem explicar a diferença. O primeiro é que, provavelmente, o Supremo – foro exclusivo para julgamento de conduta criminosa de senadores e deputados federais – não recebeu ainda todos os processos que tramitavam nos estados contra parlamentares que estrearam no Congresso neste ano. O segundo é que o tempo acumulado por alguns deputados na atividade política não foi suficiente para a identificação de eventuais ilícitos por parte de um sistema flagrantemente ineficaz tanto para denunciar quanto para julgar políticos pegos com a mão na botija.

Basta dizer que, dos mais de 500 congressistas acusados de atos criminosos desde a promulgação da Constituição de 1988, somente 16 foram condenados e apenas oito chegaram a cumprir a pena. Em muitos casos, os processos simplesmente prescreveram sem que os ministros do STF tivessem julgado o comportamento dos réus.

Assim como havia sido feito com os senadores, todos os deputados listados foram procurados. As explicações daqueles que deram retorno aparecem, na relação abaixo, juntamente com a indicação dos números das ações ou inquéritos em tramitação no STF e a natureza dos crimes atribuídos aos acusados.

Rogério Marinho (PSDB-RN)  Investigado nos inquéritos 3386 e 4008 por falsidade ideológica, crimes eleitorais e contra a ordem tributária.

 

Leia Mais

Ministro da Justiça é vaiado e xingado na av. Paulista, em São Paulo

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, foi cercado e xingado na avenida Paulista, na região central de São Paulo, na manhã deste domingo (30).

Ele fazia uma caminhada, hábito que mantém nos finais de semana. Cardozo estava com um amigo, o advogado Marco Aurélio de Carvalho, que estava com uma camisa vermelha e chegou a ser empurrado pelos manifestantes.

Os dois passaram perto do boneco inflável de Lula que está fazendo um “tour” pela cidade e é exibido na Paulista.

Cardozo, que estava sem seguranças, decidiu atravessar a rua para evitar a manifestação, Mas foi visto por um grupo de manifestantes que correram em direção a ele e passaram a protestar com gritos de “Fora, PT”, “Fora, Dilma” e “Pega ladrão”.

Alguns gritavam palavrões.

Ele então caminhou até a livraria Cultura, seu destino final. Lá, acabou conversando com outros manifestantes que acusavam o governo de ter fraudado as eleições e que criticavam a gestão da presidente Dilma Rousseff.

A segurança dele foi acionada.

O ministro debateu com algumas das pessoas presentes e acabou abraçado por alguns manifestantes.

Cardozo afirmou que as manifestações são positivas, embora ele discorde da pauta. “Democracia é divergência. Oque não pode é xingar, ofender pessoalmente, que foi o que alguns fizeram”, disse.

Uma pessoa que estava na livraria saiu em defesa de Cardozo, mas cobrou o ministro. “Tem muita gente contra esse grupo [pró-impeachment], mas fica difícil defender um governo que corta direitos do povo”, disse Gabriel, que se identificou como jornalista e não informou o sobrenome.

O ministro disse que “o governo está trabalhando para que não precise cortar direitos”.

 

Leia Mais

Casal encontra cofre com US$ 50 mil ao reformar cozinha

Um casal de americanos afirma ter descoberto um cofre com aproximadamente US$ 50 mil, cerca de R$ 178 mil, enquanto faziam uma reforma no cômodo da casa onde vivem

Segundo informações do Mirror, o casal Eddie e Angie, de Phoenix (EUA), publicaram fotos da descoberta e contaram a história no Imgur. Os dois não revelaram seus sobrenomes para preservar a identidade.

Angie conta que só conseguiram abrir o cofre após se lembrarem que, na época em que se mudaram, haviam achado um código de segurança na parte de trás de um armário de remédios.

“Durante a demolição, encontramos o cofre no chão. Parecia ter 10 ou 20 anos”, descreve Angie. “Que eu saiba, a nossa casa teve seis proprietários. Nós olhamos incrédulos. O tempo parou”.

Além da alta quantia em notas de cem dólares, eles ainda encontraram um livro, com uma espécie de mapa do tesouro, uma garrafa de uísque datada de 1960 e uma cartela de bingo com três números assinalados.

Para completar o mistério, um livro intitulado “Um Guia para os Perplexos”, escrito por EF Schumacher e publicado em 1977, também estava em meio aos itens.

Marcando a primeira página, a foto de um homem identificado como Gregory Peck. Atrás do retrato, um bilhete: “Alan, eu tenho um livro que você deve ler. Eu sublinhei algumas passagens-chave. Seu amigo, Vincent”.

Leia Mais

Lula nega ter feito lobby para a Odebrecht e aponta ‘má-fé’ e ‘ignorância’

POR CONGRESSO EM FOCO

O ex-presidente Lula negou ter intermediado negócios da empreiteira Odebrecht financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em Cuba. Em nota divulgada pelo Instituto Lula, o ex-presidente afirmou que sempre teve conduta “rigorosamente correta” nos contatos que manteve com autoridades cubanas e empresariais brasileiras.

No texto, Lula acusa a revista Época de “má-fé” e “ignorância” por sustentar, em reportagem publicada neste fim de semana, que ele atuou como lobista da Odebrecht ao intermediar a liberação de um financiamento do BNDES para obras de infraestrutura do governo cubano a serem tocadas pela empreiteira brasileira. Segundo o petista, há uma tentativa de criminalizar os serviços que ele presta ao país.

De acordo com a revista, correspondências diplomáticas às quais a publicação teve acesso indicam que o ex-presidente discutia detalhes de negócios da Odebrecht em Cuba com autoridades brasileiras e cubanas. Segundo Época, Lula usou o nome da presidente Dilma em suas conversas sobre o assunto. Após a reportagem, a oposição anunciou que vai apresentar requerimento para convocar o ex-presidente na CPI do BNDES.

Lula afirma que houve “manipulação criminosa de documentos oficiais” para atribuir a ele condutas ilícitas que jamais adotou.

“A presença de um representante diplomático do Brasil numa reunião do ex-presidente com dirigentes de empresa brasileira demonstra que nada de ilícito foi ou poderia ter sido tratado naquele encontro. O mesmo se aplica ao relato, para o citado diplomata, da conversa de Lula com Raul Castro sobre o financiamento de exportações brasileiras para Cuba”, rebateu o ex-presidente.

Leia Mais

Neurologista e escritor Oliver Sacks morre de câncer aos 82 anos

Oliver Sacks empalestra em SP
Oliver Sacks palestrando em SP

Oliver Sacks, neurologista e autor de livros como “Um Antropólogo em Marte”, morreu neste domingo em sua casa em Nova York, aos 82 anos, de câncer, de acordo com o jornal “The New York Times”.

Sacks ficou conhecido por livros de divulgação científica nos quais tratou de problemas neurológicos com base em casos reais de seus pacientes. Em um deles, por exemplo, contou a história de um operador de rádio que sofria de amnésia e viveu “preso” em 1945 durante três décadas.

Já em “O Homem que Confundiu sua Mulher com um Chapéu”, Sacks relata distúrbios causados por falta e excesso da atividade cerebral, incluindo o caso de um homem com agnosia visual, que dá título à obra. Seus livros venderam mais de um milhão de exemplares nos Estados Unidos.

Em fevereiro, Sacks publicou um artigo relatando que tinha um câncer em estágio terminal e como queria viver seus últimos meses de vida.

“Um mês atrás, eu me sentia gozando de boa saúde. Aos 81, ainda nado 1.600 metros por dia. Mas minha sorte se esgotou —há algumas semanas, soube que tinha múltiplas metástases no fígado”, escreveu.

O cientista teve câncer no olho em 2006, que foi curado à época. Nove anos depois, a doença voltou, tomou um terço de seu fígado e se espalhou para outros órgãos, o que tornou inócuo um novo tratamento.

“Não posso fingir não ter medo. Mas o sentimento que predomina em mim é a gratidão. Eu amei e fui amado; tive muito e dei muito em troca; eu li, e viajei, e pensei, e escrevi”, disse no artigo, sobre seus planos para os últimos meses de vida.

Leia Mais

Ceasa distribui Cesta Solidária no projeto Vila Cidadã em Mãe Luíza

Julianne e Robinson com Theodorico Neto

As Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa) participa no próximo sábado (29) do projeto Vila Cidadã, no bairro de Mãe Luiza. Por meio do programa social Cesta Solidária (antigo Mesa da Solidariedade), a Ceasa vai distribuir cestas com hortifrútis, kits que são entregues regularmente a famílias em situação de vulnerabilidade social e instituições cadastradas no programa.

O Vila Cidadã é uma iniciativa do Governo do Estado, através da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), e tem como objetivo promover cidadania, lazer, educação e serviços para os bairros mais carentes de Natal. Trata-se de uma ação integrada entre as diversas secretarias do Estado, em parceria com o projeto Transformando Destinos e Ronda Cidadã.  “Diante de um projeto tão importante como o Vila Cidadã, nós não poderíamos ficar de fora, sendo assim, abraçamos a ideia e levaremos as cestas para contribuírem com o projeto do Governo do Estado.

A Ceasa está sempre de portas abertas para apoiar iniciativas que venham beneficiar a população que mais precisa”, comentou Theodorico Bezerra Netto, diretor-presidente da Ceasa.

Leia Mais

Acordo entre MPF e Baiano está quase fechado. Revelações do lobista atingirão Renan, Cunha e Henrique Alves

Pessoas bem informadas dizem que Henrique está complicado e poderá ir para a Papuda

Já anda há quase um mês as conversações entre o lobista Fernando Baiano e os procuradores do Ministério Público Federal, com relação a um acordo de delação premiada.

O lobista garante que tem novas informações para revelar. Essa é a condição imposta pelos investigadores para fechar o acordo, que garantiria ao lobista penas atenuadas pelos crimes que cometeu.
Fernando Baiano, o operador do PMDB no esquema de corrupção na Petrobras, adiantou que tem como fornecer mais elementos sobre o papel de Nestor Cerveró, ex-diretor da área internacional da Petrobras, e sobre o eventual envolvimento de Renan Calheiros, Eduardo Cunha e do ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves.
O acordo de delação está praticamente fechado e deve ser assinado na nesta semana.
A delação de Baiano deverá cair como uma bomba no Congresso Ncional.
Fonte fidedigna ligada a defesa de Baiano avalia que tanto Renan, quanto Cunha, não terão condições de resistir em seus respectivos cargos a frente das duas casas de lei do país, após as revelações que serão trazidas.
Caso tudo se concretize e o acordo se confirme, Fernando Baiano deve deixar a prisão até o final deste ano.

Leia Mais

O Brasil supera 204 milhões de brasileiros e nosso RN tem 3.40 milhões de habitantes

População brasileira supera os 204 milhões, revela IBGE. Instituto também divulgou as populações das 27 unidades da Federação e dos municípios brasileiros. Seis estados têm populações que superam os 10 milhões de habitantes e outros três têm populações menores do que 1 milhão

A população brasileira superou a marca dos 204 milhões de habitantes neste ano. Segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgadas hoje (28) no Diário Oficial da União, o país tinha, em 1° de julho, 204.450.649 habitantes. No ano passado, a população estimada era 202.768.562.

O IBGE também divulgou as populações das 27 unidades da Federação e dos municípios brasileiros. O estado mais populoso do país, São Paulo, tem 44,4 milhões de pessoas. Mais cinco estados têm populações que superam os 10 milhões de habitantes: Minas Gerais (20,87 milhões), Rio de Janeiro (16,55 milhões), Bahia (15,2 milhões), Rio Grande do Sul (11,25 milhões) e Paraná (11,16 milhões).

Três estados têm populações menores do que 1 milhão: Roraima (505,7 mil), Amapá (766,7 mil) e Acre (803,5 mil).

As demais unidades da Federação têm as seguintes populações:

Pernambuco (9,34 milhões), Ceará (8,9 milhões), Pará (8,17 milhões), Maranhão (6,9 milhões), Santa Catarina (6,82 milhões), Goiás (6,61 milhões), Paraíba (3,97 milhões), Amazonas (3,94 milhões), Espírito Santo (3,93 milhões), Rio Grande do Norte , Alagoas (3,34 milhões), Mato Grosso (3,26 milhões), Piauí (3,2 milhões), Distrito Federal (2,91 milhões), Mato Grosso do Sul (2,65 milhões), Sergipe (2,24 milhões), Rondônia (1,77 milhão) e Tocantins (1,51 milhão).

Agência Brasil

Leia Mais

Democratas de Caicó realizam sua convenção municipal

caico_dem

Os democratas de Caicó realizaram neste sábado (29) a sua convenção municipal que definiu o comando do partido pelos próximos três anos. Todo o diretório foi reconduzido aos mesmos cargos já ocupados anteriormente. A presidência continuará com o médico e ex-prefeito Silvio Santos, tendo Salvador Santos vice-presidente e o radialista Suébster Neri continuará como tesoureiro. Para delegada do partido junto à executiva estadual foi reconduzida a médica e ex-vereadora Verônica Alcântara, tendo a ex-primeira-dama Malvina Santos como sua suplente.

O evento foi prestigiado por diversos filiados históricos do partido, como o engenheiro Reginaldo Clemente e contou com novas filiações como a dos radialistas Eduardo Dantas, Ronaldo Adriano e Rodrigo Matarazzo, dentre vários outros que agora fazem parte da agremiação partidária. Lideranças políticas do município estiveram prestigiando o ato, como o prefeito Roberto Germano (PMDB) e os vereadores Rubão Germano (PSDC) e Robson Araújo, Batata (PMDB).

Fonte: http://www.robsonpiresxerife.com

 

Leia Mais