Escolha de Bendine para a Petrobras não agrada oposição

Os principais partidos de oposição criticaram duramente a escolha de Aldemir Bendine para a presidência da estatal brasileira. O líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno, ressaltou a falta de experiência dele no setor. O Líder do DEM, Mendonça Filho, disse que a nomeação foi improvisada e que a conveniência política prevaleceu no lugar da capacidade técnica.

 

A oposição ainda citou o envolvimento de Bendine em supostas irregularidades quando estava à frente do Banco do Brasil. Para o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado, a nomeação garante o poder de Dilma Rousseff na Petrobras.

 

Os governistas no Congresso Nacional minimizaram as críticas e argumentam que o Aldemir Bendine entende de mercado e da área de energia. Citam também os bons resultados alcançados no Banco do Brasil.

 

Aldemir Bendine vem do Banco do Brasil, onde ocupava a presidência desde 2009 , lá coordenou a política de expansão do crédito para estimular a economia após a crise internacional de 2008.

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *