Tucano papudo: outro delator diz ter dado recurso de caixa 2 a Aloysio Nunes

Rogério-Aluisio-Edson-
Senador tucanão papudo, Aluísio Nunes com o deputado saco preto Rogério Marinho

MARIO CESAR CARVALHO

FOLHA DE SÃO PAULO

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) sempre tratou com aparente desdém a delação do empresário Ricardo Pessoa, da UTC e da Constran, que dizia ter pago recursos via caixa dois para a campanha dele em 2010.

Aloysio repetia que não há nem haverá provas de que usou dinheiro sujo para se eleger. Provas não há, mas apareceu um outro delator dizendo que entregou dinheiro vivo para um amigo do senador da década de 1970, quando integravam o grupo guerrilheiro ALN (Aliança Libertadora Nacional).

O segundo delator a confirmar para a Polícia Federal a doação de R$ 200 mil em dinheiro vivo à campanha de Aloysio é o ex-diretor financeiro da UTC, Walmir Pinheiro. Segundo ele, o dinheiro foi entregue na sede da empresa em São Paulo para o advogado Marco Moro, que conheceu o tucano por volta de 1970, quando os dois, então perseguidos da ditadura, estavam exilados na Europa.

Tanto Aloysio quanto Moro negam ter recebido recursos ilegais.

Facebook Comments