Janot em tiroteio com o Congresso Nacional

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reagiu nesta sexta-feira (13) às criticas de parlamentares da CPI.  Em reunião com procuradores-gerais, Janot disse “causar espécie que vozes do Parlamento” tenham se aproveitado da CPI da Petrobras para atacar o Ministério Público Federal, órgão responsável pela condução das investigações.

Em discurso, Janot afirmou:  “Causa espécie que vozes do Parlamento, aproveitando-se de uma CPI instaurada para investigar o maior esquema de corrupção já revelado no país, tenham-se atirado contra a instituição.”

Nesta quinta-feira (12), em reunião da CPI da Petrobras, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), defendeu mudança na lei para proibir a recondução de procuradores-gerais. Cunha criticou os pedidos de investigação apresentados por Janot, a quem acusou de ter motivação política para incluí-lo na lista dos políticos envolvidos na Lava Jato. Cunha sugeriu que a ação seria para agradar ao Executivo, Durante a reunião, parlamentares apoiaram a iniciativa.

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *