“Corrupção se formou fora da Petrobras”, diz Graça Foster à CPI

Graça Fostes com a patota politica potiguar

A ex-presidente da Petrobras Maria das Graças Foster disse, nesta quinta-feira (26) à CPI da Câmara, que o esquema de corrupção na empresa “se formou fora da Petrobras”. Ela disse isso ao responder pergunta do relator da CPI, deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), a respeito das ações de controle sobre a empresa, feitas pelo Tribunal de Contas da União, bem como as auditorias externas feitas pela empresa Price Waterhouse.

Luiz Sérgio lembrou que o ex-presidente da Petrobras Sérgio Gabrielli também disse à CPI que a corrupção era algo externo à empresa.

O relator perguntou a Graça Foster se procediam as afirmações atribuídas aos delatores da Operação Lava Jato Paulo Roberto Costa, Alberto Youssef e Pedro Barusco de que as licitações na Petrobras eram vazadas antes delas ocorrerem. “Não conheço caso em que diretores da Petrobras tivessem tido informações de vencedores de licitações antes da abertura dos envelopes de propostas”, disse Foster ao negar o vazamento de informações privilegiadas

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *