Para desmoralizar: Cunha quer advogado do PMDB em conselho do Ministério Público

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), trabalha para indicar seu advogado pessoal e de seu partido para a vaga aberta no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Gustavo do Vale Rocha defende Cunha em pelo menos sete ações no Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

O presidente do conselho é o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que pediu abertura de inquérito contra Cunha no Supremo Tribunal Federal na esteira da Operação Lava Jato.

O CNMP é responsável pela fiscalização administrativa, financeira e disciplinar do Ministério Público e de seus membros.

“Depois de declarar guerra com o Ministério Público, indicar alguém com um lado é muito ruim”, disse um deputado federal que não quis ser identificado.

Segundo esse congressista, Cunha tem atuado nos bastidores com pouca transparência pela nomeação de seu advogado.

O conselho é composto por 14 membros, um dos quais indicado pela Câmara dos Deputados. O atual representante, Luiz Moreira, fez nesta terça-feira (24) sua última sessão. Ele se desliga do órgão no dia 2 de abril.

 

 

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *