Presidente do PT/RN é investigado na operação Lava Jato

O presidente estadual do PT/RN, vereador Eraldo Paiva, segundo relatório conclusivo do TSE (CLIQUE AQUI), Eraldo e outros nomes do partido em situação de “incompatibilidade entre o valor total doado pelo doador originário e aquele transferido para outros prestadores de contas; ausência de registro pelo beneficiário de doações indiretas recebidas de outros prestadores de contas; ausência de documentação que comprovasse a aplicação de recursos”.

Em agosto do ano passado, Eraldo Paiva recebeu a doação de R$ 95 mil da Construtora Queiroz Galvão S.A, uma das investigadas na operação Lava Jato. Os valores foram depositados em nome do vereador e o dinheiro não entrou na contabilidade do partido, segundo análise do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O dinheiro caiu na conta política de Eraldo Paiva por meio de uma transferência eletrônica bancária. O depósito foi realizado no dia 28 de agosto de 2014. Foram recursos financeiros para financiar a campanha eleitoral do então, candidato a deputado federal, que obteve 17 mil votos.eraldoPT

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *