Bolsonaros são gastadores de cartões de créditos pago pelo povo

Os gastos com cartão corporativo da Presidência no governo de Jair Bolsonaro dobraram no período que corresponde aos quatro primeiros meses de 2020 em comparação com o mesmo período nos primeiros meses de mandato.

Procurada pela Folha, a Secom afirmou que as despesas são decorrentes, entre outros gastos, do “atendimento da manutenção” e de “eventos na residência presidencial”.

A secretaria disse ainda que o número de familiares de Bolsonaro é maior do que o de seus antecessores, o que “acarreta no incremento de despesas para as atividades, sobretudo as de segurança institucional”.

Com informações de O Antagonista

Facebook Comments
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *