Estado Islâmico executa pelo menos 400 pessoas em cidade histórica da Síria

Massacre atingiu principalmente mulheres e crianças de região considerada como um dos cartões postais do Oriente Médio

Militantes do EI (Estado Islâmico) executaram nos últimos dias pelo menos 400 pessoas na cidade de Palmira, Síria. O massacre atingiu principalmente mulheres e crianças da cidade histórica – localizada a 210 km de Damasco -, informou neste domingo (24/05) a rede de televisão local.

Vídeos publicados nas redes sociais por simpatizantes do EI mostram os combatentes da organização invadindo prédios públicos e disparando contra funcionários. O massacre contra a população de Palmira também incluiu decapitações e mutilações dos corpos,informou a imprensa local.

Conhecida como ‘Ponte do Deserto’ e considerada um destino sagrado por parte da população síria, Palmira fica localizada em um oásis ao nordeste de Damasco. Nas últimas semanas, a ONU (Organização das Nações Unidas) e outras entidades internacionais alertaram a possibilidade de destruição de patrimônio histórico com a chegada do EI à região.

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *