O carnavalesco Ministério Público do RN

Querendo aparecer na mídia mais que Zé Pereira, na sexta-feira gorda de Carnaval, o “Bloco dos Holofoteiros” do Ministério Público do Rio Grande do Norte em Macau ofereceu duas denúncias contra pessoas pelos crimes de formação de quadrilha e desvio de dinheiro público da Prefeitura de Macau, que estão suspeito numa tal de “Operação Máscara Negra”.

O grupo, composto por servidores públicos municipais e empresários, desviou dinheiro público através da contratação de bandas para o Carnaval do ano de 2011. Estão entre os denunciados o ex-prefeito de Macau Flávio Veras, o empresário Alex Padang, o empresário e vereador de Natal, Júnior Grafith, e o atual chefe de gabinete da Prefeitura de Macau, Francisco de Assis Guimarães.

Se o Ministério Público do RN fosse um samba enredo de escola de samba, uma turma que gosta de aparecer disputariam na faca o lugar de destaque. Já tenho até ideia quem seria o destaque da ala das baianas.

Facebook Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *