Vídeo: Fernando Lucena tenta evitar, no braço, o golpe que Carlos Eduardo Alves que dar no contribuinte

O clima na sessão na Câmara Municipal de Natal, na manhã de hoje (22), esquentou. Tudo começou quando os vereadores oposicionistas que exigiram a transmissão da reunião pela TV Câmara. Quando o presidente da Casa, Albert Dickson, abriu os trabalhos o vereador Fernando Lucena arrancou os cabos de transmissão e tirou o canal do ar. O petista ainda tentou bater no vereador Chagas Catarino, mas acabou acertando um guarda do Poder Legislativo.

O prefeito,  Carlos Eduardo Alves, remeteu para a Câmara Municipal um novo Código Tributário que em alguns casos aumenta em 200% os tributos municipais.
A confusão começou quando o líder do prefeito Carlos Eduardo, vereador Júlio Protásio (PSB) sentou na cadeira da presidência e impediu o início da sessão, já que todos os vereadores da oposição se encontraram no plenário e a bancada do prefeito não havia comparecido na hora da convocação. Júlio Protásio impediu a transmissão da TV Câmara, impediu a entrada de funcionários técnicos no plenário, que operam o som, e ordenou que a sessão só começaria após a chegada de sua bancada, gerando insatisfação nos parlamentares oposicionistas, ao ponto de Fernando Lucena (PT) ser impedido por Chagas Catarino (PROS) de falar.

Confira o vídeo:

 

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *