Foi intenção do copiloto destruir o avião, diz procurador francês

O procurador de Justiça de Marseille (França), Brice Robin, disse em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (26), horário local, que o copiloto do avião que caiu nos Alpes franceses há dois dias “deliberadamente fez a aeronave perder altitude”, o que levou à queda.

O avião caiu, em poucos minutos, de 10 mil ou 12mil metros de altura para algo como 2.000 metros, quando bateu nas montanhas.

“Não estou usando a palavra suicídio porque eu não sei, mas ele deliberadamente provocou a queda de altitude”, afirma Robin.

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *