Walfredo Gurgel sem alimentação para os servidores

Uma nova paralisação realizada na manhã desta sexta-feira (9) entre os funcionários terceirizados da empresa JMT deixou os servidores e acompanhantes do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, maior unidade hospitalar de urgência e emergência do Rio Grande do Norte, sem alimentação.

Os funcionários esperavam que os salários fossem pago hoje, mas como isso não aconteceu, eles decidiram cruzar os braços e paralisar as atividades. A expectativa é que o pagamento seja efetuado hoje para que os servidores e acompanhantes passem o final de semana sem refeição. Hoje, 70% dos funcionários da cozinha do maior hospital do Estado são terceirizados da empresa JMT.

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *