Boca quente: Procuradores são acionados para evitar ida de Janot a CPI

AGUIRRE TALENTO
DE BRASÍLIA

Diante da possibilidade de convocação do procurador-geral da República Rodrigo Janot para dar explicações à CPI da Petrobras, procuradores foram acionados para telefonar para deputados integrantes da comissão com o objetivo de convencê-los a não aprovar a iniciativa.

Três deputados confirmaram à Folha que foram contatados por procuradores, os quais inclusive relataram que a estratégia era falar com todos os integrantes da CPI.

A comissão faz sessão deliberativa nesta quinta-feira (14) e o requerimento para convocação de Janot, de autoria de Paulinho da Força (SD-SP), pode ser votado.

A ofensiva contra Janot foi articulada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), como retaliação às investigações contra si na Operação Lava Jato.

Cunha é acusado de se beneficiar do esquema de corrupção e, por isso, foi alvo de diligência determinada por Janot na semana passada.

A possibilidade de convocação preocupa a Procuradoria-Geral da República. A Folha apurou que houve ligações tanto da PGR como do Ministério Público Federal nos Estados de cada deputado.

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *